Na última sexta-feira (4), a Anvisa liberou a compra e aplicação da vacina russa Sputnik-V pelos estados, dentre eles a Bahia. De acordo com o secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, as 300 mil doses destinadas à Bahia irão imunizar 150 mil pessoas, com intervalo de 30 dias entre a primeira e a segunda aplicação.

Segundo o secretário, as vacinas não serão utilizadas em Salvador, devendo ser aplicadas nas populações de cidades médias do interior do estado.

De acordo com informações colhidas pelo Sudoeste Hoje, Itapetinga poderá receber cerca de 4 mil doses da vacina russa, para serem aplicadas em público específico e sem comorbidades, conforme determinação  da própria Anvisa.

A data de chegada das vacinas e as cidades de destino ainda não foram divulgadas pela Sesab.

Por Davi Ferraz