Dois policiais militares baianos e um outro homem foram presos em Campina Grande, na Paraíba, suspeitos de praticar sequestros e explosões a bancos no estado. Eles foram presos tarde desta quarta-feira (17), enquanto adulteravam um veículo que seria usado em outra ação criminosa.

Eles foram identificados como Diego Afonso Saraiva, Danilo Fernando Oliveira Alcântara e Eberson Carmo dos Santos.

“Os três suspeitos se identificaram como policiais militares do Estado da Bahia. Após realizar pesquisas, foi descoberto que dois realmente são PMs da Bahia, enquanto que o terceiro suspeito estava com documento funcional de PM falso. Os investigadores chegaram até a quadrilha após investigação que durou um ano e dois meses”, disse o delegado Luciano Soares.

A prisão ocorreu em um sítio na Zona Rural do munícipio de Fagundes. Com eles, foi encontrado um grande arsenal, com armas de diversos calibres e centenas de munições, além de acessórios que possivelmente seriam usados em ações criminosas, como gandolas, balaclavas, distintivos falsos e um veículo Fiat Touro que estava sendo adulterado.