Acesse o Sudoeste Hoje via Mobile em qualquer lugar!
  • Anonymous: Muito bom, agora falta fazer um shopping centeraqui.
  • Bay: Onde Será posto o currículo
  • Admilson: Itapetinga nunca esteve tão próspera anos ouvia falar em terra firma é gado forte,mais a revolução...
  • Fernando: O vereador está dizendo que esse servidor Moisés foi a mando do prefeito Rodrigo Hagge , o vereador cospe...
  • Laude Oliveira Dias: Estou aterra com a partida súbita da minha amiga tão querida. Que o Espírito Santo conforte os...
  • Bia: Olá, boa noite sr. Davi Primeiramente obrigada por nos manter informados. Por gentileza, nos informe através dos...
  • Anônimo: Agora só falta um shopping em Itapetinga,agora com o Açaí será que os empresários que tinham posse dessa...
  • Georgi Cardoso: Parabéns ao prefeito da cidade. Sabemos quanto difícil é trazer investidores Rodrigo, que sua...
  • Marilene Mendes da cruz: Parabéns a todos os envolvidos por essas obras tão importantes , que ira beneficiar a cidade...
  • Ivoneide Cangussu: Onde posso deixar o currículo?
  • Lucas Santos dos Santos: – “As pessoas me perguntam qual é o papel que mais gostei de interpretar. Eu...
  • Cavaquim: Lhama diga diga é parente da Lhama Zé de Abreu? Eita esquerda que gosta de cuspir no rosto das pessoas, sô!...
  • Anonymous: Como faz para colocar curriculum
  • Anonymous: Muito bom estava faltado um mercado desse mesmo na cidade de iapetinga
  • Alexsandra de oliveira: Onde posso colocar o curriculo
leitores online


:: 13/jun/2018 . 23:13

JUAZEIRO: PEDREIRO QUE ESTUPROU, MATOU E ENTERROU CUNHADA É CONDENADO A 29 ANOS DE PRISÃO EM JURI POPULAR

O pedreiro Wellington da Cruz Bispo, suspeito de matar a marretadas a cunhada Arlene Costa Borges, de 21 anos, e ainda ocultar o corpo da vítima, em Juazeiro, no norte da Bahia, foi condenado nesta quarta-feira (13) a 29 anos e sete meses de prisão em regime fechado por júri popular. O crime ocorreu no ano de 2014.

O julgamento, que durou mais de 5h, foi realizado no Fórum Conselheiro Luiz Viana.

Wellington está preso desde setembro de 2015. Na época do crime, ele chegou a confessar à polícia ter enforcado, estuprado e matado a vítima.

Wellington era companheiro da irmã da vítima. O pedreiro disse, após ser preso, que Arlene tinha conhecimento sobre um amante da irmã e não teria dito nada a ele.

Nesta quarta, durante o julgamento, o suspeito negou ter cometido o estupro. O homem, no entanto, foi considerado culpado por todos os crimes — homicídio qualificado, ocultação de cadáver e estupro.

O julgamento começou, por volta das 9h, com o interrogatório do acusado. Depois, acusação e defesa tiveram um tempo para apresentar suas teses.

A mãe de Arlene acompanhou o julgamento, usando uma camisa com a foto da filha, e se emocionou quando a promotoria contou detalhes do crime. //G1


  • 19 de agosto de 2019 | 18:45


  • 3 de agosto de 2019 | 21:39


  • 3 de agosto de 2019 | 21:32

  • HOTEL HERCÍLIA PACHECO
    25 de março de 2019 | 22:23


  • 19 de março de 2019 | 12:52


  • 19 de março de 2019 | 12:38

    Resultado de imagem para sitio itororo


  • 7 de dezembro de 2018 | 00:58


  • 8 de novembro de 2018 | 20:34


  • 21 de agosto de 2018 | 23:34


  • 21 de agosto de 2018 | 23:32

  • RSSArquivo de Quentinhas & Boas »


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
error: Cópia não Autorizada - Sudoeste Hoje!