abril 2019
D S T Q Q S S
« mar   maio »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  
Acesse o Sudoeste Hoje via Mobile em qualquer lugar!
  • Sandra: Daqui a pouco vai para ao mministério público dizer que o trâmete da sessão foi errada para anular .Não...
  • Correto: Dá pra notar a índole do elemento que mesmo com a cusparada tendo sido filmada e ele ainda nega. Para o bem...
  • Cavaquim: Votei em Piritiba na certeza que era um candidato íntegro, mas se misturando com essa corja cai por terra a...
  • Zé de biu: Valdeir só apoia o que não presta.Veja turma dele: Tiquinho, Romildo e Diga Diga.
  • Fernando: O vereador não se defende nos momentos do espaço dele ele só faz acusações, acusa Davi Ferraz , Rodrigo...
  • May: Concordo com o velho ditado que diz: não se mexe em time que está dando certo. Se existe resultados positivos,...
  • Fernando: A oposição está doida pra ver o DEM fora da administração e juntar com eles(oposição), vira e mexe fica a...
  • Anonymous: Onder tá entregado corriculo
  • Fernando: Usarei esse espaço para fazer algumas observações construtivas para ajudar a administração municipal...
  • Anonymous: criminoso , ladrão safado
  • Davi Ferraz: O pior dos crimes é o latrocínio
  • Cavaquim: Dois vagabundos que logo estarão soltos pela “justiça” brasileira.
  • Anonymous: A minha filha martaram em vit da conquista em junho e até agora ñ se sabe de nada.
  • Martha Aulete: PT, a gente não é bobo… Eis: Filosofia do PT: Embustismo, zorra, bilontragem, vigarismo,...
  • Anonimo: Porque os melicianos tão nas ruas e Lula José dirceu não pode eles nunca mataram vereadora
leitores online


:: 17/abr/2019 . 13:31

ITAPETINGA: PREÇOS DOS ALIMENTOS DISPARAM NOS SUPERMERCADOS E FEIRAS-LIVRES

Nesta véspera de feriado da Semana Santa, os preços dos alimentos voltaram a disparar nos supermercados, mercadinhos e feiras-livres de Itapetinga e região.

Apesar de alguns produtos industrializados manterem os preços estáveis, alimentos como feijão, arroz e verduras estão nas alturas, mexendo diretamente nos bolsos da população de poder aquisitivo menor.

É a chamada “inflação do pobre”, que sempre atinge patamares maiores que a inflação oficial calculada pelo governo, onde entram outros itens não consumidos pelo cidadão comum.

No maior supermercado de Itapetinga, por exemplo, o vilão é o tomate, que estão custando R$ 8,59 o quilo, seguido da batatinha que está a R$ 7,28 e da cebola, que custa hoje R$ 5,24. O feijão, que já vem com preço alto há mais de 2 meses, varia entre R$ 7,50 a R$ 8,50, dependendo da marca e classificação.

Nos pequenos supermercados e feiras-livres, alguns preços desses alimentos estão um pouco mais baixos, mas perdem na qualidade.

Em época de salários congelados, a vida do cidadão comum não fica fácil com esta escalada de preços.

Por Davi Ferraz


  • 8 de outubro de 2019 | 20:24


  • 8 de outubro de 2019 | 20:02


  • 8 de outubro de 2019 | 09:39

    ITAPETINGA E REGIÃO


  • 19 de agosto de 2019 | 18:45


  • 3 de agosto de 2019 | 21:32

  • HOTEL HERCÍLIA PACHECO
    25 de março de 2019 | 22:23


  • 19 de março de 2019 | 12:52


  • 19 de março de 2019 | 12:38

    Resultado de imagem para sitio itororo


  • 7 de dezembro de 2018 | 00:58


  • 8 de novembro de 2018 | 20:34

  • RSSArquivo de Quentinhas & Boas »


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia