Acesse o Sudoeste Hoje via Mobile em qualquer lugar!
  • ROBERT: SR DAVI MEU PROFESSOR As autoidades de transito dessa cidade vao ter que fazer algo naquele trevo ta muito...
  • Luís Carlos Gama: Já foi encontrada em Ilhéus. BA.
  • EVANICE c deus: Muinto bom pra o pova da região
  • revoltada: Tambem quero o email ou um contato de Sergio Moro, pra fazer uma denuncia da Justiça e da Educação na...
  • Não te interessa: Alguem sabe como posso acionar a policia federal e mandar uma mensagem pra Sergio Moro?
  • Fernando: Enquanto tem vereadores que trabalha outros vereadores atrapalha a cidade e a população.As sessões na...
  • Não te interessa: Só queria saber por que e tão dificil regularizar a situação de um imóvel nesta cidade. Será que tá...
  • Irene santos: Estou ansiosa pela chegada das casas Bahia no sul do Oeste Itapetinga éramos de santo Andre são Paulo...
  • Stephanie: Preciso trabalha sou mãe e infelizmente o pai da minha BB faleceu então é so eu é ela
  • nilza Maria Ferraz: não colocou o nome de tio Neuma e tio Nerivaldo e tio Nelson obrigada
  • Anonymous: Lamento,meus sinceros sentimentos pela triste perda. A saudade estará sempre presente!
  • Ione Almeida: Meus sentimentos a toda família.
  • CHURRASCO COM CARNE DE PAPELÃO: Que saudade do tempo dos esquerdistas quando enganavam a gente misturando papelão à...
  • Cavaquim: Luladrão foi atrás do “BREQUE FRAUDE” no TRF4, saiu de lá com um aumento de 40% na pena…...
  • Anônimo.: Como é que fica a questão dos equipamentos de segurança para realizar o trabalho em altura? Isso é contra a...
leitores online


:: maio/2011

DELEGADO JACKSON E MAJOR SILVÉRIO LIDERAVAM ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA

 

 Delegado Jackson e Major Silvério eram os chefes da quadrilha 

 

 Redação CORREIO

Investigações sobre a atuação de uma organização criminosa liderada por Jackson Silva, delegado titular do município de Camacan, no sul da Bahia, e pelo major PM José Silvério de Almeida Neto resultaram na prisão dos dois e de outros seis investigadores, duas escrivães, um sargento, dois soldados PMs e de três empresários da região até às 14h desta terça-feira (31).

image Operação desmontou quadrilha formada por “gente da lei”

 

São atribuídos à quadrilha os crimes de peculato, extorsão, tráfico de drogas, homicídios e receptação de carga roubada. Batizada de Operação Esfinge, a ação resultou ainda em sete prisões em flagrante – duas por peculato (apropriação ou desvio de bem público ou sob responsabilidade do poder público), e cinco por porte ilegal de arma -, segundo informou a corregedora chefe da Polícia Civil, delegada Iracema Silva de Jesus. Foram apreendidos quatro rifles, uma carabina, uma pistola, dez revólveres, mais de 200 munições de calibres variados e cinco carros e motocicletas com evidências de adulteração.

As investigações sobre as atividades da organização criminosa em Camacan e adjacências tiveram inicio em novembro do ano passado. Os servidores das polícias Civil e Militar participantes do esquema serão encaminhados para as respectivas corregedorias das duas instituições, em Salvador. Os empresários capturados ficarão à disposição da Justiça no Presídio Regional de Ilhéus.

As prisões aconteceram nos municípios de Itabuna, Camacan e Ilhéus.

 

17 Presos
Além do delegado Jackson Silva e do major PM José Silvério, foram presos em Camacan os investigadores Carlos Jorge Silva Góes, Clevison José Alves Rocha, Lailson Monteiro Lobo, Paulo César de Oliveira, Thales Santos Carvalho e João Oliveira Larcher (aposentado), as escrivães Carla Cristina Brito Felix e Tatiane Ribeiro Tanajura.

Também estão presos o sargento PM Lauro Antônio Oliveira Ferraz, os soldados Lúcio Lima Viana e Matheus Ferraz Costa, além dos empresários atacadistas Edvan Ribeiro Santana, o irmão dele, José Ivan Ribeiro Santana, e José Siqueira Silva.

