Na convenção municipal do DEM, em Maiquinique, os partidários do prefeito Jesulino Porto promoveram, mesmo em tempos de pandemia, uma passeata com cerca de mil pessoas, a maioria sem máscaras, pelas ruas da cidade, em flagrante desrespeito às normas estabelecidas por decreto estadual e municipal.

De acordo com as normas baixadas pelo próprio TSE, as convenções devem ser realizadas com restrição de acesso de pessoas, para evitar aglomerações e consequente contaminação pela Covid-19.

Pelas imagens portadas nas redes sociais, os apoiadores de Jesulino decidiram ‘chutar o pau da barraca’, numa demonstração inequívoca de falta de bom senso e de total irresponsabilidade.

Por Davi Ferraz