Acesse o Sudoeste Hoje via Mobile em qualquer lugar!
  • Anonymous: Meu Deus! que tragédia
  • Rose: So pode ser piada, chega na ser ridícula. Fora Lula.
  • O Indagador: Pesquisa DataFolha de hoje: 23/06/2022 Lula 47% Bolsonaro 28% Ciro Gomes 8% Janones 2%
  • Servidor público: Então na próxima quinta-feira, 23,não terá ponto facultativo.
  • Davi Ferraz: As informações sobre os espaços na festa de São João da Lagoa são da responsabilidade da Secretaria de...
  • anônimo: Rivadávia Ferraz, quais os valores de espaços (ambulantes), para comercializar na festa de São João na lagoa?
  • Servidor público: Será que no dia 23 teremos ponto facultativo?
  • Retado: Estão preocupados com os cargos para os apadrinhados.
  • Servidor público: Será que teve a sessão e foi aprovado os reajustes?
  • Servidor público: Mas será que ja vai valer para o salário de junho?
  • Leitor: E os bancos vão abrir amanhã amanhã, 16?
  • Servidor público: So podia ser do PT mesmo, ptralhas contra os direitos dos servidores municipais
  • João: Toda semana sai pesquisa de intenção de votos para presidente. O site q é do interior da Bahia, não publica os...
  • Anonymous: Mais um cabide de empregos, é de lascar ,
  • Anonymous: Em Santa Catarina ele pode ter cem por cento.Em minas ,nordeste e são Paulo ele cai na ripa,só dá o...
leitores online


:: 17/ago/2018 . 22:14

DEBATE: MARCOS MENDES AFIRMA QUE EX-CARLISTAS COMANDAM GOVERNO DA BAHIA

Durante o debate na Band, na noite desta quinta-feira (16), o candidato ao governo do estado pelo PSOL,  Marcos Mendes, refutou a ideia de que poderia repetir, na Bahia, a dobradinha que atualmente Guilherme Boulos (PSOL) e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), fazem na disputa pela Presidência da República. “Não temos política de boa vizinhança com Rui Costa (PT). Aqui é diferente, pois o golpe continua”, comentou.

Segundo o candidato, o PSOL não poderia marchar com o PT na Bahia, por conta das alianças que o governador candidato à reeleição escolheu fazer. “Quem comanda o governo na Bahia é o PSD na figura de Otto Alencar e agora Angelo Coronel [candidato ao Senado na Chapa de Rui]. Quem comanda também é o PP de João Leão e Mário Negromonte. Você não vai transformar a sociedade fazendo esse tipo de aliança fisiológica com partido que está tomando conta da Bahia”, discursou Mendes.

Durante o processo de formação da chapa de Rui Costa, o PSD foi uma voz bastante ativa em seus pleitos. Além de conseguir que Angelo Coronel (PSD) ocupasse a vaga que disputa o Senado no lugar de Lídice da Mata (PSB), a legenda presidida por Otto Alencar aumentou o tom contra o PT na formação da proporcional.

DEBATE NA BAND: ZÉ RONALDO DENUNCIA CAOS NA EDUCAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA

Durante o primeiro debate com os candidatos ao governo do estado, realizado pela Band Bahia, o aspirante ao Palácio de Ondina pela coligação “Coragem para mudar a Bahia, Zé Ronaldo (Democratas) foi enfático ao destacar a educação baiana como a pior do Brasil. Segundo o ex-prefeito de Feira de Santana, o governo do PT não construiu escolas na Bahia e detém os piores índices do país. “As universidades estaduais entram em greve o governo do PT manda cortar ponto. Muitos funcionários administrativos ganham abaixo do salário mínimo. Isso não é possível”.

Zé Ronaldo reclamou principalmente da questão da segurança. “A Bahia tem o dobro de mortes violentas que São Paulo, estado que tem uma população três vezes maior. Os assassinatos aumentaram 98% nos anos de governo do PT. Isso é o reflexo da falta de investimentos. Por falta de projetos, esse governo devolveu mais de R$ 80 milhões ao governo federal. A violência atinge principalmente jovens, negros e moradores da periferia. Eles culpam as drogas, o que é um claro sinal da omissão diante dos problemas”.

Comentando depoimento do candidato Marcos Mendes sobre a questão da saúde, Zé Ronaldo destacou o problema da fila da regulação, chamada de “fila da morte”. “Conheço diretamente o caso de D. Josilene dos Santos, de Juazeiro, que ficou sete anos esperando para fazer uma cirurgia cardíaca. Acabou falecendo. O governo do PT gasta o mínimo exigido por lei com a segurança, 12,4%. Em Feira, durante meus governos, investimos 26% e é isso que desejo fazer sendo eleito governador da Bahia”.]

Zé Ronaldo comentou também o fechamento de importantes órgãos de governo como Derba, EBDA e Cesta do Povo. “Prejudicou a recuperação de estradas, do investimento no pequeno agricultor e colocou na rua milhares de funcionários. Não vou reabrir a Cesta do Povo, mas pretendo reaproveitar os funcionários demitidos. Os trabalhadores precisam de respeito e dignidade”.

Com relação ao desemprego, em que a Bahia também tem os piores índices do país, Zé Ronaldo reclamou da falta de ação do governo. “A Bahia tem 1,3 milhão de desempregados. Não existe ação. O que há é ausência de governo”. O candidato falou também sobre a área de turismo. “O Centro de Convenções, antes de desabar estava abandonado após passar por reformas. Hotéis com ocupação baixíssima e aeroporto desprezado”. //Ascom

ITAPETINGA: PREFEITURA INICIA OBRAS DO ACESSO DE CARGAS DA CENTRAL DE ABASTECIMENTO

Nesta sexta-feira (17), a equipe da Secretaria de Infraestrutura da prefeitura de Itapetinga deu início às obras de construção do acesso de cargas na Central I de Abastecimento, uma antiga reivindicação dos comerciantes.

O acesso de é extremamente necessário e vai solucionar um antigo problema na descarga de mercadorias por veículos pesados, que geralmente ficam atravessados no meio da movimentada via pública, em dias de grande movimento na Central de Abastecimento, estrangulando o tráfego de veículos e causando transtornos.

As obras já iniciadas deverão ser concluídas no decorrer da próxima semana.

Redação

RUI COSTA É TRITURADO EM DEBATE NA BAND

O primeiro debate entre os candidatos ao governo do estado foi repleto de críticas à gestão do governador Rui Costa (PT). Em especial Marcos Mendes (PSOL) e Zé Ronaldo (DEM), levantaram números e apontaram problemas na administração do petista, remetendo inclusive ao fato do partido dele estar no poder há quase 12 anos. Rui, por outro lado, preferiu responder enumerando os seus projetos que foram colocados em prática nos últimos quatro anos.

Ao chegar na TV Bandeirantes, Zé Ronaldo preferiu não apresentar qual seria sua estratégia na discussão. No entanto, logo em sua primeira participação, ele fez reclamações sobre a atual gestão nas áreas de segurança pública e educação. Em suas primeiras participações no debate, Rui preferiu não responder diretamente e apenas citou os projetos realizados pelo seu governo para defender sua candidatura. Apenas no fim o governador condenou os ataques, mas também apontou dados negativos da prefeitura de Feira de Santana para atingir seu rival do DEM.

Marcos Mendes (PSOL) foi quem mais criticou os oponentes durante o debate, dirigindo questionamentos tanto a Rui quanto a Zé Ronaldo e ao grupo político no entorno do democrata. O candidato do PSOL chegou inclusive a associar o atual governador ao carlismo. Já João Henrique (PRTB) dedicou boa parte de seu tempo tentando “limpar” sua imagem e se afastar do rótulo de que fez uma gestão ruim como prefeito de Salvador.

João Henrique e Célia Sacramento aproveitaram alguns momentos do debate para fazer uma dobradinha e debater sobre os problemas da gestão estadual. A candidata da Rede Sustentabilidade também fez críticas a Rui, questionando como os recentes mandatos liderados pelo PT não resolveram deficiências na segurança pública e na questão hídrica, por exemplo. O atual governador tentou associar Zé Ronaldo a Michel Temer, falando com frequência sobre “os aliados de Temer na Bahia”. No entanto, foi João Santana (MDB) quem precisou responder sobre o presidente da República. O candidato do MDB inclusive sugeriu que seu correligionário teria cometido um erro ao tratar a corrupção no Planalto, mas garantiu que agiria de forma diferente. “Sou ficha-limpíssima”, disse.

O debate na TV Bandeirantes também foi uma oportunidade dos candidatos ao governo pedirem voto para os candidatos à Presidência da República. João Henrique foi quem mais tentou se aproximar de um aliado, mencionando constantemente o nome de Jair Bolsonaro (PSL). Na Bahia, PRTB e PSL fizeram uma aliança na chapa majoritária para a eleição deste ano. Célia, Rui e Mendes também tentaram promover Marina Silva (Rede), Lula (PT) e Guilherme Boulos (PSOL), respectivamente. Por outro, Zé Ronaldo e João Santana não mencionaram os candidatos que seus respectivos partidos apoiam nacionalmente. //BN


  • 6 de junho de 2022 | 10:06


  • 29 de maio de 2022 | 22:01


  • 29 de abril de 2022 | 10:42

  • ESPAÇO RECANTO MARINHO
    29 de março de 2022 | 00:43

  • MORADA DO PARQUE
    29 de março de 2022 | 00:04


  • 28 de março de 2022 | 23:37


  • 27 de março de 2022 | 01:11


  • 27 de março de 2022 | 00:52


  • 26 de março de 2022 | 01:20

  • RODRIGO TÁ FECHADO COM PEDRO TAVARES
    14 de fevereiro de 2022 | 22:34

    Outra especulação sem pé nem cabeça tenta por em dúvida o apoio de Rodrigo Hagge ao deputado Pedro Tavares (DEM), o que não tem cabimento a essa altura do campeonato. Rodrigo tem reiterado o seu apoio ao deputado Pedro Tavares, que tem desempenhado um excelente trabalho em defesa das pautas de Itapetinga na Assembleia Legislativa e junto aos órgãos governamentais, gozando da inteira confiança de Rodrigo e do grupo. Não tem concorrente à altura no município e será reeleito com grande votação. O resto é conversa besta de quem não tem informação segura e só vive de intriga…

  • RSSArquivo de Quentinhas & Boas »


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia