abril 2017
D S T Q Q S S
« mar   maio »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  
Acesse o Sudoeste Hoje via Mobile em qualquer lugar!
  • Elio: Bem feito para os moradores de Itarantim, Maiquinique e Itapetinga, pq muitos deles ainda voltaram nesse...
  • Jorge: Acho um pouco tarde para começar a pensar no desemprego em Itapetinga, falta um ano para as eleições.
  • Demissao ja: Quero mesmo que demita todos bolsominios pobres otarios principalmente os da vila uns lascado votam...
  • Carlos: Prioridade? As reduções são enormes, destes 800 milhões o governo já devia 550 milhões para as construtoras,...
  • Anonimo: Esses vereadores que sao contra o progresso da cidade sao os mesmo que puxava o saco do exprefeito eles uns...
  • Anonymous: População acorda.
  • Anonymous: Olá boa tarde povo da querida Itapetinga essa e a realidade vereadores pensar q e donos do poder sou...
  • José: Mais não foram esses mesmos vereadores de oposição que estavam vumitando altos elogios a eles mesmos que se não...
  • Bia: Fez manobra como sempre para prejudicar a população e Itapetinga,pois eles querem assim pensando eles que tanto...
  • Leitor: Caro anônimo, a culpa era SIM de José Carlos, haja vista que ele tinha Deputado estadual (Rosemberg),...
  • Anonimo: E uma vergonha esses vereadores que diga de oposiçaos eles foi (eleito para interçes da populaçao e nao...
  • Meire: E uma vergonha,pessoas eleitas para trabahar pelo povo fazendo politicagem,vem ai as eleições 2020,o povo tem...
  • Leitor: Agora pergunta-se quem põe os vereadores na Câmara a cada 4 anos, mesmo que seja através de votos comprados...
  • Fernando: Eu fiz esse comentário Davi, pois a população precisa saber e principalmente tomar atitudes , não podemos...
  • Paulo: Fernando, escutando e assistindo a sessão da câmara pude ver o quanto cinismo , a verdadeira face são...
leitores online


:: 5/abr/2017 . 1:45

MISTÉRIO: JOVEM DESAPARECE NO ACRE E DEIXA MENSAGENS CRIPTOGRAFADAS NO QUARTO

Jovem desaparece no Acre e deixa obra criptografada

O jovem estudante de psicologia Bruno Borges está desaparecido desde segunda-feira, dia 27 de março. Além da família apreensiva, deixou para trás uma obra literária de valor ainda não reconhecido. De acordo com os parentes, são 14 livros que estão criptografados, em uma linguagem que ele mesmo criou. “Mas, ele deixou a chave”, diz a mãe, Denise Borges, empresária mineira, radicada no Acre. O estudo das quatro criptografias está acomodado em uma pasta. Decifrar os símbolos é objeto de preocupação dos pais agora.

“Hoje, eu sei que dentro desses livros deve haver uma riqueza imensa. Todos queremos saber o conteúdo. É complicado, mas é possível”. Os pais já convidaram filósofos e historiadores para olhar o material. Mas, ainda não sentiram confiança suficiente para que a obra fosse avaliada. “Há outra criptografia em que ele não deixou (a chave)”, lamenta Athos Borges, pai de Bruno. “Eu sei que na hora certa vai aparecer a pessoa que nos ajude a tocar isso pra frente. Isso não pode ser feito por uma pessoa qualquer”.

Jovem desaparece no Acre e deixa obra criptografada

Poucos dias após o desaparecimento de Bruno, o pai, Athos Borges, gravou um vídeo em uma rede social. O vídeo fazia uma auto avaliação na relação pais e filho. Antes, os pais achavam que o filho tinha necessidade de algum tipo de tratamento psiquiátrico. “Hoje, não vejo assim. Até o psicólogo dele disse o seguinte: ‘seu filho é uma pessoa normal com uma grande ideia'”.

Segundo a Rede Amazônica, afiliada da TV Globo, toda a mudança no quarto aconteceu durante uma viagem de férias dos pais que durou 24 dias. De acordo com a irmã do rapaz, em entrevista à TV Globo, o jovem mantinha a porta trancada e não contava o que estava fazendo. O primo de Bruno, o oftalmologista Eduardo Veloso afirmou ainda à reportagem da Rede Amazônica que deu a Bruno R$ 20 mil.  Ele teria pedido o dinheiro alegando que tinha algo muito importante para investir e que mudaria a vida das pessoas.

Jovem desaparece no Acre e deixa obra criptografada

Introspectivo e um leitor voraz, o jovem passou a não comer carne e ultimamente era vegano, segundo a família. Os pais entendem que essa mudança de hábitos foi uma espécie de preparação para a obra deixada. “As pessoas me criticam porque estou valorizando muito a obra e não mais o desaparecimento dele. Eu gostaria de encontrar com ele agora e dar um abraço nele. Mas, eu não vou forçar uma barra. Não é um sequestro. Ele saiu por conta própria. Ele sabe o que ele fez. A gente tem umas coisas que ele fez quando ele sumiu que foi uma coisa muito premeditada. Ele não quer ser encontrado agora e, se eu não estiver ficando louco, eu estou respeitando esse tempo dele”.

Segundo a família, no quarto de Bruno Borges, transformado em uma espécie de museu, há uma réplica da imagem de Giordano Bruno, o filósofo italiano, vítima da inquisição. O desaparecimento do rapaz já foi informado a todas as forças de Segurança Pública, incluindo Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal, segundo a família. //Estadão

CONQUISTA: LEI QUE EXIGE FRALDAS EM CAVALOS FOI SANCIONADA POR EX-PREFEITO PETISTA

fraudão em cavalos

Criticada por parte da imprensa conquistense, a polêmica lei que exige, dentre outras coisas, que o responsável por veículos de tração animal (carroças) providencie bolsões, popularmente chamados de “fraldas para cavalo”, foi sancionada em 28 de fevereiro de 2008, pelo então prefeito de Vitória da Conquista, José Raimundo Fontes (PT).

Apesar disso, a Lei nº 1485/2008 nunca entrou em vigor, permanecendo engavetada por sucessivas gestões até ser descoberta pelo prefeito Herzem Gusmão (PMDB), que promete fazer valer cada  dos 15 parágrafos.

Dentre eles, destaques para o primeiro, que proíbe a circulação de veículos de tração animal nas seguintes vias: avenidas Lauro de Freitas e Francisco Santos e Praça Barão do Rio Branco, segundo o inciso I do artigo 18 do Projeto de Lei nº 987 de 1999 e o terceiro, que exige o cadastramento e licenciamento de Veículos de Tração Animal, conforme previsto no artigo 117 do Regulamento do Código Nacional de Trânsito (CNT).

O mais polêmico, e que tem gerado comentários nas redes sociais, é o décimo: “Os Veículos de Tração Animal deverão conter Bolsões (protetores), para que os excrementos expelidos pelos animais não caiam nas vias públicas”. // Jussara Novais/Sudoeste Digital

CLIQUE AQUI E VEJA A ÍNTEGRA DA LEI



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia