outubro 2018
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
Acesse o Sudoeste Hoje via Mobile em qualquer lugar!
  • Anonymous: Poltronas quebradas, carros sem descanso dos pés.
  • Turab molay: Moro no Clerolandia desde criança um dos bairros esquecidos pela a administração pública, via chico...
  • Jorge: Essa avenida é de exclusivo interesse do município de itapetinga, os moradores e comerciantes dessa avenida...
  • Anonymous: Senhor sabe tudo,se vc no alto da sua sabedoria entendesse um mínimo de administração pública,não tava...
  • Davi Ferraz: Póca urna querendo aparecer. Tiro surdo…
  • Retado: Davi, que história é essa que um tal vereador sem expressividade será candidato a vice governador? Notícia...
  • Anonymous: Deixa de ser ignorante cidadão! Ele tem feito o que está dentro de suas diretrizes, se fosse tão simples...
  • O Indagador: Faz arminha que o preço baixa!!!
  • Anonymous: Eu quero ver a cara desse povo quando lula colocar Jerônimo debaixo do braço e for pro pau,aí vamos ver...
  • Anonymous: Quem t que ser (demitido) é o senhor presidente.esse encenação sem lógica de tá esbravejando contra a...
  • Marcio: Manda ele vir pela estrada de macarani, e ver se tem condições de passar, ou até mesmo pela estrada de...
  • Rone: Moro aqui na Vila Isabel e vejo quanto “desenvolvimento” Itapetinga está tendo. Buraco, lama e...
  • Fabiano Pereira: Pois que venha os Reis do Agro… o Presidente… o ACM Neto… que grandes negócios...
  • Fabiano Pereira: Quem ACHA GRAÇA do que falo é Zé Povinhooo que não sabe que á vida é feita de negócios e...
  • Luiz: Pois é, reclamar porque! vcs são responsáveis, pelo Patria Amada Brasil. AGORA VAMOS MOVIMENTO PELO BRASIL, 13...
leitores online


:: 1/out/2018 . 22:48

ELEIÇÕES 2018: BRASIL TEM 147 MILHÕES DE ELEITORES; MAIS MULHERES E MENOS JOVENS

O Brasil tem 147.302.354 eleitores aptos a votar em outubro, segundo número divulgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), com crescimento de 3,14% em relação a 2014, ou aproximadamente 4,5 milhões a mais. De acordo com o TSE, 1.409.774 não poderão votar nem se candidatar, por estarem com os direitos políticos suspensos. E há menos jovens com direito de participar.

A maioria do eleitorado é formada por mulheres, que representam 52,5% do total (77,3 milhões, ante 69,9 milhões de homens). Os dados mostram ainda 6.280 eleitores transexuais ou travestis – a partir deste ano, eles puderam ter seu nome social impresso no título eleitoral.

Entre jovens de 16 e 17 anos, cujo direito de voto é opcional, 1.400.617 podem participar. Houve redução de 14,53% em relação a 2014. Esse grupo representa 0,95% do eleitorado brasileiro. O número de idosos com mais de 70 anos, cujo voto também é facultativo, cresceu 11,12%, passando para 12.028.495.

A faixa etária com maior numero de eleitores vai dos 45 aos 59 anos – esses 35,7 milhões representam 24,26% do total. Em seguida, vêm os de 25 a 34 anos (31,1 milhões, ou 21,15%).

No recorte por escolaridade, pouco mais de 38 milhões têm o ensino fundamental incompleto e somam 25,8% do eleitorado. Os que têm ensino médio completo representam 22,7% e ensino médio incompleto, 16,8%. Depois vêm os eleitores com superior completo (9,1%), os que leem e escrevem (8,9%), ensino fundamental completo (6,8%), superior incompleto (4,9%) e analfabetos (4,4%, 6,6 milhões) – 0,04% não informaram.

O total de eleitores com identificação biométrica cresceu significativamente em relação a 2014. Naquele ano, eram 15,18% do total, e agora são 50,03%.

O Sudeste concentra 43,38% dos eleitores (63,9 milhões). Na sequência, estão as regiões Nordeste (26,63%), Sul (14,53%), Norte (7,83%) e Centro-Oeste (7,3%). Entre as cidades, o maior colégio eleitoral está em São Paulo (9.062.724) e o menor, na cidade mineira de Serra da Saudade, com 941 eleitores.

Os eleitores residentes fora do país totalizam 500.727. O crescimento de 41,37% em relação a quatro anos atrás deveu-se, segundo o TSE, a uma campanha por facilitar o cadastro entre os brasileiros emigrados.

PESQUISA IBOPE: BOLSONARO, 31%; HADDAD, 21%; CIRO, 11%; ALCKMIN, 8%; MARINA, 4%

O Ibope divulgou nesta segunda-feira (1º) o resultado da mais recente pesquisa de intenção de voto na eleição presidencial. A pesquisa ouviu 3.010 eleitores entre sábado (29) e domingo (30).

O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 2 pontos, para mais ou para menos.

Os resultados foram os seguintes:

  • Jair Bolsonaro (PSL): 31%
  • Fernando Haddad (PT): 21%
  • Ciro Gomes (PDT): 11%
  • Geraldo Alckmin (PSDB): 8%
  • Marina Silva (Rede): 4%
  • João Amoêdo (Novo): 3%
  • Alvaro Dias (Podemos): 2%
  • Henrique Meirelles (MDB): 2%
  • Cabo Daciolo (Patriota): 1%
  • Guilherme Boulos (PSOL): 0%
  • Vera Lúcia (PSTU): 0%
  • Eymael (DC): 0%
  • João Goulart Filho (PPL): –
  • Branco/nulos: 12%
  • Não sabe/não respondeu: 5%

JUSTIÇA ELEITORAL ARQUIVA INQUÉRITO CONTRA O DEPUTADO ANTÔNIO BRITO

A Justiça Eleitoral da Bahia arquivou o inquérito que investigava o deputado federal Antonio Brito (PSD-BA) por suposto recebimento de R$ 100 mil via caixa 2, por meio de repasses da empreiteira Odebrecht, para a campanha de 2010.

Em decisão na última segunda-feira (24), o juízo da 6ª Zona Eleitoral, acolheu o posicionamento do Ministério Público, no sentido de arquivar o inquérito, sob o fundamento de que “inexiste prova material de que o Sr. Antonio Brito recebeu dinheiro da Odebrecht, em caixa 2, sem declarar à Justiça Eleitoral”.

Em maio deste ano, o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), havia ordenado o envio do inquérito contra o deputado federal Antonio Brito (PSD-BA) para a Justiça Eleitoral da Bahia. Além disso, determinou o arquivamento e a exclusão do nome do vereador Edvaldo Brito, pai de Antonio, do mesmo inquérito.

PESQUISA FSB/BTG: BOLSONARO TEM 31%; HADDAD 24%; ALCKMIN PASSA CIRO E TEM 11%

A seis dias do primeiro turno das eleições, a mais recente pesquisa FSB/BTG, divulgada nesta segunda-feira (1), mostra que o candidato Jair Bolsonaro (PSL) oscilou para baixo, no limite da margem de erro, de 33% para 31%, mas ainda lidera a corrida pelo Palácio do Planalto.

Em segundo lugar, Fernando Haddad oscilou de 23% para 24% após uma expressiva alta na última semana, quando ele se isolou na vice liderança.

A mudança mais significativa foi registrada no segundo pelotão. Ciro Gomes (PDT), que havia caído quatro pontos na semana passada, passando de 14% para 10%, agora oscilou negativamente para 9%. Enquanto isso, Geraldo Alckmin (PSDB) subiu de 8% para 11%, em empate técnico com Ciro, mas numericamente à frente do pedetista.

Marina Silva (Rede) oscilou de 5% para 4% e foi superada numericamente por João Amoêdo (Novo), que foi de 3% para 5%. Alvaro Dias (Pode) manteve os 2% da última pesquisa, enquanto Meirelles oscilou de 3% para 2%. Os demais candidatos não pontuaram. A porcentagem de quem não votaria em ninguém foi de 7% para 6%, branco/nulo somam 2%, enquanto não sabe/não responderam se mantiveram em 4%.

A pesquisa, registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TSE), foi realizada entre os dias 29 e 30 de setembro com 2 mil eleitores e a margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

SEGUNDO TURNO

Pela terceira vez, o levantamento fez uma simulação de segundo turno – todas com Bolsonaro – e mostrou um cenário de crescimento dos adversários do candidato do PSL por mais uma semana.

Quando o cenário é Bolsonaro e Haddad, a situação segue de empate técnico. 43% disseram votar em Bolsonaro e 42% apontaram votar no petista, ante 44% versus 40% da semana passada.

Entre Bolsonaro e Ciro, há um empate no limite da margem de erro, com 45% votando em Ciro ante 41% apoiando o candidato do PSL. Na semana passada, 43% votavam no pedetista e 41% em Bolsonaro.

No confronto entre Bolsonaro e Alckmin, o candidato do PSL manteve os 41%, enquanto o tucano subiu de 40% para 42%, mantendo a situação de empate técnico.

A maior diferença é contra Marina; Bolsonaro passou de 45% para 44%, enquanto a candidata da Rede subiu de 36% para 39%.


  • 4 de maio de 2022 | 10:06


  • 29 de abril de 2022 | 10:42

  • ESPAÇO RECANTO MARINHO
    29 de março de 2022 | 00:43

  • MORADA DO PARQUE
    29 de março de 2022 | 00:04


  • 28 de março de 2022 | 23:37


  • 27 de março de 2022 | 01:11


  • 27 de março de 2022 | 00:52


  • 26 de março de 2022 | 01:20

  • RODRIGO TÁ FECHADO COM PEDRO TAVARES
    14 de fevereiro de 2022 | 22:34

    Outra especulação sem pé nem cabeça tenta por em dúvida o apoio de Rodrigo Hagge ao deputado Pedro Tavares (DEM), o que não tem cabimento a essa altura do campeonato. Rodrigo tem reiterado o seu apoio ao deputado Pedro Tavares, que tem desempenhado um excelente trabalho em defesa das pautas de Itapetinga na Assembleia Legislativa e junto aos órgãos governamentais, gozando da inteira confiança de Rodrigo e do grupo. Não tem concorrente à altura no município e será reeleito com grande votação. O resto é conversa besta de quem não tem informação segura e só vive de intriga…

  • RODRIGO FICA E NÃO ABRE
    14 de fevereiro de 2022 | 21:40

    Pela milésima vez, especulam sobre uma improvável candidatura do Rodrigo Hagge a deputado estadual ou federal, interrompendo o seu mandato de prefeito faltando 2 anos e 8 meses do final, que só ocorrerá em 31 de dezembro 2026. Dois fatores são determinantes para que ele continue no cargo de prefeito, sem se arriscar numa aventura que pode não dar certo: 1º – o compromisso assumido com a população durante sua campanha para prefeito: 2º – a falta de articulação para construção de bases eleitorais em outros municípios, capazes de garantir sucesso numa eleição disputadíssima para o legislativo. Rodrigo vai longe, mas pode esperar mais um pouco.

  • RSSArquivo de Quentinhas & Boas »


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia