abril 2021
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
Acesse o Sudoeste Hoje via Mobile em qualquer lugar!
  • Davi Ferraz: A Avenida da Integração foi uma obra do governo federal, durante o mandato de Guilherme, mas não foi uma...
  • anônimo: Concordo com o anônimo ânimo acima em relação a Avenida Júlio José Rodrigues, na citada avenida tem várias...
  • Jorge: Quem usa essa avenida é exclusivamente munícipes itapetinguenses, quem vem de Itabuna e vai para conquista por...
  • Vinicius: Mercantil não é banco, nao existe agencia do mercantil em Itapetinga, existe uma empresa de correspondente...
  • AMÉRICO SANCGES: Pois quem o elegeu foi em parte povo da saude.vai fazer alguma cara.
  • Paulo Valadares: Sera que esses(tarugao),nao pode apresentar um projeto pra farmacia do guilherme Dias nao faltar...
  • Ânimo: A Avenida Júlio José Rodrigues é de responsabilidade do estado, então ok o município não pode fazer nada, e de...
  • Armando Queiroz: Caro (a) Sr. (a) Lincoln: Nosso Senhor Jesus Cristo também não agradou à todos, o mesmo caso te digo...
  • Anonimo: como pode agradecer uma coisa que não tem pé nem cabeça já tem mais de 50 dias que fizeram essa promessa até...
  • ANT9NIO cesar Maia: Sera que esse povo nao tem o que fazer?Ao invés de ficar votando essas coisas de intetesse...
  • Leitor: E bares e restaurantes poderão reabrir e a noite tbm?
  • Gustavo: A um tempo atrás, o site Bahia Notícia publicou a matéria intitulada “ACM Neto vai prestar...
  • Perilo Trajano Sento Sé de Assis: Sinceramente…A história dessa avenida não condiz com o conteúdo final dessa...
  • Sandra: Vamos agir com ironia:está linda a avenida Júlio José Rodrigues, não existe avenida tão perfeita como essa....
  • MARCHA DA FAMÍLIA CRISTÃ: ATENÇÃO BRASIL: No próximo Domingo, dia 11 de Abril, sob a liderança das IGREJAS CATÓLICAS...
leitores online

Eleições: Alfredo Cabral intensifica campanha de Ângela Sousa na reta final

Deputada Ângela Sousa (PSC), chega forte na reta final

 

ITAPETINGA: Pelo que se pode observar, o vereador Alfredo Cabral, coordenador da campanha do deputada Ângela Sousa (PSC), adotou a estratégia de poupar energia, para chegar forte na reta final da corrida eleitoral.

Isto não significa que Alfredo tenha cruzado os braços durante a campanha, mas adotado uma estratégia muito eficiente, que poderá dar à sua candidata uma boa votação em Itapetinga.

Nos últimos dias da campanha, a deputada Ângela visitou quase todos os bairros da cidade, acompanhada por Alfredo, sendo recebida com entusiasmo pela população. Alfredo sabe ‘onde as cobras dormem’ e preparou o terreno com muita eficiência, para dar a Ângela Sousa uma votação expressiva.

Davi Ferraz – Editor

Eleições: “Juliano Matos pode surpreender”, afirma Crecêncio Andrade

Juliano Matos (PV) conta com o apoio de Crescêncio Andrade, em Itapetinga 

 

ITAPETINGA: A campanha do ex-Secretário do Meio Ambiente, Juliano Matos (PV), em Itapetinga, vem sendo coordenada pelo seu próprio tio, Crescêncio Andrade, ex-coordenador da campanha vitoriosa de Michel Hagge em 2004, de quem foi também secretário de transportes e serviços públicos.

Crescêncio é habilidoso e determinado, mas prefere fazer política sem estardalhaços, conquistando apoios importantes aqui e ali, como se estivesse atuando em um tabuleiro de xadrêz. Assim, o ‘baixinho’ pretende surprender os demais concorrentes, dando a Juliano Matos uma votação expressiva, o que poderá aumentar o seu ‘cacife’ político, com vistas ao pleito de 2012.

Em conversa com Crescêncio ele assim descreveu o quadro eleitoral em Itapetinga: “A polarização que se esperava entre PT e PMDB não aconteceu. Os candidatos Geraldo Simões e Lúcio Vieira Lima não vão obter votações expressivas, deixando o campo aberto para outros candidatos, como Juliano Matos, Edgar Mão Branca e Fábio Soutos, dentre outros. Por isto, estamos otimistas”, concluiu Crescêncio.

Davi Ferraz – Editor

Eleições: Sandro Régis vai às urnas fortalecido pelo apoio da vereadora Naara

Sandro Régis no encontro do DEM, no Parque da Lagoa

 

ITAPETINGA:  Na reta final destas eleições, um nome se destacou no cenário político de Itapetinga: o da vereadora democrata Naara Duarte. Desde que assumiu a coordenação local da campanha do deputado Sandro Régis (PR), Naara e seu grupo percorreram todos os bairros e ruas da cidade, levando o nome do seu candidato a deputado estadual e reforçando a campanha pela reeleição de Fábio Souto (DEM), para deputado federal.

A campanha de Sandro Régis foi tranquila e pacífica, mas Naara e seus correligionários conseguiram massificar o nome do candidato, colocando-no no patamar de um dos favoritos para estas eleições, no município.

Sandro deverá obter uma boa votação em Itapetinga, até mesmo porque a disputa não polarizou entre os principais grupos políticos locais, como se esperava.

Davi Ferraz – Editor

Eleições: Grupo de Zé Otávio quer ampliar votação de Fábio Souto e Heraldo Rocha

Zé Otávio,  ao lado de Paulo Souto, Heraldo Rocha e Fábio Souto

 

ITAPETINGA: O grupo político liderado pelo ex-prefeito José Otávio Curvelo (DEM), está de porta em porta pedindo votos para os candidatos Paulo Souto, Fábio e Heraldo Rocha, no intuito de repetir, ou até ampliar,  as votações que estes candidatos obtiveram nas eleições de 2006.

Para o grupo democrata, a vitória de Paulo Souto em Itapetinga é garantida, face às grandes realizações do ex-governador nesta região, a exemplo da Azaléia, que transformou a economia local e regional.

É com este discurso que o grupo do ex-prefeito Zé Otávio, do vereador Chiquinho e do ex-candidato a prefeito Renan Pereira vem se apresentando ao eleitorado e obtendo uma excelente receptividade. Segundo os democratas, o eleitor sente saudades dos “bons tempos” do governo Paulo Souto e dos seus grandes feitos em Itapetinga.

Davi Ferraz – Editor

Eleições: Marcos Espinheira confia em uma grande vitória neste domingo

Marcos Espinheira, ao lado de Marina Silva, Bassuma e Edson Duarte

 

Através de contato por telefone com a nossa redação, o candidato a deputado federal Marcos Espinheira (PV)  falou sobre as suas expectativas quanto ao resultado das urnas, neste domingo:

“Itabuna/Ilhéus, Itapetinga/Itambé/Itororó e Conquista através dos respectivos eleitores são capazes de eleger mais de 2  Dep. Federais só precisando de uma provocação da relevância da consciência politica do voto distrital na representatividade da macro região do sudoeste.Exemplo: Itapetinga votando com 50% dos seus votos, considerando seus quase 42 mil eleitores elegerá 1 Dep. Estadual e 1 Dep. Federal. As msgs motivacionais são inúmeras na forma e no conteúdo mas no contexto da competência dos candidatos e no compromisso destes para com a população que clama por um hospital regional, escolas profissionalizantes, mais cursos universitários, mais industrias e serviços, como a verticalização da pecuária na visão do agro-negócio e de forma mais abrangente, considerando uma unidade de curtume e suas correlacionadas pequenas e medias empresas de bolsas, bolas, sandálias, cintos, etc. assim como um Shopping unificando em um SAC as funções administrativas do estado e do município, atendendo a quase 389 mil habitantes”. 
 
Questionado sobre as suas reais possibilidades de eleição, o candidato assim respondeu: “Acredito nesta real possibilidade de apoio de toda a região, que juntamente com o universo dos meus ex alunos das Universidades Católica e da Unifacs poderemos supreender com uma votação expressiva à minha candidatura”, concluiu.
 
Marcos espinheira disse ainda que acredita na determinação do eleitorado de Itapetinga em votar maciçamente nos candidatos ‘da terra’, se apresentando como tal, por ser filho de um dos grandes líderes da política local, o ex-prefeito José Vaz Espinheira, que governou Itapetinga  por três mandatos.
Davi Ferraz – Editor

TIRA VOTOS

Tem cabo eleitoral mentindo para a coordenação de campanha do PMDB. Ao contrário do que se diz, a receptividade nos bairros não tem sido boa, principalmente na Nova Itapetinga. O mesmo está acontecendo com o pessoal do PT, que tem levado porta na cara.

Eleições/Itapetinga: Votos para deputados tendem a ser pulverizados

ITAPETINGA: Ao contrário das eleições anteriores, quando as votações para deputado federal e estadual ficaram concentradas entre os principais candidatos, nestas eleições a tendência é de que haja uma pulverização dos votos, pondo fim às grandes votações, tradicionalmente obtidas pelos candidatos apoiados pelos líderes locais.

Os três principais partidos políticos da cidade, PMDB, PT e DEM, fizeram uma campanha ‘morna’, o que favoreceu o avanço dos pequenos grupos e partidos nanicos, que fizeram a ‘alegria’ do eleitorado, com o seu $en$o de oportunismo.

Assim, o que deve acontecer no abrir das urnas é uma enchurrada de votos para candidatos desconhecidos, em detrimento dos ‘nativos’ e ‘assemelhados’. Desta forma, gregos e troianos sairão enfraquecidos das eleições, uns por incompetência, outros por fraqueza e omissão. Salve-se quem puder.

Davi Ferraz – Editor

Juiz barra entrega de ambulâncias do Samu 192 em Salvador

Nestas eleições, parece que a Justiça Eleitoral só funcionou prá valer,  na capital. Nesta sexta-feira (1º) a Secretaria da Saúde foi flagrada a entregar 14 ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), em evento solene no Centro Administrativo da Bahia. Mesmo que o Executivo argumentasse que esteja a seguir cronograma já estabelecido, o juiz entendeu que não há razão para que a entrega se concretizasse tão próxima das eleições. O governo foi obrigado a interromper as doações e se descumprir o mandado será penalizado em multa e até condenações mais rigorosas.

A mesma coisa aconteceu em Itapetinga, no decorrer da semana, com desfile, buzinaço e foguetório, além da presença do próprio secretário Jorge Solla, mas ninguém viu. Nem o Ministério Público, nem a Justiça Eleitoral. O curioso é que tudo aconteceu a 50 metros do Forum, à luz do dia.

Eleições: Lúcio convoca militância para garantir 2º turno

Uma intensa mobilização em todos os municípios, das lideranças, candidatos e militantes do PMDB e dos demais partidos da coligação A Bahia Tem Pressa, vai garantir a realização do segundo turno nas eleições da Bahia, entre o candidato peemedebista, Geddel Vieira Lima e o atual governador Jaques Wagner. A certeza foi dada pelo presidente estadual do PMDB, Lúcio Vieira Lima, que convocou os integrantes desses partidos a “trabalhar até o último minuto” para assegurar a vitória.

“Vamos mostrar a força do PMDB e dos partidos da nossa coligação. Sentimos nas ruas, na capital e em cada cidade do interior, que os baianos querem Geddel governador e vamos em busca dos votos que vão levá-lo ao segundo turno”, disse Lúcio que, como candidato a deputado federal, percorreu durante a campanha, praticamente todos os municípios baianos.

Imprensa PMDB

Eleições: Bases de Geddel abandonam Dilma e migram para Marina Silva

Bases de Cesar Borges e Geddel prometem ‘dar o troco’ a Dilma

Na reta final da campanha, a candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, está recebendo de aliados na Bahia o troco por abandonar o barco de Geddel Vieira Lima (PMDB), que concorre ao governo. Candidato ao Senado na chapa do peemedebista, o senador César Borges (PR) diz que está difícil segurar na campanha da petista, pois prefeitos e militantes da coligação prometem agora pedir votos para Marina Silva (PV). É uma reação à postura da ex-ministra, que foi à Bahia e declarou apoio exclusivo à reeleição do governador Jaques Wagner (PT). Na prática, os dois são tratados como “detratores”, embora se mantenha oficialmente a adesão à aliança nacional.

Você não tem controle sobre base. Se a base se ressente, se a base se sentir traída e se resolve tomar outra posição, aí fica difícil de controlar. Que o sentimento de mágoa existiu e existe, isso aí é sem sombra de dúvidas”,  afirma Borges, questionado sobre a migração para a candidatura verde. O Globo

Eleições Urgente: TSE só divulgará votos dos candidatos com registro definitivo

Votação dos ‘fichas sujas’ vai aparecer ‘zerada’

O sistema de apuração do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) não vai divulgar, no dia da eleição, os votos dados a candidatos que estejam com seus registros de candidaturas pendentes em função da Lei da Ficha Limpa. Esses votos, conforme está previsto na Lei Eleitoral, serão computados, mas só serão tornados públicos quando houver uma decisão final da Justiça sobre o registro eleitoral do candidato. Se o registro de um candidato for indeferido, ao final, a Justiça Eleitoral decidirá se os votos dados a ele serão considerados nulos ou transferidos à legenda. — Nossas máquinas estão programadas para que, no caso dos candidatos que não obtiverem registro até o momento da eleição, apareça simplesmente um zero. Esses votos irão para um arquivo separado e, futuramente, o tribunal decidirá como vai computar esses votos — disse o presidente do TSE, Ricardo Lewandowski. Mesmo não constando do sistema oficial de apuração de votos, a votação de um candidato com registro pendente deverá ser informado pelo TSE à imprensa. Os votos só serão considerados nulos se os chamados tiverem o registro negado definitivamente. (O Globo) .

COMENTÁRIO DO SITE: A decisão do TSE parece clara, mas suscita dúvidas quanto à sua aplicação sobre os candidatos cujos registros foram aprovados pelo TRE, mas que houve recurso da Procuradoria Eleitoral, impugnando-os no TSE. Assim estariam ‘pendentes’ os registros dos candidatos Geraldo Simões (PT) e Virginia Hagge (PMDB), e seus votos não seriam divulgados, até o julgamento definitivo pelo TSE.  Domingo, saberemos…

Eleições/Itapetinga: Se prevalecer a lógica, dá Paulo Souto

Souto e Geddel devem ser os mais votados em Itapetinga

ITAPETINGA: As eleições para governo do Estado, em Itapetinga, têm uma característica diferente das demais cidades baianas, onde o governador Wagner deve ganhar fácil, segundo demonstram as pesquisas eleitorais.

Aqui, a lógica é outra, pois a presença administrativa da era Paulo Souto ainda é marcante, devendo render-lhe uma vitória expressiva nestas eleições. O efeito ‘Azaléia’ continua forte na memória da população, que reconhece o seu decisivo empenho para trazer essa importantíssima industria para Itapetinga e cidades vizinhas. A geração de cerca de 20 mil empregos diretos transformou a economia local e regional.

Geddel vem logo atrás, embalado pelos fiés e obstinados ‘gabirabas’. Na sua gestão como Ministro da Integração Nacional, fez de tudo para ajudar o seu correligionário Michel Hagge, carreando expressivos recursos para a cidade, principalmente na área de saneamento básico. Infelizmente, as obras não tiveram continuidade, devido à má gestão do atual prefeito José Carlos Moura, e os recursos se perderam no mar da incompetência e despreparo da atual administração. Geddel vem forte e deve disputar com Paulo Souto a liderança na votação local.

Wagner é uma história à parte. Começou o seu governo rasgando elogios ao ‘amigo’ Michel, com quem teria ‘comido poeira’ na sua ‘improvável’ eleição em 2006, mas acabou deixando o velho ‘gabiraba’ na mão. Até na distribuição dos cargos do Estado, foi injusto com o PMDB, contemplando o seu amigo Rosemberg, que nunca havia obtido um voto sequer por estas bandas. Iludiu a inexperiente deputada Virginia Hagge, com pequenos agrados e deferências pessoais, mas não trouxe nenhum benefício de peso para a cidade. Fez o mesmo com o neo-petista Zé Carlos, atual prefeito, e hoje sente vergonha de subir no palanque em Itapetinga. Se o eleitorado tiver memória crítica, Wagner deve sair derrotado em Itapetinga, por mérito próprio e de seus aliados locais.

Davi Ferraz – Editor

Professores fazem manifestação contra APLB e certificação

Manifestantes acusam APLB de ‘colaborar’ com o governo (Foto arquivo)

 

SALVADOR: Cerca de 500 professores realizaram, na manhã de hoje, uma passeata contra o processo de avaliação de desempenho do atual governo, denominado de certificação que estabelece uma regra de progressão na carreira a partir de um concurso interno. O movimento partiu do Campo Grande por volta de 9 horas e seguiu até a sede do seu sindicato, a APLB. O grupo realizou um protesto em frente ao seu sindicato criticando a postura adotada pela atual direção de não participar do movimento e declarar que o movimento dos professores contra a certificação é “um golpismo eleitoral”. Os representantes do movimento acusam a direção do sindicato ligado ao PCdoB de “governistas e pelegos”. Politica Livre

DATAFOLHA/SENADO: Lídice e Cesar empatam com 34% e Pinheiro tem 30%

 

Pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (30) sobre a disputa pelo Senado na Bahia mostra que Cesar Borges (PR) e Lídice da Mata (PSB) mantêm a liderança, ambos com 34% das intenções de voto cada um. Walter Pinheiro (PT) tem 30%. Como a margem de erro da pesquisa é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos, há empate técnico entre os três primeiros colocados. José Carlos Aleluia (DEM) tem 13% das intenções de voto. José Ronaldo (DEM) aparece com 12%, Edvaldo Brito (PTB), com 11% e Edson Duarte (PV), com 3%. Os candidatos Zilmar e França, ambos do PSOL, têm 1% das intenções de voto cada um. Albione (PSOL) não pontuou. O percentual de eleitores que diz não saber em quem votar ao Senado na Bahia é de 26% para uma vaga, e 18% para as duas vagas. Entre os entrevistados, 11% declararam que irão votar em branco ou nulo para uma das vagas, e 6%, para as duas vagas em disputa. Como nesta eleição são dois votos para senador, a soma das taxas é de 200%. O levantamento foi encomendado pela TV Globo e pelo jornal “Folha de S.Paulo” e foi realizada nos dias 28 e 29 de setembro.  A pesquisa está registrada no TRE-BA sob o número 43540/2010. Folha

Baiano poderá usar bebida alcoólica no dia das eleições

A Bahia não está relacionada entre os estados do país que irão aplicar a Lei Seca durante as eleições no próximo domingo (3). Diferente de anos anteriores, neste ano, não há restrição a venda e ao consumo de álcool nas proximidades das zonas eleitorais durante o tempo de votação, de 8 ás 17 horas. Caberá à Polícia Militar garantir o reforço da segurança nos locais de apuração de votos e nas comemorações pelo resultado das apurações. As ações incluem ainda a escolta das mais de 30 mil urnas para as zonas eleitorais. São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Rio Grande do Sul também optaram por não fiscalizar o consumo e venda de bebidas alcoólicas. No caso de Tocantins e Mato Grosso, a aplicação da lei ficará a critério dos juízes eleitorais de cada município. As informações são do Correio.


  • 27 de fevereiro de 2021 | 22:38


  • 27 de fevereiro de 2021 | 22:34


  • 30 de novembro de 2020 | 11:00

  • DIVULGUE SUA CAMPANHA AQUI 77-99202-8142
    14 de outubro de 2020 | 10:40


  • 14 de agosto de 2020 | 21:43


  • 29 de julho de 2020 | 21:45


  • 29 de julho de 2020 | 21:40

  • NÃO DISCRIMINE QUEM TESTOU POSITIVO
    10 de julho de 2020 | 22:27

  • OPOSIÇÃO APOSTA NA PANDEMIA: “QUANTO PIOR, MELHOR”
    12 de junho de 2020 | 20:57

    Em Itapetinga, a oposição entrou em desespero e aposta todas as suas fichas no agravamento da pandemia, pra ver se consegue tirar proveito da situação. É a política do “quanto pior, melhor”. Mas as coisas não funcionam bem assim, como imaginam os nossos incansáveis ‘porras loucas’ do PT e agregados. Basta ver os altos índices de popularidade do prefeito de Salvador, ACM Neto, e do próprio Rui Costa, apesar dos números alarmantes da Covid-19 na capital e no estado, para entender que a atuação responsável do gestor é o que define, e não os números É bom ter cuidado com o efeito bumerangue, também conhecido lei do retorno. Vai que…

    RODRIGO SEM ADVERSÁRIO

    Mais que essa barulheira de baixo nível da oposição, propagada em programas fuleiros de rádio e blogs de baixo nível, o que se esperava das oposições de Itapetinga era emplacar um bom candidato, para disputar, em condições de igualdade, com o prefeito Rodrigo Hagge. Nem isso a oposição conseguiu e sonha em voltar à prefeitura, por milagre da Covid. Rodrigo segue absoluto e deve impor mais uma derrota vergonhosa a essa turma de malucos, com as mãos nas costas.

    RUSGAS ANTIGAS CONTINUAM NO PT

    As rusgas criadas na gestão petista entre os correligionários de Zé Carlos, continuam mais vivas do que nunca. Podem até se juntar os cacos, por questão de sobrevivência, mas não unem, nem somam. O fator de desunião ainda é o temperamento desagregador de Zé “Pandemia”, uma especie de marionete de Rosemberg Pinto, cuja ficha não caiu e ainda não percebeu que a fila andou. Vai passar vergonha de novo!

  • ESQUERDA DE ITAPETINGA NÃO EMPLACA CANDIDATO
    6 de junho de 2020 | 11:07

    Por mais que o PT e partidos que se dizem de ‘esquerda’ tentem emplacar um candidato para disputar a prefeitura de Itapetinga contra o franco favorito Rodrigo Hagge (MDB), a coisa só anda pra trás, feito caranguejo. No seu perfil no Instagram, o cacique da esquerda local, Rosemberg Pinto (PT), chegou a anunciar que o nome do ex-prefeito Zé Carlos Moura estaria definido, mas coube ao próprio Zé Carlos desmentir, categoricamente: “Eu não falei pra ninguém que vou ser candidato”. Pagou mal e deixou a esquerdinha local com as calças na mão.

    DR. SILVIO QUEIMOU O FILME

    Candidato de si próprio e de um partido insignificante em Itapetinga, o PP, Dr. Silvio Macedo cuidou de enterrar o seu nome, depois do lamentável episódio ocorrido na tarde de ontem no HCR, quando teria negado atendimento a uma paciente com suspeita de Covid-19, com direito a barraco e polícia no local. Silvio, que é coordenador do Pronto Socorro e provedor da Santa Casa, queimou o filme com o eleitorado e com a direção da Fundação José Silveira, que não aprovou a sua atitude. As redes sociais fizeram uma arraso e sepultaram o nome do pré-candidato.  Dizem que nem pra vice emplaca mais.

    DIREITA X ESQUERDA

    Pela direção que a política local tomou nos últimos tempos, as eleições em Itapetinga vão repetir o quadro nacional, com DIREITA X ESQUERDA. Com viés de direita, o prefeito Rodrigo Hagge vem embalado para a disputa, depois de uma gestão eficiente, moderna e equilibrada. À esquerda, a velha política fracassada do PT, sob o comando de um deputado ausente e perseguidor, que usa seus aliados locais apenas para garantir uma base, com vista à sua própria eleição de deputado, daqui a 2 anos. Seu favorito, Zé Carlos, é desagregador e não tem o consenso nem dentro de casa. Perde feio, pois o eleitorado local é conservador e já foi devidamente vacinado contra políticos de esquerda.

  • RSSArquivo de Quentinhas & Boas »


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia