Policiais civis e militares foram transferidos para prisão em Salvador

 

Já estão na Corregedoria da Polícia Civil de Salvador, o delegado e outros oito policiais civis de Camacã, no sul da Bahia, presos na última terça-feira. Os policiais são suspeitos de fazer parte de uma quadrilha que praticava assassinatos, extorsão e receptação de carga roubada, entre outros crimes. Também estão presos no interior do estado o Comandante da Companhia da Polícia Militar de Camacã, outros três PMs e três empresários.

Os policiais civis que estavam detidos no município de Itabuna e chegaram à Corregedoria da Polícia, em Salvador, no fim da tarde de quarta-feira. Os presos, que não quiseram falar com a imprensa, cobriram os rostos, sendo cercados pelos advogados. A PM informou que vai investigar todas as denúncias. Os quatro policiais militares detidos foram levados para o Batalhão de Choque da PM, em Lauro de Freitas. Os empresários estão presos na delegacia de Ilhéus. (G1)