A Executiva nacional do PR convenceu o deputado federal licenciado Tiririca a retomar a carreira política e se candidatar à reeleição em outubro.

Segundo a coluna do Estadão, o comediante Tiririca, que foi o terceiro parlamentar mais votado do Brasil em 2014, ajudou a sigla a emplacar seis deputados federais em São Paulo no último pleito. Sem ele, a estimativa seria conduzir ao Congresso apenas três em 2018.

No primeiro, único e último discurso realizado no plenário da Câmara, Tiririca anunciou a desistência da carreira em Brasília com uma dura crítica aos pares: “Eu saio totalmente com vergonha do que eu vi nestes aqui. Estou decepcionado com a política brasileira”.

Apesar da sua aparente ‘indignação’, os argumentos do partido foram mais fortes e o nobre parlamentar ‘desistiu de desistir’.