Acesse o Sudoeste Hoje via Mobile em qualquer lugar!
  • William: Gostaria de relatar um caso: Acabo de retornar da Lagoa. Estava passeando com meu filho e cão (Poodle)....
  • Correto: O SAAE fez ou faz constantemente o estudo dessa água da Lagoa?
  • Amigo: Que Deus conforte todos os familiares. ..amigo Israel,será sempre lembrado com carinho…
  • Valdemir Moreira: É seu Carlos Paiva pelo jeito quem está sem vocabulário é vc pra poder falar desse vereador lave a...
  • José: Já era esperado… há tempos Heraldo vem demonstrando seu interesse pela prefeitura de Macarani, já que não...
  • José: Cada um querendo garantir o seu futuro de mais 4 “aninhos” nas tetas! Pois, sabem que Rodrigo Hagge...
  • José: Huummmm…. foi esse que matou a mãe (D. Nelita) pra ficar com a herança, n’um foi?! Toooma!!! Bem...
  • Anônimo: Aqui se faz, aqui se paga.
  • Carlos Paiva: NO FUNDO UMA PESSOA SEM VOCABULÁRIO, NÃO POSSUIU UMA SÓ FALA SEQUER QUE DEMONSTRASSE UMA IDEIA, UMA...
  • Leitor: Para quem já está ou para quem entra na política é pq sabe que político é uma profissão bem remunerada que só...
  • Sandra: Hoje escutei na rádio os ex vereadores reclamando dos partidos aliados do governo estadual da BA, como é o...
  • Sandra: Creio que o vereador ficou decepcionado, acho que antes de estar vereador pensava que era algo para fazer a...
  • Fernando: O PDT de Itapetinga está na esperança que o delegado DR ROBERTO JR vá para o partido .Outro que pode ir...
  • Leitor: O cara está confundindo Flavao com os primos do táxi Teu e Maurício. Esses sim cuspiram no prato que comiam.
  • Fernando: Não é fácil ser político, principalmente em Itapetinga .São os próprios colegas passando rasteira ,...
leitores online


:: 24/ago/2011 . 6:49

SALVADOR É A 2ª CAPITAL MENOS RELIGIOSA DO PAÍS


Embora sejam maioria, Salvador é apenas a 24ª capital em proporção de católicos

A cidade de Salvador surpreendeu em pesquisa sobre religiosidade realizada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e apareceu como a segunda do país em número de pessoas que se dizem sem religião. Os dados divulgados pela FGV nesta terça-feira (22) mostraram que a capital baiana só perde para Boa Vista (RR). Ao todo, 17,07% dos entrevistados soteropolitanos  disseram não pertencer a nenhum grupo religioso. Ao mesmo tempo, mesmo banhada pela Baía de Todos-os-Santos e com o marco de possuir 365 igrejas, a cidade de forte herança católica é apenas a 24ª em número de praticantes desta religião dentre as 27 capitais.

Para o historiador e diretor da Fundação Pedro Calmon (FPC), Ubiratan Castro, os dados atestam a característica profana dos soteropolitanos. “É bem possível mesmo que o povo menos religioso seja o de Salvador. Isso aqui sempre foi uma cidade com uma população mais ligada aos prazeres da carne. Não é nem o ateísmo, é a irreligião. Pode ter 500 igrejas, a galera prefere beber cerveja”, declarou. Já o antropólogo Roberto Albergaria destacou também que a pesquisa taxa como “sem religião”, mas os números também podem significar “sem religião definida”.

Ele aponta a alternância de credos como marca do povo local. “O que caracteriza a Bahia é essa multiplicidade de credos, essa volubilidade baiana. O pessoal do candomblé manda rezar missa também. O baiano alterna seus credos como troca de cueca no verão. No fundo, o baiano é católico por tradição, é espírita por desespero, é candomblista por ostentação cultural e ele passa a se tornar cada vez mais evangélico por amor ao dinheiro”, polemizou. BN

RELIGIÕES AFRO: SALVADOR ATRÁS DE PORTO ALEGRE


Salvador perde para cidades do Sul e Sudeste em número de praticantes de religiões afro-brasileiras

“Nessa cidade nem todo mundo é d’Oxum…”. Embora seja considerada como a metrópole de maior representatividade da cultura africana, Salvador é apenas a quarta em adeptos de religiões afro-brasileiras. A capital baiana ficou atrás de Porto Alegre, Rio de Janeiro e São Paulo, respectivamente, de acordo com pesquisa divulgada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), nesta terça-feira (23). Apenas 0,33% dos soteropolitanos entrevistados se disseram praticantes de credos de origem africana.

O antropólogo Roberto Albergaria e o historiador e presidente da Fundação Pedro Calmon (FPC), Ubiratan Castro, divergem na interpretação do resultado. “O IBGE já havia feito uma pesquisa há 10 anos em que Salvador só aparece em 13º lugar em número de candomblés. No fundo, a história desses credos passou a representar para a gente um item não religioso, mas cultural. É a questão da baianidade que também foi ancorada neste mito da africanidade. ‘A maior cidade negra fora da África’. Mentira. Salvador é a maior cidade mulata do Brasil”, declarou Albergaria.

Já Ubiratan destaca que há um número considerável de pessoas que não se assumem quanto à religião. “Lá [Porto Alegre, Rio de Janeiro e São Paulo] já existe uma quantidade maior de terreiros, e outra coisa: essas cidades possuem uma população que assume mais a religião. Aqui a grande maioria não quer nem saber. Não dá importância, não assume sua religiosidade”, opinou

  • JUNIOR ELETRÔNICA
    26 de novembro de 2019 | 18:22


  • 19 de agosto de 2019 | 18:45


  • 3 de agosto de 2019 | 21:32

  • HOTEL HERCÍLIA PACHECO
    25 de março de 2019 | 22:23


  • 19 de março de 2019 | 12:52


  • 19 de março de 2019 | 12:38

    Resultado de imagem para sitio itororo


  • 7 de dezembro de 2018 | 00:58


  • 8 de novembro de 2018 | 20:34


  • 21 de agosto de 2018 | 23:34


  • 21 de agosto de 2018 | 23:32

  • RSSArquivo de Quentinhas & Boas »


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia