Esta onda de demissões na Vulcabrás/Azaléia é muito preocupante e poderá causar um impacto negativo na economia local, nos próximos meses. Apesar disto, nenhum setor da sociedade local se move,  mesmo na iminência de uma crise generelizada no comércio e demais setores. Isto se deve à total ausência de lideranças, tanto no campo político, quanto nos setores produtivos, onde a inércia é preocupante. Outro fator que contribui para este estado de inércia é a ausência de representação política, tanto a nível estadual, quanto a nível federal. Quem são mesmo os nossos deputados, você se lembra?