Pelo menos 70 festas irregulares foram desmobilizadas pela Polícia Militar em Porto Seguro, na Costa do Descobrimento, entre 28 de dezembro e 3 de janeiro. As ações foram resultado do reforço na fiscalização do cumprimento do decreto que proíbe festas e shows de qualquer natureza no estado para evitar a proliferação da Covid-19.

Através do 8° Batalhão de Polícia Militar e unidades especializadas, a corporação endureceu a fiscalização nos bares distribuídos na orla de Porto Seguro. A medida conseguiu reduzir as aglomerações de baianos e turistas nos estabelecimentos comerciais.

Imagens do Bar Toa Toa, na sexta (1º) e neste domingo (3), mostram a diminuição alcançada pela força de segurança estadual, segundo a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA).

Em Trancoso e Arraial D’Ajuda, distritos de Porto Seguro, eventos em casas de alto padrão, bares e em vias pública também foram encerrados.

“Recebemos essa difícil missão e estamos cumprindo com total dedicação. Esperamos que, nos próximos dias, não tenhamos alta no número de infectados pela covid-19”, desejou o comandante-geral da PM, coronel Anselmo Brandão.