maio 2022
D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  
Acesse o Sudoeste Hoje via Mobile em qualquer lugar!
  • Anonymous: Meu caro editor,o data folha já mostrou a mais nova pesquisa é vinte e um pontos de diferença e lula ,o...
  • Jorge: Só não entendo porque o SAAE não disponibiliza débito automático como todos os outros serviços.
  • Anonymous: Vc não está atualizado? Não tem visto às pesquisas..mas entendi, vc não vota no Lula.
  • Fernando: Acho interessante ainda terem coragem de postar isso vendo que e mais fácil assumir que não se tem a cura a...
  • Cadê o forró: É uma pena uma festa junina sem forró. com exceção de Juá da Bahia. Esses outros “artistas”...
  • Retado: O(s) empresário(s) de algumas bandas contratadas devem ser mágicos pq as bandas não fazem sucesso nenhum, não...
  • Luiz: Que manchete mais tendenciosa e sacana, Itapetinga merecia uma imprensa mais responsável.
  • Anônimo: Davi. Não foi assalto. Simplesmente os garotos foram socializar os celulares e logo em seguida devolveram...
  • Anonymous: Poltronas quebradas, carros sem descanso dos pés.
  • Turab molay: Moro no Clerolandia desde criança um dos bairros esquecidos pela a administração pública, via chico...
  • Jorge: Essa avenida é de exclusivo interesse do município de itapetinga, os moradores e comerciantes dessa avenida...
  • Anonymous: Senhor sabe tudo,se vc no alto da sua sabedoria entendesse um mínimo de administração pública,não tava...
  • Davi Ferraz: Póca urna querendo aparecer. Tiro surdo…
  • Retado: Davi, que história é essa que um tal vereador sem expressividade será candidato a vice governador? Notícia...
  • Anonymous: Deixa de ser ignorante cidadão! Ele tem feito o que está dentro de suas diretrizes, se fosse tão simples...
leitores online


:: ‘Quentinhas’

‘TERRORISMO’ DE 64 MILHÕES

A topeira municipal, na sua santa parilisia cerebral, dizia que a crise da Azaléia não passava de “terrorismo dos blogs” (leia-se ‘terrorismo do Sudoeste Hoje’), quando alertávamos para o que poderia acontecer, caso a fábrica saisse da cidade. O sujeito, para não sair do seu estado de inércia, relutava em admitir o óbvio, enquanto o mundo prometia acabar à sua volta. Foi preciso bater forte para que ele edmitisse a crise, embora nada tenha feito para estancá-la. Agora, quando o Governo do Estado revela que conseguiu viabilizar um empréstimo de quase 64 milhões, junto ao Banco do Nordeste, para salvar a empresa, o boca aberta manda seus puxa-sacos alardearem que foi ele quem conseguiu o empréstimo. Se fosse para comprar boi o colocar na sua manga encapoeirada , todo mundo acreditaria. Quanta ‘imaginação’…

JOÃO MONTE E OS CONTRATOS DA PREFEITURA

Acuado diante das denúncias sobre contratação ilegal de consultoria, o prefeito Zé Carlos começou a recorrer aos seus antigos defensores, para tentar tirá-lo do atoleiro em que se meteu. Tentando explicar o inexplicável,  ressuscitaram até o finado João Monte, que já havia tomado Doril, desde a mal explicada venda do brejo para a construção do Piabão. João foi ao programa chapa branca de Amaral e disse um ‘monte’ de bobagens, que só pioraram a situação do morimbundo prefeito, que vive no mundo da lua e não acompanha o que se passa na sua desastrada administração. João Monte poderia ter aproveitado a entrevista, para esclarecer o contrato do lixo, uma aberração que lhe empurraram goela abaixo, quando ele era o secretário de transportes. Se quiser esclarecer aqui, o Sudoeste Hoje está à disposição.

VIROU MOTIVO DE PIADA

Parei ontem em um posto de gasolina, para abastecer o meu carro todo empoeirado, e ouvi uma gozação de um dos frentistas, que me fez a seguinte pergunta: “o senhor passou pela Vila?” Entendendo o espírito da brincadeira, expliquei para ele e outros funcionários do posto que a poeira não era da Vila, mas do Recanto da Colina, bairro onde moro. Aí, veio logo outra gozação: “mas não é lá que mora o prefeito?” Respondi, afirmativamente, para a pequena pléia que não entendia o motivo do eterno abandono do “loteamento dos ricos”. Ao sair, um deles ainda me disse: “se o prefeito não calça o bairro dele, vai calçar o nosso? Fui obrigado a corcordar.

OU NO MATO, OU NO BREJO?

Caro mutuário, se você não foi sorteado para receber a sua casinha no “Mangueirão” da fazenda Astrolina, não se desespere, pois o seus problemas ainda não começaram. O prefeito manda avisar que aqueles que não ficaram “no mato sem cahorro”, terão a chance verem “a vaca ir pro brejo” (junto com ele), no ano que vem, quando será inaugurado o “Piabão”, na Nova Itapetinga. Lá, pelo menos, tem PSF (fechado), umas 40 budegas, padaria, farmácia e o UPA, que vai ser inaugurado logo, logo, com médico ou sem médico, e aquele ‘cigarrinho’ especial, para quem gosta, é claro. Tudo pertinho. Porém, se o rio Catolé voltar a encher, todos vão saber “com quantos paus se faz uma canoa“.

‘JOÃO SEM BRAÇO’ BESTA

Tentando desviar o foco e minimizar o desgaste que vem sofrendo o prefeito Zé Carlos, após a aprovação do aumento de 21% nas contas de água, o locutor e ‘Ouvidor’ nas horas vagas, Amaral Jr., tentou atribuir aos vereadores lagartixas do prefeito, a culpa pelo absurdo aumento. Por telefone, o vereador Alfredo Cabral desmascarou o jogo de “João sem braço’ do vitamina C, esclarecendo para os ouvintes da Rádio Laranjal que o aumento foi da iniciativa do prefeito e que os vereadores só “obedeceram” as ordens do chefe. O maior idiota é sempre aquele que subestima a inteligência alheia..Toma jeito, rapaz!

NOTÍCIA BOA, SIM, CHORADEIRA, NÃO

Depois do sufoco causado pela ameaça da Azaléia em sair de Itapetinga, chaga-nos uma boa notícia, publicada pela Tribuna da Bahia, em que a direção da empresa declara que vai continuar por aqui, embora confirme que a produção de tênis será transferida para a nova fábrica, construída na Índia. Valeu a luta e o protesto de parte da mídia local, que pressionou as ‘arturidade’ para que cumprissem as suas obrigações. Alguns, como o descansado prefeito, relutaram, mas acabaram indo à reboque, para não perderem o ‘trem’ da história, nem ficarem mal na fita. Só esperamos que o prefeito não grave o depoimento de algum funcionário da Azaléia, chorando e agradecendo a ele por ter impedido a saída da fábrica. Basta a choradeira da ‘véia’ nos auto-falantes da alameda, que ninguém aguenta mais.

TERRORISMO DE QUEM?

O prefeito Zé Carlos, na sua alienação crônica, continua falando besteiras na Rádio Laranjal, acusando o Sudoeste Hoje e a oposição de fazerem  “terrorismo” em cima da crise da Azaléia, que para ele não existe. Vejam o que disse o presidente da Vulcabrás/Azaléia, ao CORREIO DA BAHIA, em matéria publicada hoje: “Se as autoridades brasileiras não mudarem a política econômica, toda a indústria de calçados vai acabar migrando para outros países e não seremos exceção”, admitiu ao CORREIO o presidente da Vulcabras/Azaleia, Milton Cardoso, lembrando que várias empresas brasileiras já atuam em países da Ásia e da América Central. Será que é “terrorismo” do presidente da Azaléia?

NOVA BRASILIA PEDE SOCORRO

A moradora Vania Rocha, do Distrito de Nova Brasilia, município de Ribeirão do Largo, nos enviou este apelo: “Olá Davi Ferraz desse ótimo blog,gostaria de pedir o apoio de vocês ,afinal ,nós moradores do distrito de Nova Brasília estamos sem segurança alguma,falta policiamento,nem um guarda municipal tem aqui e por se tratar de um lugar onde é rota de fuga de assaltantes, nós moradores e principalmente comerciantes estamos a mercê da sorte ,já que até agora não veio o policiamento prometido para nós,vale salientar que a viatura de Ribeirão do Largo não vem aqui nem a passeio, agradecemos o espaço!”

   
   
   

QUEM ENCOMENDOU A PESQUISA?

Além da farta distribuição dos panfletos na lagoa, durante o São João, os mentores da pesquisa que avaliou Zé Carlos como o pior prefeito do Sul e Sudoeste mandaram colocar milhares de panfletos debaixo das portas, na noite desta segunda-feira, aumentando ainda mais o drama do prefeito, que está furioso com a sua péssima avaliação. Na lagoa, deu para varrer e jogar tudo no lixo, mas nas residências e casas comerciais a tarefa fica impossível. A pergunta que se faz agora é a seguinte: quem foi o autor dessa “arte” que tirou o sossego de Zé Carlos? É obvio que foi algum grupo de oposição, mas qual? Seja lá quem for, fica claro que a oposição não está morta, como o prefeito imaginou. Tadinho…

QUE VERGONHA…

Aquele vídeo produzido pelos ‘cineastas’ da Guarda Municipal, nas dependências da Matinha, foi vergonhoso e mostra o grau de incompetência dos atuais dirigentes municipais, que descuidam do que há de mais precioso em nosso município. A Matinha é fruto do trabalho de diversos prefeitos, que dela cuidaram com esmero e dedicação, mas que nesta gestão só vem sendo depredada. Só para lembrar, já aconteceu incêndio, fuga e roubo de animais, desova de cadáver, venda de aves e pássaros, apedrejamento de cobras, treinamento da “Tropa de Elite” municipal e até banquete de tatús, pacas e jabutis. Tudo isto sob uma única administração. É mentira minha?

ASA COMPROU O VACA LÔCA?

O papo que rolou ontem na festa de camisatas do Vaca Lôca foi de que o grupo Asa de Águia teria comprado parte dos direitos de produção da festa, ficando como seu sócio majoritário. Segundo fontes ligadas aos produtores do evento, nada foi confirmado, nem negado, o que pode ter algum fundo de verdade neste boato. Assim como aconteceu nas micaretas, grupos ligados a diversos artistas, como Asa, Chiclete e Ivete Sangalo, se associaram aos produtores locais de festas e blocos, o que resultou na falência e extinção de diversos eventos, com ocorreu com a famosa micareta de Vitória da Conquista. Agora, chegou a vez das festas de São João, que correm o mesmo risco. Quem viver, verá…

SOBRANDO INGRESSOS?

Enquanto os ingressos para o Ticomia e o Brega Light, anbos realizados em Ibicuí, já esgotaram há mais de 15 dias, os promotores do Vaca Lôca continuam ralando para tentar vender os ingressos de pista e camarotes, a preços módicos (R$90 e R$250). Até carros de som foram colocados para tentar turbinar as vendas, que andam abaixo do esperado. Ingressos para o Ticomia, só no câmbio paralelo, com preços girando entre R$350 e R$400 reais (pista) enquanto os do Brega Light giram em torno de R$250 e R$300 reais. Parece que os ‘econômicos’ promotores do Vaca Lôca se esqueceram do principal: propaganda!

OVER DOSE DE PROPAGANDA

 

Quem anda ou trabalha no centro de Itapetinga não aguenta mais de tantos carros de som e serviço de auto falante, fazendo propaganda do prefeito e sua obras inacabadas e fictícias. Ao invés de tocar músicas juninas, um serviço de sonorização instalado na área comercial repete, exaustivamente, uma gravação horrível falando dos ‘feitos’ do prefeito, recheados de elogios gratuitos e de extremo mau gosto. Em matéria de mediocridade e chatice, essa turma da prefeitura é inigualável. Quem tiver ouvido de ‘pinico’, faça bom proveito…

MUDANÇA NA DIREC 14

O novo esquema de divisão dos cargos de confiança do governo chega finalmente a Itapetinga, mas com uma novidade. O ex-prefeito de Itarantim, Cícero Alencar, vai emplacar uma das coordenações da Direc 14, na cota do seu irmão, o vice-governador Otto Alencar. A nova coordenadora vem de Itarantim, cidade onde ‘Cição’ pretende se candidatar a prefeito. Deixa o cargo uma das protegidas de Rosemberg Pinto, importada de Itororó.

SABEDORIA DEMAIS OU BURRICE?

 Os principais blogs da Bahia divulgaram hoje os valores das bandas contratadas para o São João da cidade de São Francisco do Conde, localizada no recôncavo baiano, que tem a maior arrecadação em todo o interior da Bahia. Lá, a banda Aviões do Forró foi contratada por 170 mil reais, enquanto aqui em Itapetinga a mesma banda foi contratada por mais de 200 mil reais, segundo nos informaram artistas locais. Será que os promotores de eventos daqui são mais burros do que os de lá, ou sariam mais ‘sabidinhos’? Alguém aí pode nos dar uma explicação? Estamos esperando…



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia