A CGU (Controladoria-Geral da União) já acumula quase 4 mil denúncias de desvios, superfaturamento, e favorecimento de empresas contra administrações públicas no uso de recursos da Saúde para o enfrentamento ao Covid-19.

Muitas destas denúncias ganharam corpo, após uma apuração conjunta com o Ministério Publico, Tribunal de Contas da União, e por determinação judicial, transformadas em investigação pela Polícia Federal.

PF apurando casos por ordem judicial

A Polícia Federal já apura casos nos Estados do Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Rio de Janeiro, Roraima, Santa Catarina, São Paulo, Tocantins e o Rio Grande do Sul. As investigações apuram o impacto da corrupção relacionada ao dinheiro enviado pelo Governo Federal e que deveria ser aplicada no cuidado com o Coronavírus.

Segundo a Controladoria-Geral da União, são quase 4 mil denúncias relacionadas com a pandemia. As investigações apontam para compras sem licitação, que ultrapassam a R$ 1 bilhão.