A Nestlé confirmou, nesta tarde de quarta (14), que desativará a unidade fabril de Itabuna “até meados do ano que vem”. Toda a produção no município será transferida para a unidade de Feira de Santana, também na Bahia.

A multinacional decidiu ampliar a unidade de Feira de Santana, que “absorverá as operações hoje realizadas na fábrica de Itabuna”. A unidade baiana, inaugurada em 2010, será utilizada para produção e distribuição da Nestlé para o Norte e o Nordeste, de acordo com a multinacional.

Os funcionários da fábrica de Itabuna serão transferidos para Feira, caso aceitem, conforme comunicado da empresa nesta tarde. “A empresa vai oferecer a todos os funcionários que hoje estão em Itabuna a possibilidade de migrar para a fábrica de Feira a partir de 2020”. Os funcionários e familiares poderão visitar instalações da Nestlé no outro município baiano e conhecer a cidade para decidir ou não pela transferência, segundo compromisso da multinacional.

A Nestlé está em Itabuna há quase 40 anos. A fábrica no sul da Bahia será desativada até março de 2020. Até o fechamento, no próximo ano, a unidade sul-baiana continuará produzindo o achocolatado Nescau, reativando uma linha de produção para atender a demanda nordestina. //Pimenta