Val Cabral disse que “a batata de Geraldo está assando no TSE”

A recusa do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia em conceder registro de candidatura ao deputado Geraldo Simões (PT) causou comemorações efusivas do radialista Val Cabral, da cidade de Itabuna, na última semana. Entretanto, a liberação do registro de Simões pelo mesmo TRE ocorrida nesta terça (14) deu aos partidários do parlamentar petista a oportunidade da “vingança”. No início da tarde, os cabos eleitorais, amigos e eleitores fieis do político se reuniram à frente da Rádio Difusora, no Centro da cidade, no momento em que Cabral apresentava seu programa e iniciaram um foguetório que, segundo eles, servia para “homenagear” o radialista. Na verdade, o objetivo era apenas sabotar a transmissão durante alguns minutos a título de vendeta. Irritado, Cabral disse no ar que “a batata de Geraldo está assando” e “somente eleitor abestalhado e eleitor imbecil vota em político ladrão”. As informações são do site Pimenta na Muqueca.