As blitz aconteceram em agências bancárias de Jequié

JEQUIÉ: Enquanto em Vitória da Conquista e Itapetinga a ‘Lei da Fila’ está parada no tempo, em Jequié juiz e promotor fiscalizaram os bancos para que a Lei instituída no município desde 1999 seja efetivamente cumprida. Após a vistoria, o representante do judiciário, Paulo Henrique, sinalizou que nos próximos dias será realizada uma audiência pública para dar continuidade ao caso. Na ocasião, bancos, prefeitura municipal e clientes serão ouvidos. “Os bancos sabiam da vistoria e montaram um esquema especial para atendimento, mas os próprios clientes denunciaram que a situação não é costumeira. Ouvimos relatos de falta do equipamento de senha, ausência de bebedouros e de sanitários”, denuncia Celso Argolo, diretor do Sindicato dos Bancários de Jequié. Com informações da Assessoria de Comunicação do Sindicato dos Bancários.