Ex-ministro petista e ex-governador tucano apresentaram pedidos de soltura com base em decisão do STF que barrou prisão em 2° instância.

Tal como Lula, os dois vão aguardar análise de recursos em liberdade.Além do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a decisão do Supremo Tribunal Federal que barrou a prisão em segunda instância também teve impacto na situação de outros políticos condenados que cumpriam pena.

O ex-ministro petista José Dirceu e o ex-governador de Minas Eduardo Azeredo (ex-tucano e hoje sem partido) também conseguiram nesta sexta-feira decisões na Justiça para deixar a prisão.

Outros presos da Lava Jato devem deixar as prisões, nas próxima hora, sem contar com os milhares de presos comuns que também podem ser beneficiado com o retrocesso imposto pelo STF.