Acesse o Sudoeste Hoje via Mobile em qualquer lugar!
  • Davi Ferraz: O pior dos crimes é o latrocínio
  • Cavaquim: Dois vagabundos que logo estarão soltos pela “justiça” brasileira.
  • Anonymous: A minha filha martaram em vit da conquista em junho e até agora ñ se sabe de nada.
  • Martha Aulete: PT, a gente não é bobo… Eis: Filosofia do PT: Embustismo, zorra, bilontragem, vigarismo,...
  • Anonimo: Porque os melicianos tão nas ruas e Lula José dirceu não pode eles nunca mataram vereadora
  • Anonymous: E o que se diz pastor? Não vai ser condenado também não? É conivente
  • IMPRESSÕES DIGITAIS: Podem verificar que há impressões digitais de um dos assassinos no adesivo que eles colocaram no...
  • BIA: NO PROGRAMA ELES ESTAVAM DIZENDO QUE VÃO CONTINUAR ,PORQUE O QUE ELES FAZEM NÃO DENIGRE NÃO OFENDE POIS ELES NÃO...
  • LU Mendes: Nossa que absurdo
  • LU Mendes: Meu Deus que coisa eh?
  • JONARA MORAES SOUZA: E agora José? kkk que pepelão eh?
  • Itapetinguense: Lamentável ,o pior que não vão aprender, são pagos para fazer esse papel.
  • Funcionário do hospitar: Concordo vc esses radialista tão longe de ser um bom profissional, fala mal da gestão q tá...
  • Vera: São muito agressivos.
  • sevidor: Eu não gosto do programa deles por que falam muito palavrão
leitores online


:: 13/jun/2018 . 23:13

JUAZEIRO: PEDREIRO QUE ESTUPROU, MATOU E ENTERROU CUNHADA É CONDENADO A 29 ANOS DE PRISÃO EM JURI POPULAR

O pedreiro Wellington da Cruz Bispo, suspeito de matar a marretadas a cunhada Arlene Costa Borges, de 21 anos, e ainda ocultar o corpo da vítima, em Juazeiro, no norte da Bahia, foi condenado nesta quarta-feira (13) a 29 anos e sete meses de prisão em regime fechado por júri popular. O crime ocorreu no ano de 2014.

O julgamento, que durou mais de 5h, foi realizado no Fórum Conselheiro Luiz Viana.

Wellington está preso desde setembro de 2015. Na época do crime, ele chegou a confessar à polícia ter enforcado, estuprado e matado a vítima.

Wellington era companheiro da irmã da vítima. O pedreiro disse, após ser preso, que Arlene tinha conhecimento sobre um amante da irmã e não teria dito nada a ele.

Nesta quarta, durante o julgamento, o suspeito negou ter cometido o estupro. O homem, no entanto, foi considerado culpado por todos os crimes — homicídio qualificado, ocultação de cadáver e estupro.

O julgamento começou, por volta das 9h, com o interrogatório do acusado. Depois, acusação e defesa tiveram um tempo para apresentar suas teses.

A mãe de Arlene acompanhou o julgamento, usando uma camisa com a foto da filha, e se emocionou quando a promotoria contou detalhes do crime. //G1


  • 8 de outubro de 2019 | 20:24


  • 8 de outubro de 2019 | 20:02


  • 8 de outubro de 2019 | 09:39

    ITAPETINGA E REGIÃO


  • 19 de agosto de 2019 | 18:45


  • 3 de agosto de 2019 | 21:32

  • HOTEL HERCÍLIA PACHECO
    25 de março de 2019 | 22:23


  • 19 de março de 2019 | 12:52


  • 19 de março de 2019 | 12:38

    Resultado de imagem para sitio itororo


  • 7 de dezembro de 2018 | 00:58


  • 8 de novembro de 2018 | 20:34

  • RSSArquivo de Quentinhas & Boas »


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia