‘Feira do Paraguai’ de Conquista é desestruturada e decadente

VITÓRIA DA CONQUISTA: O projeto da construção do Shopping Popular, na Praça Arlindo Rodrigues, conhecida como “Feira do Paraguai”, pelo visto não sai do papel.

O presidente do Sindicato de Sacoleiros, Ambulantes e Camelôs de Vitória da Conquista – SINDSAC, Valdemir Pereira, mais conhecido como Sky, explica que os representantes do sindicato estiveram reunidos com o Prefeito Guilherme Menezes no mês de fevereiro, quando, na ocasião, apresentaram um projeto para a construção do Shopping Popular. Após seis meses sem resposta por parte da Prefeitura, os representantes do SINDSAC solicitaram uma nova reunião com o Prefeito, porém foram recebidos pelo secretário de Serviços Públicos, Miguel Felício e pelo chefe de gabinete Marcio Higino. Nesta última reunião, a resposta obtida foi que o projeto foi analisado, reformulado e aprovado, aguardando apenas os recursos da Sedur – Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia. “Mas, eles não deram nenhuma previsão e até hoje estamos sem resposta”, garante Sky.

Basta uma volta pelas alamedas da “Feira do Paraguai”, para perceber que a construção do Shopping Popular já se tornou de caráter de urgência para a categoria, que está se formalizando e necessitando de uma estrutura melhor, que proporcione condições dignas de trabalho. O presidente do SINDSAC afirma: “É uma necessidade urgente, pois pagamos impostos. Aqui já tem muitos Empreendedores Individuais e também com firma”, e aproveita para convocar os camelôs do centro da cidade para se cadastrarem no Sindicato, que vai eleger uma nova diretoria, além de contar com a participação mais efetiva da classe para fortalecer as reivindicações.

Sky relata, ainda, a dificuldade de ter acesso à nova planta do projeto: “Tenho cobrado uma cópia da planta para ver qual projeto foi aprovado, mas eles não nos deram uma resposta até agora, estamos só aguardando alguma coisa concreta”.

Segundo o secretário Miguel Felício, o Governo Municipal tem interesse na construção do Shopping Popular para sanar as dificuldades desses comerciantes, porém também está aguardando a resposta da Sedur. O secretário não tem previsão de quando os recursos serão liberados.

Ascom CDL Conquista