O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) nomeou um servidor morto para um cargo do órgão. O Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado da Bahia (Sinpojud) publicou em novembro do último ano uma nota de falecimento de Eduardo Pereira da Silva, que trabalhava na comarca de Ituberá.

No entanto, uma decisão assinada nesta quarta-feira (7) pelo presidente do TJ-BA, Gesivaldo Brito, designa Eduardo “para ter exercício na Vara dos Feitos Relativos às Relações de Consumo, Cíveis e Comerciais”.

O decreto foi publicado na edição desta quinta (8) do Diário da Justiça do Estado da Bahia, mas a data e o local da posse do ‘de cujus’ ainda não foi definida. Deve ser no Campo Santo, no dia dos finados.

De tanto fazer bobagem, o TJ da Bahia virou piada.

Por Davi Ferraz (Informações Bahia Notícias)