O ministro Alexandre de Moraes do Supremo Tribunal Federal (STF) negou, nesta sexta-feira (29), o novo pedido de liberdade feito pelos advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Moraes também arquivou o pedido da defesa para que o caso fosse analisado pela Segunda Turma da Corte, cujos ministros são visivelmente favoráveis à sua soltura.

O ex-presidente Lula está preso na sede da Polícia Federal em Curitiba desde abril deste ano.