Acesse o Sudoeste Hoje via Mobile em qualquer lugar!
  • Paulo: Fernando, escutando e assistindo a sessão da câmara pude ver o quanto cinismo , a verdadeira face são...
  • Anonimo: em 2012 a culpa das demissões era do prefeito José Carlos e agora e de quem?
  • Fernando: Lamentável , preocupante , triste porém muito mais ainda por saber que temos vereadores que poderiam ajudar...
  • Jorlane: Sou uma eis funcionária isso e uma vergonha p os governantes será que eles não pense nos país de família q...
  • Anonymous: Tem que vir um atacadão pra essa CIDADE, aqui tudo está caro e quando tem é claro!!
  • anonimo: A população de Vitória da Conquista sabia que Herzem Gusmão seria um péssimo administrador. Lembro muito bem...
  • Anonymous: Isso foi um crime contra o patrimônio que deveria ser restaurado. Segundo falam as madeiras de lei...
  • Ana: Virou moda atribuir ao PT toda e qualquer incompetência ou erro das atuais administrações!
  • Anonymous: Nada haver com o tema.
  • CANDIDATO RÉU: ATÉ AS PRÓXIMAS ELEIÇÕES ESSE VAI FAZER CAMPANHA ELEITORAL ATRÁS DAS GRADES.
  • O Indagador: Herzem já está no 3º ano de gestão em Vitória da Conquista, com pouca popularidade e altíssima...
  • Anonymous: *A culpa é de Herzem! Vereadores atribuem caos do transporte público à irresponsabilidade do prefeito*...
  • Jaílson marcos: Estamos esperando pra ver quando as ruas de baixo do são Francisco vai ser calcadas.
  • Carlos: Atitude sensata em um país tão injusto com os seus necessitados. Enquanto isso, a nação banca tratamento...
  • Cavaquinho: E pior que ele pode ganhar, alguns baianos, se é que podemos chamar de baianos, gostam de serem roubados!...
leitores online


:: 7/jun/2018 . 16:29

IBICUÍ: JUSTIÇA PROÍBE TICO MIA E BREGA LIGHT DE TOCAR MÚSICAS POR DÍVIDA MILIONÁRIA COM DIREITOS AUTORAIS

Bocão News

Três das principais festas privadas de São João na Bahia estão proibidas pela Justiça de tocar músicas. A proibição é por causa de dívidas com o Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição) no pagamento de direitos autor. Juntos, o Forró Ticomia, o Brega Light, ambos em Ibicuí, e São João do Allanbick, em Barreiras, somam um débito de quase R$ 3 milhões.

À reportagem do BNews, o Ecad confirmou que “existe uma decisão judicial a favor do pagamento dos direitos autorais aos compositores”. No entanto, “todas as empresas promotoras dos eventos (Forró Ticomia, Brega Light e São João do Allanbick) descumprem a decisão”, o que gera o acúmulo da dívida.

Conforme informações do escritório, o maior débito é do Brega Light, de R$ 1,6 milhão desde 2012, mesmo período que a dívida foi acumulado pelo Forró Ticomia, que somou um valor de R$ 700 mil. Já o São João do Allanbick deve R$ 690 mil, mas o débito é desde 2005. O órgão ressalta que “os valores acima se referem a até 2017 e não estão incluídos os débitos relativos a 2018”.

Apesar dos débitos, as festas continuam confirmadas com grandes atrações nacionais da música. Marcado para o dia 23 de junho, o Forró Ticomia vai reunir Dorgival Dantas, Gabriel Diniz, Mano Walter, Luan Estilizado, Lordão, Calcinha Preta e Mastruz com Leite.

Com ainda mais artistas e dividido em dois dias, 22 e 24 de junho, o Brega Ligth tem na programação shows de Aviões, Safadão, Gusttavo Lima, Parangolé, Trio da Huanna,  Donas do Bar, Jorge e Mateus, Léo Santna, Marcia Felipe, Jonas Esticado, Solange Almeida e Zé Neto e Cristiano.

O único que não está confirmado para ser realizado é o São João do Allanbick. Inicialmente marcado para o dia 2 de junho, foi adiado por causa da greve dos caminhoneiros e até o momento não foi divulgada uma nova data. Entre as atrações estão Solange Almeida, Gusttavo Lima, Isaias Estilizado e Toinho & Cia. Informações obtidas pelo BNews dão conta que o evento foi remarcado para o dia 17 de junho, mas ainda não foi confirmado oficialmente.

ACUSADO DE MATAR CASAL DE COLOMBIANOS EM ILHÉUS SE ENTREGA E CONFESSA CRIME

O comerciante Magno Rodrigues Silva se entregou à Polícia Civil em Ilhéus, hoje (6), e confessou participação no assassinato dos colombianos Diana Paola Zuluaga Grisales e Yorleth Andres Alban Tenório. O crime foi cometido em 18 de maio, em Aritaguá, zona norte de Ilhéus, quando Diana e Andres foram mortos e enterrados em cova rasa.

Diana e Andres, de acordo com investigação, teriam ido até Magno para cobrar dívida de R$ 50 mil. Acabaram mortos. Magno diz que os tiros foram disparados por Cosme Santana Nunes, funcionário do comerciante. Magno disse que Cosme reagiu ao ver que o casal estava armado.

Segundo depoimento à delegada Andréa Oliveira, Magno ligou para Diana e Andres. A intenção era sequestrar e matar as vítimas para saldar débito de R$ 50 mil com um cigano de prenome Aldo. Atraíram o casal dizendo que saldaria dívida de R$ 7 mil.

As vítimas deixaram a moto em que estavam e saíram em um carro de Magno, um Mitsubish. Em Aritaguá, conforme a Polícia, Magno entrou em um ramal e seguiu até a beira do Rio Almada, onde o casal foi assassinado a tiros.

Os corpos de Diana e Andres foram deixados no local, enquanto Cosme e Magno seguiam até o lava jato para pegar ferramentas para abrir covas. Os dois corpos foram lançados um em cima do outro no cemitério de Aritaguá.

Após denúncia anônima, policiais militares chegaram ao local, sendo recebidos a tiros. Magno e Cosme tentaram fugir no carro Mitsubishi ASX, placa OZM-5151, passando por cima de túmulos. Ao se aproximarem da mata, abandonaram o veículo e fugiram a pé pela vegetação.

A apresentação do acusado do crime ocorreu hoje pela manhã. O advogado de Magno pediu que o acusado fosse transferido para o Conjunto Penal de Itabuna, pois estava sendo ameaçado de morte. A transferência para o presídio itabunense foi autorizado pela Justiça. Segundo a delegada Andréa Oliveira, Magno já está no presídio da cidade vizinha. //Pimenta



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia