Gov. Eduardo Campos e Chico Buarque. Tal pai, tal filho?

 

De há muito, ronda os bastidores da política brasileira, em especial a de Pernambuco, que o governador Eduardo Campos seria filho do compositor Chico Buarque de Holanda. No final da semana que passou os boatos ganharam a rede social e os tuiteiros e quem usa Facebook massificando-os. De tal maneira que a deputada federal, Ana Arraes, filha do governador Miguel Arraes, entrou em cena para negar e o Globo de hoje repercutiu.

Ela divulgou uma nota considerando os rumores da notícia como “inverídicos e criminosos”. Pediu ainda a investigação da policia civil “para que tome providências legais no sentido de punir policial e judicialmente tamanha aberração”. Como? Boato é boato e quando cai na língua do povo, adeus viola!

O irmão de Eduardo Campos, o advogado Antônio Campos, disse que a policia já teria identificado três boateiros. A deputada Ana Arraes disse ainda que Eduardo é filho dela e do escritor Maximiano Campos, já falecido e que “só conheceu Chico, na casa do saudoso Miguel Arraes, quando Eduardo tinha 21 anos.” Punir boateiro é difícil num país que não se punem bandidos e corruptos. BN