O medo existia. Depois do empate na estreia e do sufoco para vencer a Costa Rica, o Brasil chegou à rodada final do Grupo E com o futuro indefinido: podia passar em primeiro, em segundo ou ser eliminado.

Mas a tensão do jogo decisivo contra a Sérvia não atrapalhou a Seleção nesta quarta-feira, muito pelo contrário. Com uma atuação segura, a equipe do técnico Tite controlou o jogo em Moscou, venceu por 2 a 0, gols de Paulinho e Thiago Silva (um em cada tempo), e vai enfrentar o México nas oitavas de final.

Em uma noite de destaque do quarteto Thiago Silva, Casemiro, Philippe Coutinho e Neymar no estádio do Spartak, o Brasil fez sua melhor apresentação na Copa do Mundo até agora. O sonho do hexa segue mais vivo do que nunca.

Com sete pontos ganhos em três jogos, o Brasil garantiu a primeira colocação do Grupo E. Vai enfrentar o México nas oitavas de final, às 11h (de Brasília). O jogo será na próxima segunda-feira, em Samara. A Suíça, segunda colocada na chave, pega a Suécia. Sérvia e Costa Rica deram adeus à competição.