setembro 2010
D S T Q Q S S
« ago   out »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  
Acesse o Sudoeste Hoje via Mobile em qualquer lugar!
  • elenice dos santos: por favor quero saber onde deixar o curriculo
  • marta: so vai fica 5 vereadores nara ze antues tarugao bahia joao de deus e rodrigo ta ganho de novo
  • Moises: ITAPETINGA também poderia adotar as atuais estão horríveis.
  • MAURÍCIO GOMES DA SILVA: Parabéns, Alfredo Cabral! Marcos Correia é uma grande aquisição para o PSD em Itapetinga.
  • Zé de biu: Juracy e Paulo da Geladeira poca urna.
  • Ana Paula Araujo: Como eu faço pra pra mim trabalhar com vcs
  • Cavaquim: Para quem gosta de merda esse RP é um penico cheio.
  • Anonymous: Em busca do meu primero emprego
  • Fernando: Termo aditivo deve ser termo diminutivo, isso sim.
  • Augusto Affonso Maciel Pereira: Absurdo invasão de terras. Esses movimentos tem que ser coibidos. Já passou do tempo....
  • Thaíse silva santos: eu quero muito trabalhar eu já tenho experiência
  • Fernando: As terças feiras estão reunindo para segundo a oposição elaborar projetos para o prefeito que eles apoiar...
  • Cristiane: Eu quero fazer parte da impressa assai
  • Caio Machado Franklin: Caio Machado Franklin. Moro em bandeira do Colônia município de Itapetinga. Profissão...
  • Fernando: Trabalhando para o melhor de Itapetinga.Esses dias a radialistas/blogueiros estava dizendo que essas ações...
leitores online


Professores do Alfredo Dutra são a favor do PREVE

MANIFESTO DE APOIO AO PREVE

Os professores do Colégio Estadual Alfredo Dutra – CEAD, turno matutino, louvam a atitude dos pedagogos Tiago Bottino, Joabe Araújo e Claudio Nízara, pelo excelente trabalho que estão desenvolvendo no Colégio, com a orientação psico-pedagógica junto a todos os discentes, que são, na sua totalidade, menores de idade. Sendo assim, estamos parabenizando a equipe do PREVE (programa de Prevenção à Violência), pois nesta III unidade escolar foi observado o interesse e o rendimento, tudo devido ao grau de disciplina que foi desenvolvida no interior da Escola.

Hoje, os discentes que eram considerados mais os rebeldes e desinteressados, passaram por uma ‘metamorfose’, que estampa no comportamento dos mesmos. Não há mais rebeldias, desrespeitos, gritarias, badernas de alunos em corredores, atrapalhando as aulas alheias às suas.

Agradecemos ao público, via mídia, aos pedagogos envolvidos no PREVE e a contrubuição da Direc – 14 e da direção da Escola, que dão total apoio ao Projeto.

Professores do CEAD –  Turno Matutino

17 respostas para “Professores do Alfredo Dutra são a favor do PREVE”

  • Ex aluno says:

    Seria interessante o blog ouvi os demais professores, funcionários e alunos da escola. Pelo que consta não é esse o pensamento da maioria.
    O que dizem é que o grupo do PREVE liderado pelo “rebelde” Tiago Bottino tem trazido transtorno, desrespeitando inclusive o ECA, que preza pelo zêlo aos alunos. O que causa estranhesa na maioria é o jeito que tratam os alunos, como verdadeiros marginais dentro da própria escola. Em uma sociedade moderna como a nossa não tem lugar para atos como esse.

    É bom ouvir a outra parte em especial os alunos…É uma pena a DIREC 14 não comparecer para vê de perto a “atuação” do Bottino.

  • PROFESSORA says:

    Caro ex-aluno, é uma pena você está equivocado. O grupo é composto por pessoas capacitadas e experientes, que muito tem contribuido para o sucesso do nosso trabalho. Como foi dito na nossa carta, já estamos vivendo a melhoria no rendimento escolar dos nossos alunos.
    Graças a Deus não estamos mais ouvindo palavrões nos corredores, cadeiras sendo jogadas do primeiro piso, merenda sendo desperdiçada e outros beneficios.
    Convido o ex-aluno a comparecer no CEAD e comprovar o sucesso do projeto. Se você não pode ajudar, por favor, deixe-nos trabalhar EM PAZ.

  • ALUNA says:

    PROFESSOR DAVI, VOCÊ PRECISA IR NO ALFREDO DUTRA PELA MANHÃ…
    SÓ TEM TRANQUILIDADE E RESPEITO.
    TÁ TODO MUNDO NA SALA DE AULA…
    NÃO SE OUVE MAIS CELULARES LIGADOS.
    O POVO DE LÁ TÁ MAIS ALEGRE.

  • Professor says:

    Por principio, nunca fui a favor de qualquer intervenção policial dentro das escolas, mas a insegurança em que vivemos tornou isto necessário. Só quem convive diariamente dentro do Dutra, sabe o que acontecia na nossa escola. Drogas, violência, desacatos a professores e à direção, ameaças, merenda escolar jogada nos corredores, gritarias, celulares tocando música na sala de aula, pivetes armados e muito mais. Os prefessores e os alunos de bom comportamento viviam como reféns. Com o Preve, tudo isto acabou.

  • cara ex aluna says:

    não se esconda atrás de nome de aluno, pois isso você não é… o projeto transformou a nossa escola, e você está morrendo de inveja porque seus projetos totalmente “idiotas” não conseguem sair do papel.
    Você gosta de proteger alguns desses ditos”alunos” que se vestem de farda, só que na verdade são marginais que praticam o terror na vila, e você sabe disso, pois lá você convive com matadores, traficantes e se diz amiguinha deles todos, cuidado pois sua casa pode cair. O que você achou de uma de nossas colegas que quase morreu atingida por uma cadeirada? Você ficou quieta e nada falou, na verdade até protegeu os alunos envolvidos.
    Seu apito aquí é surdo pois sabemos de seu envolvimento com os “traficantes” do Pau Pelado queridinha.
    Não te queremos na nossa escola ex aluna, você é insuportável e inconsequente e além do mais totalmente anti-ética pois espalhou coisas que são de interesse único e exclusivo de nossa escola para todo o lugar por onde andou.

  • Professora says:

    Critica o PREVE quem não conhece o trabalho que esses policiais fazem dentro da escola. O DUTRA mudou de cara! Com o PREVE, temos tranquilidade para trabalhar, os nossos alunos conseguem aprender melhor já que não temos mais que sair da sala por minuto para pedir silêncio nos corredores. O rendimento deles subiu e muito!
    Quando falamos em PREVE, não estamos falando de quaisquer pessoas. São policiais sim, pedagogos também, educadores como nós, que conhecem a realidade dos nossos alunos melhor até do que nós.
    Se acreditam que existem métodos melhores, é bom dar a cara a tapa e vir pra escola aplicar esses métodos. Criticar é fácil. Oferecer uma outra solução é que é o problema.
    Penso que para falar bem ou mal de alguma coisa, deve-se antes CONHECER! Alguém que vai na escola de vez em quando, e que quase ninguém conhece lá dentro, gente que ouviu dizer isso ou aquilo da boca de “terceiros, quartos ou quintos” não tem MORAL pra criticar o PREVE que é um projeto que tem dado certo em todas as escolas nas quais está sendo aplicado.
    Ao contrário do que foi dito em um dos comentários, a DIREC 14 está presente sim, conhece a situação da escola muito bem e tem se feito presente em todas as reuniões na pessoa da gerente Sibele Neris.
    Conversem sim com os professores, perguntem aos alunos(é, aqueles que realmente vão pra escola para estudar) e comprovem que o manifesto não é apenas “faz de conta”. Nossa satisfação é real.
    Agradeço mesmo, de coração, ao PREVE por estar trabalhando junto conosco no CEAD.

  • Aluno que frequenta aula says:

    ex.aluno, antes de fazer qualquer tipo de comentário você deveria conhecer melhor o projeto. Pois como aluno estou vendo esse projeto de maneira positiva. O Colégio Alfredo Dutra está tranquilo sinto que a paz está voltando a reina para os alunos e professores. Já posso descer e subir as escadas tranquilamente na hora do intervalo, coisa que antes desse projeto eu não fazia ficava na sala de aula com medo da indisciplina de certos colegas que iam para escola fazer outras coisas menos estudar.Parabéns Tiago Bottino, Joabe Araújo e Claudio Nízara.

    Aluno do Dutra

  • Outro Professor says:

    Só para informação dos desavisados e mal informados, existe sim uma preocupação em saber o pensamentos dos pais e todos os atores envolvidos no processo, como alunos, gestores, funcionários e professores. Falar coisas sem base alguma, ou pior, se baseando em boatos ou intrigas pessoais, é atitude de gente com a mente do tamanho de um grão de arroz. (Essa foi a forma que achei pra não usar o termo IGNORANTE!!).
    Convido a todos a visitarem a escola, a “nova escola”, e muitas melhorias ainda estão a caminho. E tenho certeza que o Alfredo Dutra será referência na educação e ensino regional, pois esforços além do imaginável estão sendo feitos. Sou testemunha ocular disto, e participante.

    Abraço a todos

  • Analista e pensador says:

    Conheço Bottino, desde os tempos em que a arcaica, provinciana e hipócrita sociedade itapetinguense (da qual faço parte), o reconheciam como um “rebelde”…
    Lembro-me das “rebeldias”…
    Que a bem da verdade nunca existiram a não ser na cabeça hermetizada dos incautos e com pouca cultura no plural, pois este hoje homem,pai, profissional da educação e militar (esta parte confesso não curto…), nada mais fazia que curtir rock, tentar ser ativista cultural, e o foi por vezes, promovendo eventos neste nincho, amar a poesia, e a escrita (tanto que tornou-se pedagogo…), gostar das artes em geral, buscar ‘estar parte’ da sociedade, posto que sua origem nunca o favoreceu, mais uma vez pela hipócrisia dominante, que elege ‘bem nascidos’…
    Ainda no capítulo ‘rebeldias do Bottino’, creio que o máximo que ele fez na vida foi(especulo) cheirar loló na adolescência como qualquer baiano, exercendo sua ‘bainidad’ e olhe lá um ou outro ‘cigarrinho de artista’, em nível experimental e acadêmico…
    No mais, batalhou, se formou, se pós-graduou, casou, tornou-se pai, plantou árvores, e agora esta escrevendo livros vivos, passiveis de publicação em blogs ou outras mídias e em corações que sentem…
    A necessidade de bancar o jogo da vida o levou a PM… A ‘$egurança’, que todos almeijam… Não gosto do Bottino, policial, nada contra as polícias, apenas contra a cultura destas organizações de trabalho…
    Mas a verdade é que o ‘rebelde’, cresceu, vem crescendo, inclusive em fé!
    E isso incomoda, a quem não sabe ser reconhecedor…
    Tem falhas? Sim.
    Erra? Também… Pois é humano!
    Mas diferentemente de um bocado de itapetinguenses vem buscando fazer algo por sua comunidade e um algo coerente e consistente.
    Nunca fui aluno do Dutra, mas quando ainda morava aí, e n’outra passagem quando estive num colóquio com discentes, reconheci um ambiente muito pouco saudável…
    Parabéns Tiago!
    Parabéns profissionais envolvidos!
    Parabéns ao que estão a colaborar de qualquer forma!
    Parabéns ao ‘Sudoeste Hoje’, por noticiar!
    Parábens também ao que buscam disdizer, ou criticar, isso serve como sinalização de que este Projeto existe, e esta no caminho certo…
    A todos Itapetinguenses um forte abraço!
    A você Tiago e sua equipe sucesso! Não esmureça, nossa sociedade é assim, e o mundo esta cada vez pior… infelizmente. Mesmo distante fisicamente ‘sou Itapetinga’.
    Te agradeço, pelo que tem feito por filhos de tantos pais descomprometidos… Te gradeço, como homem, pai, cidadão, cristão e educador.
    Sem mais, parabéns a Itapetinga, que sofre mas resiste!
    Abraços ao blogueiro que tem cumprindo um fundamental papel de ator social!

  • mãe says:

    Kkkkkk e ai ex-anulo, mostre sua cara, assine seu nome, sou mãe de um aluno, estava na reunião onde pude ouvir Tiago e os demais falarem sobre esse projeto, onde garante a meu filho segurança e respeito, a professora Mary faz um projeto sobre descriminação, Tiago traz um projeto sobre disciplina, parabéns Alfredo Dutra, hj como mãe tenho mais tranqüilidade, uma fez que meu filho já sofreu maus tratos por parte de colegas, parabéns professora Mary, parabéns Tiago. Esse ex-aluno nem deve ir à escola por isso entra com essa historinha de que Tiago é Rebelde, e outra coisa senhor ex-aluno, na reunião o que eu pude ver foi que A MAIORIA, SE É QUE VC SABE O QUE É ISSO, ESTÁ SIM A FAVOR DO PROJETO.
    Mesmo os pais que não conheciam o projeto e começou falar contra, no final já estava parabenizando Tiago, pelo seu trabalho.

  • Grazielle França says:

    Parabéns professores colegas, por estar apoiando esse projeto, eu como professora nova na casa posso hoje sentir a grande diferença, entre ontem (inicio do trabalho) e hoje, mudanças precisam ser feitas atitudes precisam ser tomadas e é isso que estar acontecendo no COLÉGIO ESTADUAL ALFREDO DUTRA, onde traz aos professores:
    MARY, MARLI, ADRIANA, ANDREIA, MIRALDA, NERES, MICHELLE,
    NANCY, MARIZETE, CLAUDIO, IVONE, PRISCILLA, TARCISIO,
    LISSANDRA, HOSANA, JANETE, SÔNIA, ELMA, WANDERLLEI, LUZIENE, NEIDE GABRIELLE, ALLAN, ALDINEIA, DENILSOM, CRIZ PERRAZO (RIVALDA E LENICE)entre outros…
    Paz tranqüilidade e sensação de dever cumprido com sucesso.
    PARABÉNS PREVE, eu como professora parabenizo e apoio o projeto, em especial Tiago Bottino pelo profissional competente que se mostra diariamente junto ao colégio.
    Parabenizo em Especial:
    A gerente SIBELE NERIS, que tem se mostrado presente lado a lado junto ao Alfredo Dutra; Obrigada Sibele pelo apoio moral e profissional.
    Atenciosamente
    Grazielle França

  • PROFESSORA DO ALFREDO DUTRA says:

    SOU PROFESSORA DO ALFREDO DUTRA HA MUITOS ANOS. JA TRABALHEI NOS TRÊS TURNOS. ANTES A REBELDIA AQUI ERA NO NOTURNO. NO VESPERTINO SEMPRE FOI A MAIOR PAZ, E NO MATUTINO ERA AQUELA ALGAZARRA COMUM DE CRIANÇAS E PRE-ADOLESCENTES, UM OU OUTRO DESACATO A PROSSOR, UMA OU OUTRA BRIGA ENTRE COLEGAS, COISA NORMAL DE ADOLESCENTE. MAS NOS ÚLTIMOS ANOS, A COISA FOI SE AGRAVANDO. OS ANJINHOS DO MATUTINO FORAM VIRANDO PESTINHAS E ISSO AQUI FOI VIRANDO UM INFERNINHO… CRIANÇAS DE DOZE ANOS PEGAS NO BANHEIRO USANDO COCAINA, MENINAS PROMETENDO CORTAR A CARA DOS PROFESSORES, MENINOS DE 17 ANOS, PROTEGIDOS PELO ECA,AMEAÇANDO AS CRIANÇAS MENORES, SE ESSAS LHE ENTREGAREM À DIREÇÃO. CRIANÇAS SOFRENDO AGRESSÕES DE ADOLESCENTES. PROFESSORES TRISTES, DESANIMADOS, REVOLTADOS COM TANTA IMPUNIDADE E SEM PODER DAR SUAS AULAS.
    O PROJETO PREVE VEIO PARA AJUDAR, ACABOU COM A FARRA DESSES MALANDROS, PROTEGEU AS CRIANÇAS, TROUXE PAZ PARA OS PROFESSORES, SOSSEGO PARA OS PAIS E BOTOU FREIO NAQUELES QUE SO VINHA A ESCOLA PARA REPASSAR DROGA.ESSE NUNCA FORAM ALUNOS, ERAM OS APADRINHADOS DOS TRAFICANTES QUE APROVEITAM O ESPAÇO PARA ALICIAR CRIANÇAS PARA AS DROGAS.
    OS POLICIAIS DO PREVE SÃO TODOS PEDAGOGOS, SÃO EDUCADOS E GENTIS, TRATAM OS ALUNOS COM RESPEITO E FAZEM A NOSSA SEGURANÇA. ELES SÃO BEM VINDOS AO ALFREDO DUTRA. TODOS NÓS, ALUNOS, PROFESSORES, DIREÇÃO, FUNCIONARIOS E PAIS CONFIAMOS E AGRADECEMOS AO PREVE.

  • Mariana says:

    Trabalhei ai este ano o dutra está jogado as trças isso era colegio nos tempos de Mara Rubia, toma vergonha cambada de trairas!

  • Cidadão Itapetinguense says:

    Hj entrei neste blog e pude acompanhar essa discussão que pelo jeito vem se arrastando a dia.
    Gostaria de registrar que acho importante que dentro da escola tenha um projeto de prevenção às drogas e me parece que essa é a característica do PREVE.
    Pois bem, pelo que tenho ouvido nos bastidores pois tenho amigos e amigas que atuam na educação, em especial no Dutra, o que tem pegado é a forma como esses “pedagogos” vêm atuando.
    Esses adolescentes que aí estudam precisam de orientação e não da intervenção da polícia. Abordar alunos dentro da escola e crime e está previsto no ECA. Assim o PREVE está equivocado.

    Outro equivoco é a fala dessa PROFESSORA DO ALFREDO DUTRA, aqui logo acima. Será que é professora mesmo? Ela chama os alunos do matino de PESTINHAS, depois ela se refere a escola como INFERNINHO, essa moça está fora de si…chamar o seu local de trabalho de INFERNO é o cúmulo. Talves a escola tem se tornado isso tudo que falam porque professores como essa não tem realizado suas funções.

    Soube que esse Tiago Botino apesar de ser formado em pedagogia, nunca gpstou de educação…soube que ele gosta mesmo é de arruaça, brigas e violência…cuidado pessoal.

  • Professora says:

    “Mariana”, você deve ter trabalhado lá antes do PREVE, com certeza!
    Como eu falei anteriormente, critica o trabalho deles quem não conhece. Temos visto a forma como eles abordam os alunos, o jeito como conversam e não é, de forma alguma, como se fossem marginais. A cara da escola mudou. Hoje, temos paz para trabalhar.
    “Cidadão”, independente de quem seja Tiago Bottino pra você, ou do que você sabe sobre ele, vamos “dar a Cesar o que é de Cesar”. O projeto mudou a nossa escola, e estamos muito satisfeitos com o trabalhos desses policiais lá.
    Mais uma vez, quero parabenizar ao pessoal que faz parte do PREVE e agradecer, em especial a Tiago, Joabe e Nizara que estão conosco diariamente no CEAD.

  • PREVE says:

    As mudanças promovidas pelo Programa em todas as instituições em que trabalhamos é o nosso cartão postal. Não há o que falar nem defender, as pessoas que trabalham conosco no dia a dia são testemunhas do que propomos e do que acreditamos.
    Não acreditamos em expulsões, pois apenas segrega e exclui o aluno, propomos um resgate da autonomia do estudante, essa aliada à um alto grau de responsabilidade do processo educacional e humano.
    Propomos à todos conhecer de perto o projeto, conhecer de perto as nossas palestras e nossos trabalhos desenvolvidos, isso não apenas em escolas, como também em associações de bairros, igrejas (sejam católicas ou protestantes) e várias outras instituições.
    É interessante algumas críticas, são totalmente desprovidas de humanidade e de respeito com todos aqueles que conseguimos transformar e afastar da violência e das drogas.
    Critiquem amigos, critiquem os traficantes, os usuários de drogas, os ladrões, homícidas… e todos os tipos de marginais que essa nossa cidade atualmente convive. Não queiram jogar pedras no único Programa que luta no dia a dia para proteger a juventude desses problemas. Isso nos remete uma inquietação preocupante, quem vocês defendem? Alguns traficante e marginais que aterrorizam as escolas ou as pessoas que se levantam para combatê-los?
    Nossa objetivo principal e tornar a escola verdadeiramente em Paz, livre de violência e dos seus atores, servindo unica e exclusivamente para aqueles que querem crescer como seres humanos e ter uma formação acadêmica.

  • mãe says:

    muito bem preve,sou mãe de uma aluna que antes do PREVE,nao conseguia nem merendar,era purões,merenda jogada e muito mais,eu ja tinha dito a minha filha que não merendace…agora não tem mais nada disso,todo mundo na paz.
    grata
    mãe de aluna

Deixe seu comentário


  • 8 de outubro de 2019 | 20:24


  • 8 de outubro de 2019 | 20:02


  • 8 de outubro de 2019 | 09:39

    ITAPETINGA E REGIÃO


  • 19 de agosto de 2019 | 18:45


  • 3 de agosto de 2019 | 21:32

  • HOTEL HERCÍLIA PACHECO
    25 de março de 2019 | 22:23


  • 19 de março de 2019 | 12:52


  • 19 de março de 2019 | 12:38

    Resultado de imagem para sitio itororo


  • 7 de dezembro de 2018 | 00:58


  • 8 de novembro de 2018 | 20:34

  • RSSArquivo de Quentinhas & Boas »


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
error: Cópia não Autorizada - Sudoeste Hoje!