Acesse o Sudoeste Hoje via Mobile em qualquer lugar!
  • Correto: Quem mandou a população eleger esses indivíduos? Cada população tem os políticos que elegeram e...
  • Paulo: Esses vereadores vão ficar o mandato todo só indo na justiça pois é o que sabe fazer para dizer que estão...
  • Fernando: Essas pessoas inclusive advogados sendo comandado por uma pessoa articuladora que usa as pessoas ao seu bel...
  • Leitor: Itapetinga precisa,isso sim,era de um vereador desse quilate: http://www.acheisudoeste.co...
  • anonimo: Logo, logo Itapetinga terá a 1.a dama!
  • anonimo: Agora Itapetinga terá a 1.a dama!
  • Paulo: O que eu ouvir foi muito puxão de olheira de vereadores , que só ficam na câmara fazendo politicagem e não...
  • Paulo: Até que fim, demorou para emitir essa nota.
  • BEL: Estão de parabéns ,acho que nem teve durante anos do ex prefeito ,parabenizo principalmente os secretários pois...
  • Fernando: Parabenizar os secretários ,coordenadores e os dois mandatos da presidência da câmara legislativa tanto de...
  • Fernando: A Coelba não tem o devido respeito com o consumidor , principalmente referente aos municípios pequeno e...
  • anonimo: Davi Ferraz, será que agora, vendo o prefeito de mãos dadas com a namorada, vamos ter uma primeira dama?
  • Francisco bispo Farias filho: E falta de responsabilidade dessa empresa com os consumidores essa cabada de mafiosos...
  • Uátila: Nunca vi tanta alma sebosa em uma foto só.
  • Leitor: Davi, por favor, não sei se isto vem ocorrendo em seu bairro, mas desde quarta feira a energia elétrica em...
leitores online


:: 22/abr/2018 . 20:41

EM NOTA, ANTÔNIO E EDVALDO BRITO NEGAM QUE SEJAM INVESTIGADOS NA LAVA JATO

De acordo com matéria postada no Bahia Notícias, neste domingo (22), o deputado federal Antonio Brito (PSD) e o vereador Edvaldo Brito (PSD) afirmaram, em nota, que não estão sendo investigados na Operação Lava Jato ou em qualquer outro processo criminal.

“Em 12 de julho de 2017, Edvaldo Brito e Antonio Brito foram excluídos da Operação Lava Jato por meio de despacho nº 176141 do então Procurador Geral, Rodrigo Janot, que, ao analisar o recurso dos parlamentares, entendeu que não ocorreram atos de corrupção e ligação com as investigações de ilícitos, foco da operação”, dizem os políticos, em nota.

A nota da família Brito foi emitida após divulgação de um levantamento da BBC Brasil, reproduzida pelo BN, listando parlamentares baianos que podem perder o foro privilegiado, caso não se reelejam, podendo os seus casos ser enviados a juízos de primeira instância, entre as quais a 13ª Vara Criminal Federal de Curitiba, onde atua o juiz Sérgio Moro, responsável por grande parte das condenações na Lava Jato.

ENTENDA O CASO

Em  2017, o deputado federal Antônio Brito e o seu pai Edvaldo Brito foram citados na lista do ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF). As denúncias estão baseadas nas delações de 78 executivos e ex-executivos da Odebrecht, todos com foro privilegiado no STF, acusados de receberem dinheiro de caixa 2.

Na época, Antônio Brito e Edvaldo Brito declararam em nota oficial que receberam a notícia da autorização para apuração dos fatos relativos à eleição de 2010 com total serenidade, uma vez que se trata de procedimento legal, no qual será possível apurar a verdade dos fatos. Destacam, ainda, que as doações eleitorais recebidas, relativas a campanha de 2010, foram declaradas e aprovadas nas prestações de contas ao TSE.


  • 11 de maio de 2019 | 23:52

  • HOTEL HERCÍLIA PACHECO
    25 de março de 2019 | 22:23


  • 19 de março de 2019 | 12:52


  • 19 de março de 2019 | 12:38

    Resultado de imagem para sitio itororo


  • 7 de dezembro de 2018 | 00:58


  • 8 de novembro de 2018 | 20:34


  • 21 de agosto de 2018 | 23:34


  • 21 de agosto de 2018 | 23:32


  • 5 de agosto de 2018 | 12:32


  • 16 de julho de 2018 | 11:31

  • RSSArquivo de Quentinhas & Boas »


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia