Acesse o Sudoeste Hoje via Mobile em qualquer lugar!
  • Correto: Quem mandou a população eleger esses indivíduos? Cada população tem os políticos que elegeram e...
  • Paulo: Esses vereadores vão ficar o mandato todo só indo na justiça pois é o que sabe fazer para dizer que estão...
  • Fernando: Essas pessoas inclusive advogados sendo comandado por uma pessoa articuladora que usa as pessoas ao seu bel...
  • Leitor: Itapetinga precisa,isso sim,era de um vereador desse quilate: http://www.acheisudoeste.co...
  • anonimo: Logo, logo Itapetinga terá a 1.a dama!
  • anonimo: Agora Itapetinga terá a 1.a dama!
  • Paulo: O que eu ouvir foi muito puxão de olheira de vereadores , que só ficam na câmara fazendo politicagem e não...
  • Paulo: Até que fim, demorou para emitir essa nota.
  • BEL: Estão de parabéns ,acho que nem teve durante anos do ex prefeito ,parabenizo principalmente os secretários pois...
  • Fernando: Parabenizar os secretários ,coordenadores e os dois mandatos da presidência da câmara legislativa tanto de...
  • Fernando: A Coelba não tem o devido respeito com o consumidor , principalmente referente aos municípios pequeno e...
  • anonimo: Davi Ferraz, será que agora, vendo o prefeito de mãos dadas com a namorada, vamos ter uma primeira dama?
  • Francisco bispo Farias filho: E falta de responsabilidade dessa empresa com os consumidores essa cabada de mafiosos...
  • Uátila: Nunca vi tanta alma sebosa em uma foto só.
  • Leitor: Davi, por favor, não sei se isto vem ocorrendo em seu bairro, mas desde quarta feira a energia elétrica em...
leitores online


:: 13/jun/2018 . 23:13

JUAZEIRO: PEDREIRO QUE ESTUPROU, MATOU E ENTERROU CUNHADA É CONDENADO A 29 ANOS DE PRISÃO EM JURI POPULAR

O pedreiro Wellington da Cruz Bispo, suspeito de matar a marretadas a cunhada Arlene Costa Borges, de 21 anos, e ainda ocultar o corpo da vítima, em Juazeiro, no norte da Bahia, foi condenado nesta quarta-feira (13) a 29 anos e sete meses de prisão em regime fechado por júri popular. O crime ocorreu no ano de 2014.

O julgamento, que durou mais de 5h, foi realizado no Fórum Conselheiro Luiz Viana.

Wellington está preso desde setembro de 2015. Na época do crime, ele chegou a confessar à polícia ter enforcado, estuprado e matado a vítima.

Wellington era companheiro da irmã da vítima. O pedreiro disse, após ser preso, que Arlene tinha conhecimento sobre um amante da irmã e não teria dito nada a ele.

Nesta quarta, durante o julgamento, o suspeito negou ter cometido o estupro. O homem, no entanto, foi considerado culpado por todos os crimes — homicídio qualificado, ocultação de cadáver e estupro.

O julgamento começou, por volta das 9h, com o interrogatório do acusado. Depois, acusação e defesa tiveram um tempo para apresentar suas teses.

A mãe de Arlene acompanhou o julgamento, usando uma camisa com a foto da filha, e se emocionou quando a promotoria contou detalhes do crime. //G1


  • 11 de maio de 2019 | 23:52

  • HOTEL HERCÍLIA PACHECO
    25 de março de 2019 | 22:23


  • 19 de março de 2019 | 12:52


  • 19 de março de 2019 | 12:38

    Resultado de imagem para sitio itororo


  • 7 de dezembro de 2018 | 00:58


  • 8 de novembro de 2018 | 20:34


  • 21 de agosto de 2018 | 23:34


  • 21 de agosto de 2018 | 23:32


  • 5 de agosto de 2018 | 12:32


  • 16 de julho de 2018 | 11:31

  • RSSArquivo de Quentinhas & Boas »


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia