outubro 2010
D S T Q Q S S
« set   nov »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  
Acesse o Sudoeste Hoje via Mobile em qualquer lugar!
  • Hanilton: Com tanto investimento público nesta empresa é um absurdo se aceitar que se façam isto, é inaceitável, os...
  • carkos: Gente vamos pra rua o prefeito Rodrigo tem que liberar os comerciante
  • AMOSTRA GRÁTIS DO COMUNISMO: COMUNISMO, AMOSTRA GRÁTIS Pouca gente se deu conta que desde o final de Fevereiro/2020...
  • Bruno: No boletim de hj, informa que Itapetinga tem dois casos http://www.saude.ba.gov.br/...
  • Leitor: Algum comunicado do governo da Bahia sobre esse assunto?
  • gilmar: Aqui em maiquinique fomos todos demitidos também
  • Anonymous: Muito triste meu Deus
  • Anonymous: Manda à conta pra o governador pagar
  • Dioclecio: Boa
  • Flávio Cavalcanti: Sobre o comentário do Sr JOANN, está completamente compatível com a realidade do herário...
  • FALA SERIO: Fala sério…o prefeito ouviu a maioria da sociedade, principalmente jovens?…. Será que ele...
  • Anonymous: Agora tá provado, esse hospital só serve de enfeite, só sabe fazer feira de saúde pra tirar dinheiro do...
  • PASSO A PASSO PARA A VITORIA... OU PARA O CAOS: FAÇO ESSA EXPLICAÇÃO, PASSO A PASSO, PARA QUE VOCÊ ENTENDA...
  • JOANN Rezende: E hora de todos unirmos,porém a prefeitura tem que dar a sua resposta. Quando todo esse episódio...
  • Anonimo: Mas ha foi falado que esse isolamento em outras partes do mundo não funcionou foi preciso voltar ao...
leitores online


:: 4/out/2010 . 22:11

Zé Raimundo consolida liderança em Vitória da Conquista

 

Zé Raimundo foi o candidato a deputado estadual mais votado

 

VITÓRIA DA CONQUISTA: Mesmo sem contar com o apoio do prefeito petista Guilherme Menezes, o ex-prefeito José Raimundo Fontes (PT), foi o candidato a deputado estadual com mais votos em Vitória da Conquista com 28.383 votos dos seus 68.098. Fabrício teve 18.342 e Lúcia Rocha 16.968. Confira os quinze candidatos a deputado estadual mais votados no município do Sudoeste baiano no quadro abaixo.

Com informações do Blog do Anderson

Eleições: Veja a lista dos deputados que perderam vaga na Câmara e Assembléia

O atuante Heraldo Rocha (DEM), não conseguiu se reeleger

 

FEDERAIS:

Na eleição realizada neste domingo,  18 deputados federais baianos perderam os seus mandatos. Alguns tentaram outros cargos, outros desistiram de concorrer a um novo mandato. Veja a seguir a lista com os nomes: Colbert Martins (PMDB), Edson Duarte (PV) – que tentou uma vaga no Senado -, Félix Mendonça (DEM) – que desistiu da reeleição -, Fernando de Fabinho (DEM) – que desistiu da reeleição -, Geddel Vieira Lima (PMDB) – que disputou o governo do estado -, Jairo Carneiro (PP), João Almeida (PSDB), Jorge Khoury (DEM), Lídice da Mata (PSB) – senadora eleita -, Luiz Bassuma (PV) – que concorreu ao cargo de governador -, Luiz Carreira (DEM), Marcelo Guimarães Filho (PMDB), Raymundo Veloso (PMDB), Sérgio Barradas Carneiro (PT), Severiano Alves (PMDB), Tonha Magalhães (PR), Uldurico Pinto (PHS) e Walter Pinheiro (PT) – senador eleito. (Thiago Ferreira).

ESTADUAIS

A Assembleia Legislativa baiana também assistiu a um alto índice de renovação. Dos atuais deputados estaduais, 31 não foram reeleitos, ou por concorreram a outros cargos como deputado federal, ou ainda pelo resultado das urnas. Confira a seguir a lista com os nomes dos parlamentares: Antônia Pedrosa (PMDB), Arthur Maia (PMDB) – eleito deputado federal -, Capitão Tadeu (PSB), Clóvis Ferraz (DEM), Edson Pimenta (PCdoB) – eleito deputado federal -, Eliedson Ferreira (DEM) – desistiu da reeleição -, Emério Resedá (PDT), Fábio Santana (PRP), Fernando Torres (DEM) – eleito deputado federal, Ferreira Ottomar (PMDB), Gaban (DEM), Getúlio Ubiratan (PMN), Gilberto Brito (PR), Heraldo Rocha (DEM), Isaac Cunha (PT), Ivo de Assis (PR) – que desistiu da reeleição -, Javier Alfaya (PCdoB), Joélcio Martins (PMDB), Júnior Magalhães (DEM), Jurandy Oliveira (PRP), Luiz Argôlo – eleito deputado federal -, Luiz de Deus (DEM) – tentou uma vaga na Câmara dos Deputados, mas não foi eleito -, José Nunes (DEM) – eleito deputado federal -, Marizete Pereira (PMDB), Misael Neto (DEM) – desistiu da reeleição -, Pedro Alcântara (PR), Roberto Muniz (PP) – eleito suplente do senador eleito Walter Pinheiro (PT) -, Sérgio Passos (PSDB), Valmir Assunção (PT) – eleito deputado federal -, Virgínia Hagge (PMDB) e Waldenor Pereira (PT) – eleito deputado federal. (Thiago Ferreira)

EMPATE TÉCNICO

De fato, Zé Carlos foi um verdadeiro ‘poca urna’, só que nas eleições de 2008. De lá para cá o seu patrimônio eleitoral tem diminuido, na mesma proporção que o seu patromônio pessoal, até chegar à prefeitura. Dos 18 mil e tantos votos que obteve para prefeito, só conseguiu transferir para Rosemberg, pouco mais de 6 mil votos. Isto, com a utilização escandalosa da máquina administrativa e ameaças explícitas aos pobres funcionários, que temiam perder a feira. Ganhou? Não, só conseguiu se livrar de uma derrota humilhante, para a fraquíssima Virginia Hagge, no apagar das luzes. Para mim, deu ’empate técnico’.

LINHA DE CORTE

Lembram quando eu disse que a ‘linha de corte’ para os deputados estaduais da coligação do PMDB era de 38 mil votos? Basta conferir a lista dos eleitos para ver que o último colocado, Elmar (PR), obteve 38.376 votos.  Não sou nenhuma ‘Madame Beatriz’, mas procuro andar bem informado.

COM FORÇA

Se observarmos a votação conjunta dos democratas em Itapetinga, veremos que quem mostrou força foram os antigos ‘bacalhaus’. Paulo Souto ganhou de Wagner e Geddel, Heraldo Rocha, Carreira e Fábio Souto foram bem votados. Sandro Régis e Carletto, apesar de serem de outras coligações, foram apoiados por Naara e Zé Elias. Juntos, foram os vencedores. Façam as contas…

FALTA DE AVISO…

Cansei de avisar que a deputada Virginia Hagge estava em franco declínio eleitoral, devido às suas equivocadas escolhas e ao abandono a que relegou as suas bases em Itapetinga. Os ‘gabirabas’ ressentiram, e  quando Michel resolveu ‘arregaçar as mangas’, a ‘inês já era morta’.

QUEM GANHOU?

O prefeito e seus amigos comemoraram bastante a vitória magra de Rosemberg sobre Virginia Hagge em Itapetinga. Tá certo, tem que comemorar mesmo, pois estava em desvantagem e conseguiu ganhar na prorrogação, com um belo ‘gol de mão’.  O placar ‘xôxo’, entretanto, reflete a força dos dois grupos, em franca decadência.

Eleições: Cúpula do PSDB quer trocar o vice de Serra

Indio da Costa pode voltar para a sua ‘aldeia’

 

É forte no PSDB a pressão para, no segundo turno, o candidato do PSDB, José Serra, substituir o seu vice, deputado Índio da Costa (DEM). Os tucanos sonham com duas hipóteses. A primeira, considerada mais remota, é Marina Silva (PV). Mas o projeto do senador para 2014 e as rusgas do primeiro turno deixam essa possibilidade mais difícil.

A segunda é voltar a pressionar o senador eleito Aécio Neves (MG). Na avaliação de alguns tucanões Aécio não tem nada a perder agora. Uma coisa é certa, o comando do PSDB quer a mudança do vice. IG

Eleições: Lista dos deputados estaduais eleitos na Bahia

A eleição do governador Jaques Wagner no 1º turno foi brindada com a vitória de seus aliados para a Assembleia Legislativa da Bahia. Com as eleições deste domingo (3), Wagner volta a ter maioria na AL-BA. Confira abaixo a lista com o nome dos 63 deputados estaduais baianos eleitos:
PRA FRENTE BAHIA   (Vagas: 26)
Marcelo Nilo (PDT) –  134.396 
Mário Negromonte Júnior (PP) –  113.193 
Ronaldo Carletto (PP) –  101.433 
Zé Neto (PT) –  79.925 
Luiza Maia (PT) –  79.806 
Cacá Leão (PP) – 78.528 
Roberto Carlos (PDT) –  75.474 
Zé Raimundo (PT) –  70.257 
Rosemberg Pinto (PT) –  69.951 
Euclides Fernandes (PDT) –  62.892 
Sidelvan Nóbrega (PRB) –  62.371 
Marcelino Galo (PT) –  58.703 
Fátima Nunes (PT) –  57.704 
Pastor José De Arimatéia (PRB) – 56.849 
Neusa Cadore (PT) –  56.095 
Joseildo Ramos (PT) –  55.684 
Paulo Rangel (PT) –  55.298 
Maria Del Carmen (PT) –  53.700 
Aderbal Caldas (PP) –  53.108 
João Bonfim (PDT) – 46.730 
Luiz Augusto (PP) –  45.412 
Coronel (PP) – 40.994 
Paulo Camera (PDT) –  40.427 
J. Carlos (PT) –  39.895 
Bira Corôa (PT) – 39.222 
Carlos Brasileiro (PT) –  38.804
MAIS AÇÃO, MAIS BAHIA   (Vagas: 15)
Maria Luiza Carneiro (PSC) – 65.583 
Graça Pimenta (PR) –  64.929 
Leur Lomanto Junior (PMDB) –  50.431 
Reinaldo Braga (PR) –  48.157 
Alan Sanches (PMDB) –  47.290 
Sandro Régis (PR) – 46.746 
Carlos Ubaldino (PSC) –  46.691 
Ivana Bastos (PMDB) –  46.079 
Luciano Simões (PMDB) –  45.486 
Targino Machado (PSC) –  45.262 
Angela Sousa (PSC) –  43.537 
Pedro Tavares (PMDB) –  43.001 
Temóteo Brito (PMDB) –  42.923 
Vando (PSC) –  39.632 
Elmar (PR) –  38.376
DEMOCRATAS   (Vagas: 5)
Tom (DEM) – 61.579 
Rogério Andrade (DEM) – 60.136 
Gildasio Penedo (DEM) – 57.689 
Herbert Barbosa (DEM) – 46.510 
Paulo Azi (DEM) – 40.887
LUTA DE UMA BAHIA QUE TEM PRESSA   (Vagas: 4)
Claudia Oliveira (PT do B) –  57.780 
Bruno Reis (PRP) – 55.189 
Adolfo Menezes (PRP) –  52.106 
Maria Luiza Laudano (PT do B) – 43.794
PARTIDO COMUNISTA DO BRASIL   (Vagas: 4)
Fabricio (PC do B) – 51.923 
Álvaro Gomes  (PC do B) – 38.441 
Kelly Magalhães (PC do B) – 35.040 
Wenceslau (PC do B) – 31.802
A BAHIA QUER PAZ, A BAHIA QUER MAIS   (Vagas: 3)
Joao Carlos Bacelar (PTN) –  46.845 
Carlos Geilson (PTN) – 36.998 
Coronel Gilberto Santana (PTN) – 28.725
FRENTE DOIS DE JULHO   (Vagas: 3)
Deraldo Damasceno (PSL) –  65.284 
Nelson Leal (PSL) – 58.650 
PR SGTº Isidorio (PSB) –  46.923
PARTIDO DA SOCIAL DEMOCRACIA BRASILEIRA   (Vagas: 2)
Adolfo Viana (PSDB) – 32.541 
Augusto Castro (PSDB) – 30.951
PARTIDO VERDE   (Vagas: 1)
Eures Ribeiro (PV) – 24.433

Eleições: Lista dos deputados federais eleitos na Bahia

Para a Câmara dos Deputados, a dianteira não foi surpresa. ACM Neto (DEM) encabeçou durante toda a apuração como o candidato mais votado. Ele foi seguido pelo postulante Lúcio Vieira Lima (PMDB) e pelo deputado Pelegrino (PT). Confira abaixo a lista dos eleitos para o cargo:

PRA BAHIA SEGUIR MUDANDO   (Vagas: 22)  
Rui Costa (PT) – 205.082
Pelegrino (PT) – 202.470
João Leão (PP) – 201.719
Mário Negromonte (PP) – 168.492
Márcio Marinho (PRB) – 157.742
Felix Jr (PDT) – 148.104
Afonso  (PT) – 141.401
Daniel Almeida (PC DO B) – 134.680
Valmir Assunção (PT) – 131.775
Zézeu (PT) – 108.539
Edson Pimenta (PC DO B) – 103.286
Alice Portugal (PC do B) – 101.298
Waldenor (PT) – 87.800
Oziel Oliveira (PDT) – 79.516
Geraldo Simões (PT) – 75.879
Josias Gomes (PT) – 69.245
Jose Carlos Araujo (PDT) – 68.873
Marcos Medrado (PDT) – 68.068
Luiz Argôlo (PP) – 66.677
Roberto Britto (PP) – 63.981
Amauri Teixeira (PT) – 63.603
Luiz Alberto (PT) – 63.308
PARA FAZER ACONTECER   (Vagas: 8 )
Lucio Vieira Lima (PMDB) – 219.031
Mauricio Trindade (PR) – 77.255
João Bacelar (PR) – 74.918
José Rocha (PR) – 71.408
Sérgio Brito (PSC) – 70.759
Antonio Brito (PTB) – 70.125
Arthur Maia (PMDB) – 69.556
Erivelton Santana (PSC) – 69.501
DEMOCRATAS   (Vagas: 6)
ACM Neto (DEM) – 326.893
Fernando Torres (DEM) – 78.347
Claudio Cajado (DEM) – 71.978
José Nunes (DEM) – 70.406
Fabio Souto (DEM) – 65.913
Paulo Magalhães (DEM) – 53.452
PARTIDO DA SOCIAL DEMOCRACIA BRASILEIRA   (Vagas: 2)   
Antonio Imbassahy (PSDB) – 112.465
Jutahy Magalhães Júnior (PSDB) – 108.086
VITORIA DE UMA BAHIA QUE TEM PRESSA   (Vagas: 1)   
Jânio Natal (PRP) – 41.537

Eleições: Dilma e Serra vão ao segundo turno

As eleições para Presidência da República só serão decididas no segundo turno, entre a candidata petista, Dilma Rousseff, que está com 46,79% dos votos e o candidato tucano José Serra, que tem 32,66% dos votos válidos, com 99,27% das urnas apuradas. Para que a corrida presidencial fosse decidida no primeiro turno, o candidato mais votado teria que obter 50% dos votos mais um. 

Em pronunciamento agora à noite, Dilma Rousseff agradeceu aos eleitores pelo apoio e disse que o segundo turno será uma boa chance para esclarecimentos, reforço do diálogo com o povo brasileiro e detalhamento de propostas de governo.

O fator surpresa desta eleição foi o crescimento da candidata verde, Marina Silva, na reta final do primeiro turno. Esse crescimento chegou a ser indicado pelas pesquisas nas últimas semanas e pode ter sido o principal fator da disputa presidencial ter ido para o segundo turno. Marina tem 19,40% dos votos válidos. Após as suspeitas de tráfico de influência na Casa Civil, envolvendo a ex-ministra Erenice Guerra e seus parentes, as pesquisas indicaram uma migração de votos de Dilma para Marina.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia