Em meio a uma pandemia, vale tudo pela imunização. Assim pensa um trabalhador da construção civil que inovou e apareceu a um drive-thru de Salvador a bordo de uma retroescavadeira.

Trabalhando na obra de requalificação da Avenida Adhemar de Barros, Melquíades Ferreira Santana se dirigiu com o equipamento ao posto montado pela Prefeitura na Ufba (Universidade Federal da Bahia), aproveitando que não havia fila no local, na tarde de quarta-feira (4).

O operário contou que já havia tentado se imunizar antes, mas não havia conseguido por ter esquecido de fazer o recadastramento do SUS. Com o cadastro atualizado, retornou para receber o imunizante.  Aos 41 anos, Melquíades conta que foi recebido com surpresa pela equipe de vacinação, que fez questão de registrar o momento ao lado dele.

Para Santana, a melhor maneira de se precaver da Covid-19 é tomando a vacina. “Tem que tomar, para melhorar a pandemia. Eu tenho certeza que se não tomar é pior”. Perguntado se voltaria para a segunda dose ou para outra imunização a bordo do instrumento de trabalho, ele não pensou duas vezes: “Com certeza! Por que não?”