Um grupo formado por 129 militares israelenses deve chegar às 21h30 desde domingo, 27, em Minas Gerais para auxiliar nas buscas por vítimas do desastre em Brumadinho. A equipe é especializada em resgate durante catástrofes com uso de sonares e vai trazer material eletrônico e de escavação. Cães farejadores também acompanham o grupo.

A previsão era de que a equipe sairia de Jerusalém às 6 horas (horário de Brasília). Funcionários da embaixada de Israel em Brasília vão para Minas Gerais para dar apoio logístico à equipe.

A operação foi coordenada pelo presidente Jair Bolsonaro e pelo primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu com apoio de Yossi Shelley, embaixador do país no Brasil.

Após sobrevoar a área da trágédia, na manhã deste sábado, 26, o presidente anunciou a parceria com Israel apra localização das vítimas. //Estadão