O líder do governo na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Rosemberg Pinto (PT), defendeu, neste domingo (21), que o governador Rui Costa (PT) não participe do ato de inauguração do novo aeroporto de Vitória da Conquista, marcado para a próxima terça-feira (23), com a presença do presidente Jair Bolsonaro (PSL).

Segundo o parlamentar petista, dos 300 convidados, Rui Costa terá direito a chamar “apenas” 70 pessoas.”[Rui tem que cancelar a participação] primeiro pela deselegância e preconceito do presidente contra os governadores do Nordeste. Segundo, Bolsonaro quer organizar um evento só para a elite. Nós queremos uma cerimônia para o povo”, ressaltou.

Rosemberg afirmou, ainda, que o prefeito de Vitória da Conquista, Hérzem Gusmão (MDB), terá direito a 50 convidados, e Bolsonaro outros 150 convidados, além de 30 jornalistas. “Ou seja, serão 200 pessoas para vaiar o governador Rui Costa”, ressaltou.

Para o petista, Rui deve realizar um ato de inauguração após o evento organizado pelo presidente. “O ato poderá ser na parte da tarde do dia 23, ou no dia 24 ou 25, quando o aeroporto começará a operar voos comerciais para São Paulo e Minas Gerais”, sugeriu. //Bahia Notícias