Acesse o Sudoeste Hoje via Mobile em qualquer lugar!
  • Cadê o forró: É uma pena uma festa junina sem forró. com exceção de Juá da Bahia. Esses outros “artistas”...
  • Retado: O(s) empresário(s) de algumas bandas contratadas devem ser mágicos pq as bandas não fazem sucesso nenhum, não...
  • Luiz: Que manchete mais tendenciosa e sacana, Itapetinga merecia uma imprensa mais responsável.
  • Anônimo: Davi. Não foi assalto. Simplesmente os garotos foram socializar os celulares e logo em seguida devolveram...
  • Anonymous: Poltronas quebradas, carros sem descanso dos pés.
  • Turab molay: Moro no Clerolandia desde criança um dos bairros esquecidos pela a administração pública, via chico...
  • Jorge: Essa avenida é de exclusivo interesse do município de itapetinga, os moradores e comerciantes dessa avenida...
  • Anonymous: Senhor sabe tudo,se vc no alto da sua sabedoria entendesse um mínimo de administração pública,não tava...
  • Davi Ferraz: Póca urna querendo aparecer. Tiro surdo…
  • Retado: Davi, que história é essa que um tal vereador sem expressividade será candidato a vice governador? Notícia...
  • Anonymous: Deixa de ser ignorante cidadão! Ele tem feito o que está dentro de suas diretrizes, se fosse tão simples...
  • O Indagador: Faz arminha que o preço baixa!!!
  • Anonymous: Eu quero ver a cara desse povo quando lula colocar Jerônimo debaixo do braço e for pro pau,aí vamos ver...
  • Anonymous: Quem t que ser (demitido) é o senhor presidente.esse encenação sem lógica de tá esbravejando contra a...
  • Marcio: Manda ele vir pela estrada de macarani, e ver se tem condições de passar, ou até mesmo pela estrada de...
leitores online


SANDRO RÉGIS LAMENTA DEMISSÕES NA AZALÉIA

 

O deputado estadual e líder do bloco parlamentar PR/PSDB, Sandro Régis, utilizou a tribuna da Assembleia hoje (15.06) para protestar contra as demissões em massa que vem ocorrendo na fabrica da Azaléia, instalada no município de Itapetinga.  O parlamentar aproveitou as informações divulgadas na matéria publicada no jornal A Tarde, intitulada “Azaleia já demitiu 2,3 mil funcionários na Bahia” para manifestar o seu desagrado com a situação.

Sandro citou que o presidente da Vulcabras/Azaléia, Milton Cardoso, afirmou na matéria que a culpa das 2,3 mil demissões e da “inércia do governo no combate às fraudes nas importações”. Para Sandro “Falta interesse do governo em manter a fabrica na região sudoeste da Bahia”.

 O Parlamentar finalizou o seu pronunciamento fazendo um apelo ao governador que não permita mais demissões e não abandone o povo de Itapetinga e região.

Ascom

1 resposta para “SANDRO RÉGIS LAMENTA DEMISSÕES NA AZALÉIA”

  • Geraldo Habib says:

    LAMENTO NÃO ESTAR NA EUROPA, LAMENTO O PT SER GOVERNO, LAMENTO TER QUE ESCUTAR E VER UM MONTE DE POLITICOS ENGANANDO O POVO, LAMENTO, LAMENTO , LAMENTO. QUE DIABOS VOCE FEZ PARA EVITAR ESTAS DEMISSOES. DEIXA DE DE3MAGOGIA E VA TRABALHAR PELO POVO DE ITAPETINGA SR. DEPUTADO.

Deixe seu comentário


  • 24 de maio de 2022 | 10:06


  • 29 de abril de 2022 | 10:42

  • ESPAÇO RECANTO MARINHO
    29 de março de 2022 | 00:43

  • MORADA DO PARQUE
    29 de março de 2022 | 00:04


  • 28 de março de 2022 | 23:37


  • 27 de março de 2022 | 01:11


  • 27 de março de 2022 | 00:52


  • 26 de março de 2022 | 01:20

  • RODRIGO TÁ FECHADO COM PEDRO TAVARES
    14 de fevereiro de 2022 | 22:34

    Outra especulação sem pé nem cabeça tenta por em dúvida o apoio de Rodrigo Hagge ao deputado Pedro Tavares (DEM), o que não tem cabimento a essa altura do campeonato. Rodrigo tem reiterado o seu apoio ao deputado Pedro Tavares, que tem desempenhado um excelente trabalho em defesa das pautas de Itapetinga na Assembleia Legislativa e junto aos órgãos governamentais, gozando da inteira confiança de Rodrigo e do grupo. Não tem concorrente à altura no município e será reeleito com grande votação. O resto é conversa besta de quem não tem informação segura e só vive de intriga…

  • RODRIGO FICA E NÃO ABRE
    14 de fevereiro de 2022 | 21:40

    Pela milésima vez, especulam sobre uma improvável candidatura do Rodrigo Hagge a deputado estadual ou federal, interrompendo o seu mandato de prefeito faltando 2 anos e 8 meses do final, que só ocorrerá em 31 de dezembro 2026. Dois fatores são determinantes para que ele continue no cargo de prefeito, sem se arriscar numa aventura que pode não dar certo: 1º – o compromisso assumido com a população durante sua campanha para prefeito: 2º – a falta de articulação para construção de bases eleitorais em outros municípios, capazes de garantir sucesso numa eleição disputadíssima para o legislativo. Rodrigo vai longe, mas pode esperar mais um pouco.

  • RSSArquivo de Quentinhas & Boas »


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia