Segundo matéria postada no blog Políticos do Sul da Bahia, neste domingo, o delegado de polícia Roberto Junior teria sido convidado pelo senador Otto Alencar para se filiar ao seu partido, o PSD, para ser candidato a prefeito de Itapetinga em 2020.

Ocorre que o nome do ex vice-prefeito Alécio Chaves tem a preferência do partido no município, sendo o preferido de Leo Matos, ligado ao deputado Antônio Brito, e Alfredo Cabral, ‘homem de confiança’ de Otto em Itapetinga e região.

Para complicar ainda mais o jogo, Alécio é uma das opções do deputado Rosemberg Pinto (PT) para disputar a prefeitura, já que o ex-prefeito Zé Carlos é ‘ficha-suja’, com 5 contas rejeitadas pelo TCM, e deve ficar fora da disputa.

Com mais um postulante no time governista, a oposição em Itapetinga, que ainda não superou as suas diferenças, entra na disputa mais dividida que na eleição passada, quando se desintegrou na reta final e perdeu o pleito de goleada.

Um ‘alecista’ de carteirinha me disse há pouco o seguinte: “o delegado manda na cadeia, mas as ‘chaves’ são de Alécio (Chaves)…”

Será mesmo?

Por Davi Ferraz