Deu na coluna Radar, da revista Veja: “Estão em curso negociações para a venda da participação do empreiteiro Cesar Matta Pires, da OAS, na TV Bahia, retransmissora da Globo no Estado. A candidata a sócia dos herdeiros de ACM é a EPTV, também retransmissora da Globo, só que no interior de São Paulo e Minas Gerais.

É um negócio de cerca de R$ 150 milhões. Fechar o valor da venda, no entanto, é apenas a primeira etapa da transação. (…) Depois outra etapa terá de ser vencida: a formulação de um acordo de governança que garanta aos novos sócios blindagem contra possíveis conflitos no clã Magalhães – há também a possibilidade de entrada em cena de mais um herdeiro no capital da rede.

No dia 9 de agosto, será exumado o corpo de Luis Eduardo Magalhães para a realização de um exame de DNA para definir a paternidade de um jovem de 16 anos. Se o exame der positivo, o rapaz terá direito a 6% da TV Bahia – mesma participação dos três filhos do ex-deputado.”