Operação conjunta
A ação desencadeada conjuntamente pela Secretaria da Segurança Pública (SSP) e o Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas e de Investigações Criminais (Gaeco), do Ministério Público, teve início na madrugada de hoje para o cumprimento de 21 mandados de prisão e 25 de busca e apreensão.

Com as prisões, segundo o site Pimenta na Muqueca, o município de Camacan ficou apenas com dois policiais civis para os trabalhos de investigação. De acordo com levatamento feito pelo IBGE em 2010, a cidade possui 31.472 habitantes.

Assassinato de empresária
O empresário Edvan Ribeiro, que foi preso na operação Esfinge, era casado com a empresária Katia Cristina Lima dos Santos, de 31 anos, que foi assassinada dentro do carro na porta de uma Igreja da cidade de Camacan, no dia 28 de outubro de 2010.

Kátia estava com os dois filhos e a mãe no momento em que foi assassinada. Ela chegou a ser encaminhada à Fundação Hospitalar de Camacan, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O crime era investigado pelo delegado Jackson Silva, que foi preso hoje.

MAJOR SILVÉRIO É PRESO EM CAMACAN

As prisões estariam relacionadas ao assassinato da empresária Kátia Cristina

 

CAMACAN: A polícia Civil prendeu nesta manhã, em Camacan, o comandante da Companhia Independente da Polícia Militar, Major Silvério, o delegado Jackson Silva, policiais civis e o empresário Edvan Ribeiro, além dos irmãos Ivan e Sidônio Ribeiro. A polícia cumpre mandados de busca e apreensão contra policiais acusados de envolvimento em crimes de extorsão, tráfico de drogas e homicídios.

Parte do grupo preso em Camacan é apontada como envolvida na morte da empresária Kátia Cristina Lima dos Santos. Kátia foi assassinada no dia 27 de dezembro do ano passado ao sair de um templo evangélico em Camacan, com dois tiros. A investigação sobre o assassinato durou mais de cinco meses até a prisão dos policiais, do esposo e cunhados da empresária.

A polícia também cumpre mandados de apreensão em estabelecimentos comerciais administrados pelo empresário Edvan Ribeiro e dos seus irmãos Ivan e Sidônio. Já os policiais presos, são acusados de dar cobertura a Edvan e os irmãos.

OPERAÇÃO ESFINGE

Até agora, pelo menos 19 policiais militares e civis e empresários foram presos em Camacan e Ilhéus, no sul da Bahia, na Operação Esfinge. Os detidos foram levados para a sede da 7ª Coorpin, em Ilhéus, e deverão ser encaminhados para a sede da Polícia Civil em Salvador. As acusações vão de crimes de extorsão a homicídio, formação de quadrilha e tráfico de drogas.

A delegacia de polícia civil de Camacan acabou interditada nesta manhã, após o delegado Jackson Silva, seis agentes e escrivãs serem detidos na Operação Esfinge. Ainda na cidade localizada às margens da BR-101, foram presos o Major Silvério, que comanda a Companhia Independente da PM, um sargento e dois soldados da Polícia Militar.

O Major José Silvério de Almeida Neto é sobrinho e herdeiro do “anão do orçamento” João Alves de Almeida e já comandou a 8ª Companhia Independente de Polícia Militar de Itapetinga, onde ainda conta com inúmeros ‘admiradores’. O delegado Jackson Silva também já atuou como Delegado Regional em Itapetinga.

Da Redação

LÍDER DO PR, SANDRO RÉGIS DESCARTA APOIO A WAGNER

Foto: Max Haack/Bahia Notícias

Segundo Sandro Régis, Maurício Trindade só pode falar pela esfera federal

 

Ao contrário do discurso do deputado federal Maurício Trindade, de que  haveria possibilidade de o PR ingressar na base do governador Jaques Wagner (PT), a bancada estadual, por meio do seu líder na Assembleia, Sandro Régis, refuta a hipótese. De acordo com o parlamentar, os quatro representantes da legenda no Legislativo baiano – ele, Reinaldo Braga, Elmar Nascimento e Graça Pimenta – não mudarão de lado.

“Eu tenho tido o cuidado de conversar com todos os deputados e estou convencido de que não existe essa possibilidade. Até porque somos quatro: Eu e Elmar, possibilidade zero; Reinaldo é o líder da oposição e Graça tem sempre nos acompanhado na votação”, diagnosticou, em entrevista ao Bahia Notícias.

Régis argumenta ainda que Trindade, embora seja da ala de apoio à presidente Dilma Rousseff na Câmara, não tem como estender a aliança no plano local. “Respeito muito a figura do deputado Maurício Trindade, sei que é influente na esfera nacional, mas ele só pode falar por ele e pela bancada federal, não pela estadual”, alertou. BN

IRREGULARIDADES NAS ESCOLAS PÚBLICAS PODEM SER DENUNCIADAS ATRAVÉS DOS CORREIOS

 

Além de Salvador e somente nos municípios de Itabuna, Ibicaraí, Ilhéus, Eunápolis, Ipiaú, Porto Seguro, Gandu, Itapetinga, Brumado, Camaçari, Feira de Santana, Jacobina, Juazeiro Jequié, Lauro de Freitas, Senhor do Bonfim, Serrinha, Simões Filho e Vitória da Conquista já podem avaliar a situação das escolas públicas e denunciar casos de irregularidades através dos Correios.

E a promessa é que cerca de 60 dias as agências de Itajuípe, Teixeira de Freitas, Valença, Paulo Afonso, Santa Maria da Vitória, Itaberaba, Santo Antonio de Jesus e São Sebastião do Passé também terão formulários e urnas.

A população deve comparecer a uma agência e relatar os problemas referentes às unidades de ensino. Vale tudo, desde a degradação das instalações até ausência de professores e bibliotecas. O serviço entrou em vigor em março e 109 denúncias já foram feitas.

A advogada Eliasibe Simões, presidente da comissão que fiscaliza o serviço, informou que entre as queixas mais frequentes estão ausência de professores e bibliotecas que não têm funcionamento adequado. Um caso que recebeu grande número de queixas foi o da Escola Municipal Osvaldo Cruz, no bairro do Rio Vermelho. O prédio está degradado em pleno período letivo. “Foram 16 reclamações até agora”. Todos os casos são notificados em ofício encaminhado às secretarias de Educação do estado e do município.

Outra informação adicional é que a comunidade pode denunciar ocorrências situações nas quais pais ou responsáveis deixam de levar crianças à escola. Basta preencher formulário e depositar em urna nas agências dos Correios.

Essas reclamações seguem para análise da OAB, que se encarrega de enviar ofícios às secretarias de Educação. São mandadas cópias desses documentos para o Ministério Público. Caso não haja solução os casos vão para a justiça.

A iniciativa é da Comissão de Defesa da Criança e do Adolescente da OAB, em parceria com os Correios, Ministério Público Estadual, Tribunal de Justiça da Bahia e associações dos Magistrados e dos Promotores.

O objetivo é mobilizar os poderes públicos com a fiscalização da população para melhorar a educação pública em todo o estado.

UNIÃO

”Aqueles que quiserem realizar alguma coisa, primeiro têm que descobrir de que maneira ela deve ser feita para depois praticá-la na ocasião oportuna.” A união das oposições ao prefeito José Carlos é uma construção política que passa necessariamente pela boa vontade e pelo despreendimento dos ex-prefeitos Michel e José Otávio.

Qualquer pesquisa de intenção de votos realizada em Itapetinga colocaria os dois ex-prefeitos em vantagem contra qualquer outro postulante. O ex-prefeito Michel, ao longo da sua carreira política, mostrou por diversas vezes uma grande capacidade de transferência de votos. O ex-prefeito José Otávio continua contando com significativo apoio de parcela considerável da comunidade. Será possivel aglutinar os dois grupos para enfrentar a tentativa de reeleição do prefeito?

O destino conspira para que de fato exista esta aliança. Existe um forte sentimento de revanche no grupo do ex-prefeito Michel e um sentimento de frustação por parte dos simpatizantes do ex-prefeito José Otávio com o governo José Carlos, já que a grande maioria do eleitorado ligado ao Dr José Otávio optou por José Carlos.

Outro fator importante que deve pesar na decisão de Michel e José Otávio é a costura política de “cima”, envolvendo as principais lideranças de oposição ao governo Wagner.

Uma singela pergunta e um pequeno desafio. De quem é a frase do início do artigo?

Por JOSÉ ELIAS RIBEIRO

ITAPETINGA: BOATOS SOBRE CANDIDATURA DE ROSEMBERG AINDA PREOCUPAM ZÉ CARLOS

Especulações dentro do PT ainda mexem com o humor do prefeito 

 

ITAPETINGA: Na semana passada, uma notícia tirou o sono do prefeito de Itapetinga, José Carlos Moura: as especulações a respeito de uma provável candidatura de Rosemberg Pinto à prefeitura de Itapetinga. Na tentativa de minimizar a notícia, Zé Carlos começou a falar pelos cotovelos, sem que ninguém lhe perguntasse sobre o assunto.

Na posse da Executiva do PT, na presença do próprio Rosemberg, o preocupado Zé Carlos tentou desmentir a notícia e atacou a imprensa independente de Itapetinga, dando na pinta que anda inseguro quanto ao seu futuro dentro do PT. Rosemberg, que não é bicho de se criar solto, fez ‘ouvido de mercador’ e não disse nem que sim, nem que não, mas os antigos petistas, amigos de Rosemberg, gostaram muito da idéia e não falam mais em outra coisa.  

Em entrevista concedida ao Blog do Anderson, de Vitória da Conquista, Zé Carlos voltou a falar do assunto, sem que nada lhe fosse perguntado, demonstrando que ainda não digeriu a notícia da sua substituição por Rosemberg, na eleição do ano que vem. Veja o que ele disse na entrevista:

“Segundo o prefeito de Itapetinga, José Carlos Moura (PT), as notícias em que divulgam a possível candidatura do deputado federal Rosenberg Pinto (PT) à Prefeitura de Itapetinga e a sua mudança de partido não passam de boatos. O prefeito afirmou que tais informações vêm sendo criadas por alguns órgãos da imprensa itapetinguese, e classificou como uma atitude irresponsável. Sobre 2012, o petista disse que estará encabeçando a chapa rumo à reeleição, e para isso vem articulando apoios com toda a base aliada.”

Se servir de consolo, prefeito, há quem diga que Rosemberg cobiça também as prefeituras de Cairú, Camamú e São Francisco do Conde, a ‘menina dos seus olhos’. Só que lá, o buraco é mais embaixo.

Por DAVI FERRAZ

WAGNER ENFORCA EINSTEIN EM ITAPETINGA

Foto: Sudoeste Hoje

O governador Jaques Wagner enforca o físico Albert Einstein, na entrada da Uesb, em Itapetinga

 

Bahia Notícias

Na esteira dos protestos criativos feitos pelos professores das universidades estaduais baianas, que estão em greve há quase dois meses, docentes da Universidade do Sudoeste da Bahia (Uesb) construíram dois bonecos para representar a irritação com a forma como o governo estadual  está a lidar com a educação superior, na entrada do Campus de Itapetinga. Enquanto um representava um dos mais célebres físicos da história, Albert Einstein, o outro vinha com a foto do governador Jaques Wagner, e estaria a puxar uma corda envolta no pescoço do primeiro. A inusitada forma de protesto seria uma maneira de simbolizar o “enforcamento” que o Governo Wagner faz no ensino acadêmico baiano. O registro foi feito pelo sítio local Sudoeste Hoje, na última quinta-feira (26).

JOSÉ SERRA VIROU O ‘TIOZÃO’ ESQUISITO DA FAMÍLIA PSDB

Convenção Nacional do PSDB em Brasília. Na foto, Geraldo Alckmin, Sérgio Guerra, Aécio Neves, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e José Serra/ Foto: André Coelho/Agência O Globo.

A fila andou no PSDB e Aécio Neves sai na frente
 

 

Blog do Josias

Realizou-se neste sábado (28), em Brasília, a convenção nacional do PSDB. Encontro divertido. Muito parecido com uma reunião de família. A José Serra foi reservado o papel de tiozão chato. Muita gente talvez preferisse não convidá-lo. Mas –que remédio?— ele é da família. Ninguém sabe muito bem como tratá-lo. Os mais jovens, como Aécio Neves, esforçam-se para não rir das esquisitices dele.

Os mais velhos, como FHC, dispensam a Serra uma tolerância respeitosa que a maioria acha que ele não merece. Todo mundo, jovens e velhos, cuidam para que o tiozão não escandalize as visitas com novas histórias sobre suas aventuras presidenciais.

A discussão sobre o rateio dos lugares na mesa atrasou o início da festa em família por mais de três horas. Se deixassem, Serra se aboletaria na cabeceira. Preferiu-se reacomodar Sérgio Guerra na presidência. Se permitissem, o tiozão tomaria conta do Instituto Teotônio Vilela. Reservou-se a cadeira para um desafeto dele: Tasso Jereissati. Se descuidassem, Serra distribuiria outros assentos vistosos entre os que ainda vêem graça nele. De novo, conseguiu-se evitar.

Na secretaria-geral, poltrona mais importante depois da do presidente, manteve-se Rodrigo de Castro (MG), do ramo mineiro da família. Alberto Goldman, o preferido de Serra, foi mandado a um canto invisível da mesa, a vice-presidência. Por fim, empurrou-se o tio Serra para fora da mesa principal. Foi alojado num puxadinho, a presidência de um conselho político.

Torce-se para que Serra se divirta nos próximos dois anos administrando o nada. Se funcionar, a família só terá o trabalho de recebê-lo com educação protocolar na próxima reunião, marcada para 2013.

QUEM SERÁ O VICE DE ZÉ CARLOS?

 

Com o rompimento do vice-prefeito Edilson Lima, o prefeito Zé Carlos vai ter que escolher outro companheiro de chapa. Na sua opinião, quem seria o candidato a vice mais apropriado para compor a chapa do PT em 2012?

Indique um nome e opine!

ACM NETO LIDERA PESQUISA PARA PREFEITO DE SALVADOR

Neto chega a ter o dobro do 2º colocado

 

SALVADOR: O deputado federal ACM Neto (DEM) lidera a corrida sucessória em Salvador, conforme levantamento divulgado nesta sexta (27) pela Potencial Pesquisa. As intenções de voto no democrata variam entre 18,66% e 20,4%, a depender dos nomes apresentados.

Neto atinge seu melhor percentual, na estimulada, quando a simulação não apresenta o nome de Pinheiro (PT). Quando a simulação inclui o petista, as intenções em ACM Neto recuam para 18,66%.

Pinheiro, aliás, é o petista com melhor desempenho na pesquisa feita entre os dias 21 e 24 de maio. As intenções de voto nele variam entre 12,94% e 13,18%. A Potencial, no entanto, não divulgou o universo de eleitores soteropolitanos pesquisados.

Quando o cenário não apresenta o nome de Pinheiro, a candidatura melhor posicionada entre os partidos aliados do governador Jaques Wagner é a de Pelegrino, também do PT. Logo depois, vem Lídice da Mata (PSB).

ACM Neto apresenta maiores índices de intenções de voto, mas é também o mais conhecido dentre os candidatos (81%) ante 65,2% de Pinheiro, por exemplo. O nome mais rejeitado pelo eleitorado soteropolitano é o do peemedebista Geddel Vieira Lima (38,3%), seguido de ACM Neto (33,3%). Entre os principais nomes, Lídice da Mata (PSB) é a de menor rejeição: 29,6%.

Confira a pesquisa completa

LULA SE IRRITA E MANDA ‘CHUTAR’ PORTA DE DILMA

Deputados e senadores da base de apoio se queixam de Dilma

 

No encontro com lideres governistas no Senado, o ex-presidente Lula se gabava da eleição de 47 das 54 vagas em disputa, quando Magno Malta (PR-ES) o interrompeu para falar da insatisfação geral: nenhum deles conseguia encaminhar nada no governo, nem a presidenta Dilma os recebia. Indagado, o líder do PT, Humberto Costa (PE), disse que nada podia fazer. Lula se irritou: “Chuta a porta dela, derruba, pô!”

Magno Malta advertiu para o risco de os próprios aliados se rebelarem contra o ministro Antonio Palocci (Casa Civil), outro que não os atende. Líder da bancada de cinco senadores do PR, Magno Malta reclamou a Lula que tem sido ignorado pela presidente e seus ministros.

Lula ouviu queixas dos lideres dos demais partidos aliados no Senado, e prometeu falar com Dilma. Fez mais: deu ordens. O dano político local é grande e o externo começou ontem: o noticiário internacional destacou a ajuda de Lula a Dilma na crise de Palocci.

Claudio Humberto

SOB PRESSÃO, DILMA SUSPENDE ‘KIT ANTI-HOMOFOBIA’

Kit seria distribuído em milhares de escolas em todo o Brasil

 

Após ceder à pressão da bancada católica e evangélica e suspender o kit anti-homofobia do Ministério da Educação (MEC), a presidente Dilma Rousseff disse que o governo não fará “propaganda de opções sexuais” nem “interferirá na vida privada das pessoas”.

O kit foi usado como moeda de troca para evitar a investigação do ministro Antonio Palocci, desgastado com suspeitas em torno de sua evolução patrimonial nos últimos quatro anos. Uma nova versão poderá ser preparada pelo MEC. “Não vai ser permitido a nenhum órgão do governo fazer propaganda de opções sexuais nem de nenhuma forma nós podemos interferir na vida privada das pessoas”, afirmou Dilma à imprensa, após solenidade de doação de 30 mil bicicletas e capacetes pelo programa Caminho da Escola.

O kit de combate à homofobia seria composto por três vídeos e um guia de orientação aos professores. Os vídeos, com duração de cinco minutos, enfocariam transexualidade, bissexualidade e a relação entre duas meninas homossexuais. Leia mais no Estado.

Até Wagner já admite que Palocci ganhou muito em um ano de consultoria

Wagner: “20 milhões em um ano é um rendimento muito alto

 

O governador Jaques Wagner (PT) admitiu agora há pouco, em entrevista à rádio Metrópole, que, de fato, chamou a atenção os R$ 20 milhões ganhos em um ano de consultoria pelo ministro chefe da Casa Civil do governo, Antonio Palocci, assim como o apartamento de cerca de R$ 7 milhões comprado pelo mais importante auxiliar da presidente Dilma Rousseff. “É óbvio que chama a atenção. Um ano de consultoria ganhar R$ 20 milhões é um rendimento muito alto, como chamou a atenção o apartamento”, declarou Wagner, que também aconselhou o ministro a se explicar o mais rápido possível.

“Quanto mais demora, mais questionamento”, afirmou o governador. Segundo ele, está todo mundo atento à reposta de Palocci ao procurador geral da República, que anunciou a decisão de investigar o ministro. “Eu sempre aconselho que o melhor caminho é o mais curto. Porque quando há um esclarecimento, se for consistente, eu entendo que a gente está tranquilo”, afirmou o governador, admitindo que a revelação do enriquecimento de Palocci tumultuou o ambiente político em Brasília.

Apesar de revelar surpresa com o volume de recursos ganhos pelo ministro, Wagner disse que não gostaria de incriminar ninguém e declarou que, em tese, não tem “nenhuma coisa pública” envolvida no caso Palocci. “Em tese, (Palocci) quando era deputado e depois que deixou de ser ministro (da Fazenda), ele montou uma empresa de consultoria e foi contratado”, acrescentou, dizendo que, até prova em contrário, tem que permanecer solidário ao ministro. ”Já vi muita gente ser enxovalhada injustamente”, declarou o governador.

Política Livre

GERALDO TRINDADE ACUA AMARAL EM ENTREVISTA NA RÁDIO JORNAL

Geraldo Trindade foi firme e contundente em sua entrevista

 

ITAPETINGA: O presidente dos Democratas em Itapetinga, Prof. Geraldo Trindade, deu entrevista na Rádio Jornal, nesta quinta-feira (26), no programa do polêmico locutor Amaral Junior, o “Chicote no Povo”.

Geraldo iniciou a sua participação no programa parabenizando o vereador Gilson de Jesus e o Dep. Daniel Almeida, pela eficiente e proveitosa articulação que culminou na audiência pública realizada na capital federal, na última terça-feira, em prol da elucidação e resolução do grave problema da Vulcabrás/Azaléia. Chamou à atenção também para o fato de ter sido o vice-prefeito Edilson Lima o primeiro a perceber as dimensões reais do problema, tendo feito o alerta por diversas vezes nos seus programas de rádio.

Contundente, o presidente do DEM comparou essas posturas esperadas para homens públicos conscientes dos seus deveres, com a apatia, despreparo e desinteresse do prefeito José Carlos Moura, que se manteve distante do problema, tendo o prefeito declarado em entrevista que as 3.600 demissões já ocorridas são “tempestade em copo d’água”. O radialista nada contestou.

Durante quase toda a longa entrevista, o locutor tentou camuflar o terror que paira sobre o grupo que se apropriou da prefeitura, desde que o DEM deu a largada nos entendimentos para unir as forças de oposição em Itapetinga. As perguntas e argumentos mais frequentes do radialista tentaram diminuir a importância da possível união entre os ex-prefeitos José Otávio e Michel Hagge.

Demonstrando grande preparo e desprendimento, Geraldo Trindade deu um show ao dar as respostas que todos os itapetinguenses de bem gostariam de ouvir, chamando a atenção para o momento delicado que vive a cidade, que sofre com a administração mais incompetente da sua história. Segundo Geraldo, colocar os problemas pessoais em segundo plano em prol de um entendimento para o bem da cidade, só demonstraria a grandeza dos líderes políticos do DEM e PMDB, PR e outros partidos, principalmente se a união das forças resultar numa chapa composta por novos nomes da política, com reputação e competência comprovadas.

O Presidente do DEM continuou afirmando que o momento ainda não é para discussão de nomes e sim de compromissos com um novo modelo de administração que priorize a gestão eficiente e ética dos recursos públicos, sem a inoperância, apadrinhamento e nepotismo que são marcas registradas do prefeito José Carlos Moura.

Tentando encurralar o entrevistado, o radialista perguntou se o mesmo já havia protocolado alguma denúncia contra o prefeito ou estava apenas na conversa. Ao informar que apenas os vereadores têm acesso ao Tribunal de Contas, Geraldo informou que se tivesse sido eleito vereador nas últimas eleições já teria enviado uma enxurrada de denúncias ao Ministério Público, salientando, ainda, que nos próximos dias o Partido acionará o MP contra desmandos da administração municipal.

Quem ouviu a entrevista pôde confrontar os estilos: de um lado um radialista comprometido e sem argumentos, e de outro um cidadão coerente e preparado, crítico contundente, mas preocupado em embasar as críticas com informações e fontes que até o momento não foram rebatidas. A postura coerente, firme e respeitosa do Presidente do DEM deixa claro ser possível que as contendas políticas do próximo pleito possam ter o alto nível que todos nós esperamos, e que Itapetinga poderá ter boas surpresas nos próximos meses.

Por DAVI FERRAZ

DILMA FALA SOBRE ENRIQUECIMENTO DE PALOCCI

Foto: Presidência da República

 

A presidente Dilma Rousseff (PT) afirmou nesta quinta-feira (26), após evento no Palácio do Planalto, que o ministro da Casa Civil, Antonio Palocci, tem dado as informações necessárias sobre a evolução patrimonial nos últimos quatro anos.

Essa foi a primeira vez que a líder nacional fez uma declaração sobre o assunto desde que o jornal Folha de São Paulo publicou reportagem sobre o caso. “Quero assegurar a vocês que o ministro Palocci está dando todas as explicações necessárias aos órgãos de controle”, salientou. 

Dilma também se manifestou a respeito de uma denúncia de deputados do PSDB, segundo a qual Palocci teria agido para favorecer a empresa WTorre, uma das clientes da consultoria do petista. “A Fazenda demorou um tempo – cerca de dois anos – e a Justiça determinou o pagamento da restituição devida à empresa. Não se trata, de maneira nenhuma, de manipulação. Lamento que este caso esteja sendo politizado”, opinou.

Os dados apresentados pelos tucanos indicam que a construtora recebeu da Receita Federal em 6 de outubro de 2010 mais de R$ 9 milhões a título de devolução de saldo negativo de imposto de renda de pessoa jurídica. Na avaliação do deputado Duarte Nogueira (PSDB-SP), isso justifica a abertura de uma Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPI) para investigar suposto tráfico de influência. BN



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia