Acesse o Sudoeste Hoje via Mobile em qualquer lugar!
  • Anonymous: Tem que vir um atacadão pra essa CIDADE, aqui tudo está caro e quando tem é claro!!
  • anonimo: A população de Vitória da Conquista sabia que Herzem Gusmão seria um péssimo administrador. Lembro muito bem...
  • Anonymous: Isso foi um crime contra o patrimônio que deveria ser restaurado. Segundo falam as madeiras de lei...
  • Ana: Virou moda atribuir ao PT toda e qualquer incompetência ou erro das atuais administrações!
  • Anonymous: Nada haver com o tema.
  • CANDIDATO RÉU: ATÉ AS PRÓXIMAS ELEIÇÕES ESSE VAI FAZER CAMPANHA ELEITORAL ATRÁS DAS GRADES.
  • O Indagador: Herzem já está no 3º ano de gestão em Vitória da Conquista, com pouca popularidade e altíssima...
  • Anonymous: *A culpa é de Herzem! Vereadores atribuem caos do transporte público à irresponsabilidade do prefeito*...
  • Jaílson marcos: Estamos esperando pra ver quando as ruas de baixo do são Francisco vai ser calcadas.
  • Carlos: Atitude sensata em um país tão injusto com os seus necessitados. Enquanto isso, a nação banca tratamento...
  • Cavaquinho: E pior que ele pode ganhar, alguns baianos, se é que podemos chamar de baianos, gostam de serem roubados!...
  • Anne: Tem um ditado para esses agourados:O MAL POR SE SÓ SE DESTROI;NÃO TEM JUSTIÇA MELHOR QUE AS VOLTAS QUE O MUNDO...
  • Marta Teixeira: Muito triste que o nosso bondoso Deus conforte o coração de todos da família esse é o preço mais alto...
  • Anonymous: Muito triste que Deus conforte o coração de todos da família e amigos esse é um momento que não sabemos...
  • Leitor: A oposição tem que lembrar, ela sim, os acólitos e defensores do CAOS, que o acesso ao José Ivo,feito por...
leitores online


:: 15/jan/2019 . 21:56

ANTÔNIO BRITO DEBATE CRISE DAS SANTAS CASAS COM O MINISTRO DA SAÚDE


O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, recebeu, na tarde de hoje (15), o presidente da Frente parlamentar de Apoio às Santas Casas e Hospitais e Entidades Filantrópicas, deputado federal Antonio Brito, para debater soluções para superar a crise enfrentada pelo setor.

No encontro, Antonio Brito apresentou a pauta das cerca de 2.100 entidades em todo o país, que respondem por mais da metade dos atendimentos pelo SUS, e que hoje acumulam dívidas que chegam a R$ 23 bilhões.

Conhecedor do tema, o ministro Mandetta reforçou o seu discurso de posse, em que assegurou empenho na articulação de estratégias junto a Confederação das Santas Casas (CMB) e a Frente Parlamentar, de modo a reduzir o subfinanciamento do setor e salvar estas entidades no mais breve espaço de tempo.

Também participaram do encontro o presidente da CMB, Edson Rogatti e o secretário de Atenção a Saúde (SAS/MS), Francisco de Assis Figueiredo. //Ascom 

CAMINHÃO CAPOTA NA BR-101 E MATA MÃE E FILHO DE QUATRO ANOS; PAI SOBREVIVEU

Uma mulher de 36 anos e o filho dela, de quatro, morreram após o caminhão em que estavam capotar na BR-101, na altura da cidade de Ibirapitanga, região sul da Bahia. O motorista do veículo, que é companheiro da mulher de 36 anos e pai da criança, não teve ferimentos.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), as vítimas foram identificadas como Cátia Manuela Passos e Jackson Oliveira. O motorista foi identificado como Giosvaldo Silva, 41 anos.

Segundo a PRF, o caminhão trafegava na via, quando um dos pneus estourou, na altura do KM-397, fazendo o veículo capotar.

Cátia e Jackson, que eram de Jacobina, na região norte, morreram no local. Os corpos das vítimas foram levados para Instituto Médico Legal (IML) de Ilhéus, na mesma região. Como o motorista não teve ferimentos, ele não precisou de atendimento médico.

A via ficou interditada por cerca de 40 minutos, porque o caminhão ficou atravessado na pista.

Segundo informações da PRF, o veículo saiu de Feira de Santana, cidade a cerca de 100 km de Salvador, e seguia para Itabuna, na região sul.

BOLSONARO ASSINA DECRETO QUE FLEXIBILIZA A POSSE E COMERCIALIZAÇÃO DE ARMAS

O presidente Jair Bolsonaro assinou hoje (15), durante cerimônia no Palácio do Planalto, o decreto que regulamenta o registro, a posse e a comercialização de armas de fogo no país, uma das principais promessas de campanha do presidente da República.

“Como o povo soberanamente decidiu, para lhes resguardar o direito à legítima defesa, vou agora, como presidente, usar esta arma”, afirmou Bolsonaro, mostrando a caneta como se fosse sua arma.

“Estou restaurando o que o povo quis em 2005”, acrescentou Bolsonaro mencionando o referendo realizado há 14 anos.

O decreto refere-se exclusivamente à posse de armas. O porte de arma de fogo, ou seja, o direito de andar com a arma na rua ou no carro não foi incluído no texto.

A assinatura do decreto ocorreu logo depois da reunião ministerial coordenada por Bolsonaro todas as terças-feiras, às 9h, no Planalto, desde que assumiu o poder em 1º de janeiro.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia