fevereiro 2019
D S T Q Q S S
« jan   mar »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728  
Acesse o Sudoeste Hoje via Mobile em qualquer lugar!
  • Davi Ferraz: O pior dos crimes é o latrocínio
  • Cavaquim: Dois vagabundos que logo estarão soltos pela “justiça” brasileira.
  • Anonymous: A minha filha martaram em vit da conquista em junho e até agora ñ se sabe de nada.
  • Martha Aulete: PT, a gente não é bobo… Eis: Filosofia do PT: Embustismo, zorra, bilontragem, vigarismo,...
  • Anonimo: Porque os melicianos tão nas ruas e Lula José dirceu não pode eles nunca mataram vereadora
  • Anonymous: E o que se diz pastor? Não vai ser condenado também não? É conivente
  • IMPRESSÕES DIGITAIS: Podem verificar que há impressões digitais de um dos assassinos no adesivo que eles colocaram no...
  • BIA: NO PROGRAMA ELES ESTAVAM DIZENDO QUE VÃO CONTINUAR ,PORQUE O QUE ELES FAZEM NÃO DENIGRE NÃO OFENDE POIS ELES NÃO...
  • LU Mendes: Nossa que absurdo
  • LU Mendes: Meu Deus que coisa eh?
  • JONARA MORAES SOUZA: E agora José? kkk que pepelão eh?
  • Itapetinguense: Lamentável ,o pior que não vão aprender, são pagos para fazer esse papel.
  • Funcionário do hospitar: Concordo vc esses radialista tão longe de ser um bom profissional, fala mal da gestão q tá...
  • Vera: São muito agressivos.
  • sevidor: Eu não gosto do programa deles por que falam muito palavrão
leitores online


:: 27/fev/2019 . 18:16

CAIXA AFASTA GERENTE ACUSADO DE RACISMO CONTRA EMPRESÁRIO NEGRO NA BAHIA

Após a repercussão de um vídeo no qual o autônomo Crispim Terral afirmou ter sido vítima de racismo por parte de um gerente da Caixa Econômica Federal em Salvador, o banco informou, em nota divulgada hoje (27), que uma apuração foi aberta pela Corregedoria e o empregado foi afastado da agência.

Ainda segundo o comunicado, a Caixa vai realizar um treinamento específico com toda a rede de atendimento para reforçar sua Política de Relacionamento com Clientes. “A CAIXA prima pelo respeito à diversidade de raça, origem, etnia, gênero, cor, idade, classe social ou qualquer tipo de diferença entre as pessoas”, diz o texto.

Confira a íntegra da nota:

“A CAIXA repudia práticas e atitudes de discriminação cometidas contra qualquer pessoa. Sobre o ocorrido na agência Relógio de São Pedro, em Salvador, informamos que o banco abriu uma apuração pela Corregedoria e afastou o empregado da agência. A CAIXA vai realizar amanhã (28) um  treinamento específico com toda sua rede de atendimento para reforçar sua Política de Relacionamento com Clientes.

Ressaltamos que as relações da CAIXA com seus clientes e usuários são orientadas pela ética, com respeito aos direitos humanos universais. A CAIXA prima pelo respeito à diversidade de raça, origem, etnia, gênero, cor, idade, classe social ou qualquer tipo de diferença entre as pessoas. Outra diretriz da Política é o atendimento com zelo, presteza e prontidão aos clientes e usuários, de forma justa e equitativa.”

WAGNER, GABRIELLI, PELEGRINO E MARCELO NILO RECEBERAM CAIXA DOIS, DIZ DELATOR DO OAS

Executivo da OAS responsável pelas entregas de recursos na região Nordeste, Adriano Santana afirmou em sua delação premiada, homologada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), ter montado uma sistemática de pagamentos de caixa dois e propina para o grupo político do então governador da Bahia Jaques Wagner, hoje senador.

A informação foi revelada nesta quarta-feira (27) pelo jornal O Globo.

Segundo a publicação, Santana disse que pagou R$ 1 milhão em propina a Wagner, entre 2012 e 2013, período em que o petista ocupava o Palácio de Ondina. No documento obtido pelo GLOBO, os ex-executivos da OAS citam repasses de caixa dois associados a Wagner nos anos de 2010 e 2012, mas não há o valor que foi repassado.

Conforme Santana, o intermediário de Wagner no recebimento de propina e caixa dois junto a OAS era o empresário Carlos Daltro, ex-funcionário da empreiteira. O delator da OAS citou Wagner em dois anexos. Em um deles, descreve a utilização de um contrato fictício com uma empresa de Pernambuco para repassar, em 2013, a propina de R$ 1 milhão a Carlos Daltro, que seria operador de Wagner.

Procurado, o senador não quis comentar a delação: “A defesa do senador Jaques Wagner informa que não comentará uma informação que desconhece, sobre uma suposta delação premiada à qual sequer teve acesso”, disse Wagner, por meio de sua assessoria.

Gabrielli, Pelegrino e Marcelo Nilo

Além do ex-governador petista, o ex-presidente da Petrobras e ex-secretário de Planejamento do governo baiano José Sérgio Gabrielli é apontado pelo ex-executivo Ramilton Lima como beneficiário de uma mesada de R$ 10 mil paga pela empreiteira depois que ele deixou a estatal, em 2012. O dinheiro teria sido repassado ao petista, em espécie, na filial da construtora em Salvador, durante todo o ano de 2013, totalizando R$ 120 mil.

A defesa de Gabrielli afirmou ao jornal O Globo que “desmente categoricamente” a acusação.

De acordo com os delatores, a influência de Jaques Wagner teria feito a empreiteira realizar repasses de caixa dois para seus aliados na Bahia. Segundo Adriano Santana, o deputado federal Nelson Pelegrino (PT-BA) recebeu da OAS R$ 1 milhão, via caixa dois, em 2012, quando disputou e perdeu a eleição para a Prefeitura de Salvador. O advogado de Pelegrino, Maurício Vasconcelos, afirmou que não tem conhecimento do teor da delação e, por isso, “não tem momentaneamente nenhum comentário a fazer sobre o tema”.

Principal aliado de Wagner na Assembleia Legislativa da Bahia durante os governos do petista, o atual deputado federal Marcelo Nilo (PSB-BA), que presidiu o parlamento estadual quatro vezes, recebeu, segundo Santana, “vantagem indevida” da OAS. Os valores variavam de R$ 50 mil a R$ 400 mil e teriam sido pagos entre 2012 e 2013. Marcelo Nilo rechaçou a acusação: “Nunca recebi recurso de nenhum Adriano Santana, porque não conheço ninguém com esse nome”.

ILUMINAÇÃO À LED É INSTALADA NA AV. CATOLÉ

A construção da nova Avenida Catolé, ligando os residenciais 12 de Dezembro, José Ivo e Vila Érika ao centro da cidade, é uma obra que vem sendo tocada com todo capricho pela Secretaria de Urbanismo da Prefeitura Municipal de Itapetinga.

Na primeira etapa da obra, foi realizada a reconstituição quase que total da drenagem, redes de água e esgotos, feitas de grosso modo na gestão passada, o que demandou muito tempo e custos acima do previsto.

Em seguida foram assentados os meio-fios e e alguns reparos nos cruzamentos com as ruas do Vila Érika, para evitar erosão.

Nesta terça (26), foi concluída a implantação de moderna iluminação nas torres centrais da avenida, com luminárias à LED, dando um toque de modernidade à via pública, que promete ser uma das mais bonitas da cidade, de acordo com o prefeito Rodrigo Hagge.

Resta, segundo a Secretaria de Urbanismo, a pavimentação asfáltica, cuja licitação já está em fase final. Em seguida serão feitas as calçadas, jardinagem e sinalização da avenida.

Por Davi Ferraz  


  • 8 de outubro de 2019 | 20:24


  • 8 de outubro de 2019 | 20:02


  • 8 de outubro de 2019 | 09:39

    ITAPETINGA E REGIÃO


  • 19 de agosto de 2019 | 18:45


  • 3 de agosto de 2019 | 21:32

  • HOTEL HERCÍLIA PACHECO
    25 de março de 2019 | 22:23


  • 19 de março de 2019 | 12:52


  • 19 de março de 2019 | 12:38

    Resultado de imagem para sitio itororo


  • 7 de dezembro de 2018 | 00:58


  • 8 de novembro de 2018 | 20:34

  • RSSArquivo de Quentinhas & Boas »


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia