Muita gente achou que depois de dois anos sem os tradicionais festejos de São João, os empresários do entretenimento iam surfar na onda da abstinência do público e lucrar horrores com as festas privadas. Engano.

Dos muitos eventos anunciados e confirmados, muitos não pipocaram, vários bateram na trave e pouquíssimos estão rindo à tôa. Do Lago ao Bosque, do Sfrega ao Piu-Piu, do Ticomia ao Brega Light, tem muito empresário puto da vida.

O povo tá com saudade de festa, mas também está sem dinheiro pra gastar e o preço dos ingressos está nas alturas. Resultado: vão lotar as praças das cidades, que terão as mesmas atrações dos grandes eventos privados de forró. //BNews