Acesse o Sudoeste Hoje via Mobile em qualquer lugar!
  • Anonymous: Meu caro editor,o data folha já mostrou a mais nova pesquisa é vinte e um pontos de diferença e lula ,o...
  • Jorge: Só não entendo porque o SAAE não disponibiliza débito automático como todos os outros serviços.
  • Anonymous: Vc não está atualizado? Não tem visto às pesquisas..mas entendi, vc não vota no Lula.
  • Fernando: Acho interessante ainda terem coragem de postar isso vendo que e mais fácil assumir que não se tem a cura a...
  • Cadê o forró: É uma pena uma festa junina sem forró. com exceção de Juá da Bahia. Esses outros “artistas”...
  • Retado: O(s) empresário(s) de algumas bandas contratadas devem ser mágicos pq as bandas não fazem sucesso nenhum, não...
  • Luiz: Que manchete mais tendenciosa e sacana, Itapetinga merecia uma imprensa mais responsável.
  • Anônimo: Davi. Não foi assalto. Simplesmente os garotos foram socializar os celulares e logo em seguida devolveram...
  • Anonymous: Poltronas quebradas, carros sem descanso dos pés.
  • Turab molay: Moro no Clerolandia desde criança um dos bairros esquecidos pela a administração pública, via chico...
  • Jorge: Essa avenida é de exclusivo interesse do município de itapetinga, os moradores e comerciantes dessa avenida...
  • Anonymous: Senhor sabe tudo,se vc no alto da sua sabedoria entendesse um mínimo de administração pública,não tava...
  • Davi Ferraz: Póca urna querendo aparecer. Tiro surdo…
  • Retado: Davi, que história é essa que um tal vereador sem expressividade será candidato a vice governador? Notícia...
  • Anonymous: Deixa de ser ignorante cidadão! Ele tem feito o que está dentro de suas diretrizes, se fosse tão simples...
leitores online


PREÇO DO TOMATE VIRA CHACOTA

 

Símbolo da escalada da inflação que o governo da presidente Dilma não consegue conter, o nosso queridíssimo tomate virou vilão e motivo de piadas e chacotas nas rede sociais. A todo momento aparece uma brincadeira associando o preço do tomate com às trapalhadas dos nossos governantes, que prometem baixar os preços, mas nunca conseguem. Veja essa aí que está rolando no Facebook.

Davi Ferraz

11 respostas para “PREÇO DO TOMATE VIRA CHACOTA”

  • estes brincalhoes. Eduardo Campos vem ai, cuidado petralhada sem rumo.

  • “Eduardo Campos vai dar trabalho, muito trabalho ao PT”, diz Malafaia

    Se o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), queria impressionar o pastor Silas Malafaia, conseguiu. Campos, provável candidato a presidente da República, encontrou-se com Malafaia em um hotel da Zona Oeste do Rio, no sábado. “O governador diz coisas boas e coisas ruins do governo atual. Fala da combinação de 1% de crescimento com 6% inflação. Eduardo Campos vai dar trabalho, muito trabalho ao PT”, diz Malafaia. O religioso diz que não houve acordo sobre a eleição de 2014. “Ele não veio me pedir apoio. Quis me conhecer e eu queria conhecê-lo também”, afirma o pastor.

  • é uma questão de tempo para ver o santo de pés de barro envolvido nesta sujeira toda.

    PF instaura inquérito para apurar envolvimento de Lula com mensalão
    DE BRASÍLIA

    A Polícia Federal instaurou na noite de ontem um inquérito para investigar se o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva teve participação no escândalo do mensalão. A investigação ficará a cargo da delegacia de crimes financeiros.

    Na semana passada, a Procuradoria da Republica do Distrito Federal havia determinado a abertura da investigação baseada no depoimento do operador do mensalão, o publicitário Marcos Valério.

    Cardozo diz que PF tem autonomia para investigar Lula
    Gurgel afirma que Lula será investigado com isenção
    Lula se nega a comentar pedido de inquérito para investigá-lo no caso

    Avener Prado – 26.mar.13/Folhapress

    Ex-presidente Lula em evento que aconteceu em SP

    A PF fez uma análise da documentação enviada antes de abrir o inquérito, cuja portaria de instauração foi assinada ontem. O prazo inicial da investigação é de 30 dias. Se for necessário mais tempo, a Justiça terá que autorizar a prorrogação.

    É a primeira vez que será aberto inquérito criminal para investigar se Lula atuou no mensalão.

    No processo principal do escândalo, julgado no ano passado pelo Supremo, Lula não foi investigado. Ele prestou depoimento, por ofício, apenas na condição de testemunha chamada por diferentes réus do processo.

    O depoimento de Valério foi dado à Procuradoria-Geral da República em setembro do ano passado, no meio do julgamento do mensalão.

    Entre outras acusações, o publicitário afirmou que Lula, o ex-ministro Antonio Palocci e Miguel Horta, então presidente da Portugal Telecom, negociaram repasse de US$ 7 milhões para o PT.

    Valério afirmou que o ex-presidente e Palocci reuniram-se com Horta no Palácio do Planalto e combinaram que uma fornecedora da Portugal Telecom em Macau, na China, transferiria o valor combinado para o PT.

    O dinheiro seria usado em campanhas petistas e para comprar deputados, segundo Valério.

    No pedido enviado à PF, a Procuradoria solicitou “diligências” para averiguar até a exata data do encontro citado por Valério. Não há ainda previsão de quando depoimentos serão tomados, segundo a Folha apurou.

    O depoimento foi enviado para a primeira instância já que nenhum dos citados têm foro privilegiado.

    A Procuradoria da Republica do DF analisou o depoimento de Valério e, a partir daí, abriu seis procedimentos criminais. Um desses procedimentos foi, agora, transformado em inquérito. Os outros são preliminares e podem ou não ser transformados em investigações policiais.

    Condenado a 40 anos de prisão no julgamento do mensalão, Valério fez outras acusações no depoimento, como a de que Lula se beneficiou com recursos do esquema. O petista sempre negou.

    Na sexta-feira, o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto, afirmou que “não há nova informação em relação às publicadas há cinco meses”, quando o depoimento de Valério foi remetido à primeira instância. Lula não quis se pronunciar em viagem à Inglaterra esta semana.

    Advogado do ex-ministro Palocci, José Roberto Batochio chamou o depoimento de Marcos Valério de “invencionice” e negou a existência do encontro no Planalto.

  • A chapa ta pra la de quente para este desesperado.

    12/04/2013 – 03h30
    Declaração de Dirceu sobre Fux causa incômodo no Planalto
    Publicidade

    DE BRASÍLIA

    A acusação do ex-ministro José Dirceu de que Luiz Fux prometeu votar contra o mensalão para obter apoio à sua indicação ao STF incomodou assessores próximos à presidente Dilma Rousseff.

    A avaliação de integrantes do Palácio do Planalto é a de que as declarações do petista, feitas à Folha, expuseram a presidente ao dar margem a interpretações de que ela cedeu a pressões de seu partido na nomeação à corte.

  • isso ai pra nós.

    12/04/2013
    às 11:47 \ Direto ao Ponto

    O sertanejo sitiado pela seca é antes de tudo um frágil dependente das vigarices forjadas por espertalhões federais

    A seca no Nordeste é a maior dos últimos 50 anos e não tem prazo para terminar. Além da chuva e do caminhão-pipa, incontáveis brasileiros esperam sentados pelas águas do São Francisco que Lula prometeu para 2006, 2008 e 2010 mas continuam onde sempre estiveram. “Esta é uma das maiores obras já feitas no mundo que beneficiará 12 milhões de pessoas, o que significa vida e que nossos filhos não serão vítimas de doenças”, desandou Dilma Rousseff há quatro anos, numa das escalas da expedição de ministros liderada pelo chefe supremo (veja o post no Vale Reprise).

    Ainda no comando da Casa Civil, o neurônio solitário naufragou de vez no fecho do falatório: “O sertão está virando mar e desta vez o sertão vai virar mar”. Conversa de 171. As carcaças de animais, a terra esturricada e os rostos mumificados antes da morte física e os canteiros de obras em frangalhos atestam que o sertão só virou mar em palavrórios eleitoreiros.

    O restante do texto em Veja.

  • Explica pra nós. Esse bando de abestalhado que bancou esta farra da teuda e manteuda do analfabeto.

    28/03/2013
    às 21:05 \ O País quer Saber
    Rose foi a única inscrita no Programa Conheça o Mundo com o Presidente

    Entre dezembro de 2005 e novembro de 2010, Rosemary Noronha participou de 34 viagens oficiais que lhe permitiram não fazer nada, além de alegrar o presidente da República, em 24 países distribuídos por três continentes. Durante o dia, Lula fazia discursos. Rose fazia compras ou se juntava aos ouvintes do Exterminador do Plural. A dupla só se juntava à noite. É certo que não misturavam assuntos públicos com prazeres privados, mas ninguém sabe o que conversavam. O que todo mundo sabe é o que faziam.

    Confira o roteiro do Programa Conheça o Mundo com o Presidente.

    2005

    Dezembro – Cúpula do Mercosul, Montevidéu (Uruguai).

    2006
    Julho – Cúpula do Mercosul, Córdoba (Argentina).

    2007
    Junho – Cimeira União Europeia-Brasil, Lisboa (Portugal)
    Julho – Conferência Internacional de Biocombustíveis, Bruxelas (Bélgica)
    Novembro – Cúpula Ibero-Americana, Santiago (Chile)
    Dezembro – Posse da presidente Cristina Kirchner, Buenos Aires (Argentina); Visita de trabalho, Caracas (Venezuela); Declaração sobre o Corredor Bioceânico, La Paz (Bolívia); Cúpula do Mercosul, Montevidéu (Uruguai).

    2008
    Abril – Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento, Acra (Gana)
    Maio – Cúpula da Alc-UE (Conferência de Ciência e Tecnologia), Lima (Peru)
    Julho – Cimeira da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, Lisboa (Portugal)
    Outubro – Visita oficial, Madri (Espanha); Cúpula Ibero-americana, São Salvador (El Salvador); Visita oficial, Havana (Cuba).

    2009
    Março – Cúpula América do Sul-Países Árabes, Doha (Qatar); Encontro bilateral, Paris (França)
    Abril – Cúpula do G-20, Londres (Inglaterra)
    Maio – Posse presidencial de Maurício Funes, São Salvador (El Salvador); Encontro bilateral, na Guatemala; Encontro bilateral, San José (Costa Rica)
    Agosto – Cúpula do Mercosul, Assunção (Paraguai)
    Novembro – Encontro bilateral, Caracas (Venezuela)
    Dezembro – Visita de Estado, Kiev (Ucrânia); Cúpula Ibero-americana, Estoril (Portugal); Visita de Estado, Berlim (Alemanha); Encontro empresarial, Hamburgo (Alemanha).

    2010
    Março – Cúpula da América Latina e Caribe sobre Integração e Desenvolvimento e Cúpula G-Rio, Cancún (México); Visita oficial, em Havana (Cuba); Visita oficial, São Salvador (El Salvador)
    Maio – Visita oficial, Moscou (Rússia); Cimeira Brasil-Portugal, Lisboa (Portugal)
    Novembro – Encontro bilateral, Maputo (Moçambique); Cúpula do G-20, Seul (Coreia do Sul)

  • Renuncia fiscal nunca foi coisa que prestasse. Alguem vai pagar por isto.

    IMPOSTOS – 12/04/2013 13h05 – Atualizado em 12/04/2013 13h20

    O balcão de negócios de Brasília e a farra fiscal
    Em vez de realizar um corte linear de impostos, para beneficiar toda a sociedade, o governo promove “desonerações” no varejo e obriga empresários e políticos a “passar o pires” e jurar vassalagem, para receber as benesses oficiais
    JOSÉ FUCS

    O ministro da Fazenda, Guido Mantega, anuncia durante entrevista as novas medidas de reduções do imposto (Foto: Valter Campanato / Agência Brasil)

    Num país como o Brasil, em que o governo abocanha 36,2% do PIB (Produto Interno Bruto), a soma de todas as riquezas produzidas pela nação, qualquer “desoneração tributária” é mais que bem-vinda. Afinal, são raras, raríssimas, as oportunidades em que o governo, com seu apetite insaciável pelo dinheiro do contribuinte, aceita abrir mão de receitas por conta própria. Não me lembro de ter visto algo parecido antes. Então, quando isso acontece, como agora, com a multiplicação das desonerações promovidas por Brasília, não dá para não comemorar. Nas contas oficiais, serão R$ 70 bilhões em desonerações só em 2013. Se essa previsão se confirmar, significará, obviamente, mais dinheiro no bolso da população e no caixa das empresas para gastar e investir – e menos dinheiro na mão do governo para financiar a farra fiscal. Isso é sempre muito bom e merece aplausos.

    Acontece que, embora o “saco de bondades” tributárias do governo seja melhor do que nada, ele está longe, muito longe, de representar o corte de tributos desejável para aliviar o sufoco sofrido pelos indivíduos e pelas empresas no país. Está longe também de espelhar a crença da presidente Dilma Rousseff na necessidade de reduzir a carga tributária como um todo. Se Dilma quisesse realmente dar um sinal claro de sua fé no corte de impostos, patrocinaria uma redução linear para todos os setores da economia. Poderia ser uma redução de 0,5%, 1%, 2% ou seja lá quanto fosse, mas seria um corte válido para todos – algo que, no mínimo, seria bem mais justo, do que a seleção de beneficiários a granel, segundo critérios pouco transparentes para a sociedade, como tem feito o governo.

    A concessão de benesses no varejo mantém o balcão de negócios do Ministério da Fazenda em plena atividade. Premia alguns setores e deixa outros de fora, vivendo a pão e água, estimulando a peregrinação de empresários a Brasília, para apresentar seus pleitos e jurar vassalagem à corte. Trata-se de uma prática antiga, que marcou os tempos do milagre econômico, quando o economista Delfim Netto, então ministro da Fazenda, era chamado de “o czar da economia”, ressuscitada desde os tempos de Lula no Palácio do Planalto.

    Além disso, as desonerações promovidas pelo governo federal incluem tributos que deveriam ser divididos com estados e municípios e são feitas de forma unilateral, sem qualquer consulta e sem aprovação dos envolvidos. Isso também obriga os prefeitos e os governadores, sobretudo das regiões mais pobres do país, a passar o pires em Brasília, para receber mais recursos para investir, em troca de apoio político.

    Para poder reduzir impostos sem gerar inflação, o governo precisaria estar comprometido com uma política de controle fiscal exemplar – e está longe de ser o caso. O governo dá com uma mão, para iludir o cidadão desavisado, e tira com a outra, gastando mais do que arrecada e provocando o aumento da dívida pública e da inflação, que corrói o poder de compra da população. Corte de impostos é sempre bom, mas alguns cortes são melhores que outros. O modelo do beija mão implementado pelo governo só contribui para reforçar a velha cultura clientelista do país, contra a qual o PT sempre se posicionou quando estava na oposição.

  • Ontem junto com o padrinho politico pedindo a benção, sera que ele não sabia das falcatruas do Maluf ? Hoje, cuspindo no prato que comeu. Me deixe viu …

    Haddad: desvio de empresas de Maluf constrói 20 creches
    Agência Estado

    O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), afirmou nesta sexta-feira que os cerca de R$ 56 milhões a serem devolvidos pelas empresas ligadas ao deputado Paulo Maluf (PP) à Prefeitura de São Paulo são suficientes para a construção de 20 creches. Na noite dessa quinta-feira, 11, o Tribunal de Jersey rejeitou recursos da defesa e o repasse do valor definido pela sentença deverá ser feito até junho.

    Em entrevista à Rádio Estadão, Haddad comentou a decisão. “Não tem a ver com valor, tem a ver com Justiça. Hoje você tem que tomar procedimentos todo dia para coibir qualquer tipo de abuso. Não estou aqui para julgar ninguém. Estou aqui para usar o recurso público em benefício do público”, afirmou.

    O prefeito disse que o recurso é baixo se comparado ao orçamento municipal, mas ao usar o exemplo da construção de creches afirmou que o dinheiro pode beneficiar até 4 mil pessoas. “Não é pouca coisa, não.”

    O Tribunal de Jersey entendeu que duas empresas no exterior ligadas a Maluf fora usadas para desviar dinheiro de obras públicas da administração municipal. O deputado foi prefeito de São Paulo entre 1993 e 1996. Para a Corte, Maluf sabia que a origem do dinheiro depositado nas contas das empresas era irregular.

    O desvio, ocorrido em 1998, teria sido de US$ 10,5 milhões. Em razão das correções e multas, o valor a ser ressarcido à Prefeitura foi estipulado em US$ 28,3 milhões (cerca de R$ 56 milhões). Por meio de sua assessoria, o deputado informou apenas que seu nome não consta no processo e que as empresas vão apelar à Corte Suprema de Londres.

  • De São Salavador says:

    Davi, não vale copiar a Veja, literalmente. Informa isso aos teus sem ponto de vistas internautas! O Brasil vai bem, a América Latina também. Domingo (14), tem eleição na Venezuela, e aí?! Falar o quê?! O Velho Mundo está falido; até em religião. Estamos mudando o mundo. Fazendo um mundo para todos; para sermos todos mais felizes!

  • Davi Ferraz says:

    Amigo ‘De São Salvador’, você não vai começar de novo essa briga de direita e esquerda aqui, vai? Isso é um papo antigo, fora de moda, mesmo porque, no frigir dos ovos, direita e esquerda se confundem e acabam virando a mesma coisa. São muito parecidos nos seus métodos e se deleitam com a vida boa que o capitalismo lhes proporciona. A briga hoje é só pelo pelo poder. Ideologia, que é bom, já foi para o espaço há muito tempo, o negócio agora é $$$$$$$$$$$$$$

  • Na soja, na produção de carne, enfim no agro negocios e veja onde seu governinho de bravatas e arrogâncias vai parar. Os portos estão congestionados por navios que nao conseguem carregar por conta dos seus companheiros sindicalistas. EDUARDO CAMPOS só lhe agradece. ESTE PAIS E UM PAIS AGRÍCOLA, ESTA E A NOSSA VOCAÇÃO . SÓ PRECISAMOS DE GOVERNANTES QUE NAO ACHEM QUE PRODUTOR RURAL NESTE PAIS E UM CANCRO PARA A NAÇÃO.

    AO INVÉS DE COPAS DE FOOT BALL, RODOVIAS E FERROVIAS PARA TRANSPORTAR O QUE SE PRODUZ NESTE PAIS.

Deixe seu comentário


  • 24 de maio de 2022 | 10:06


  • 29 de abril de 2022 | 10:42

  • ESPAÇO RECANTO MARINHO
    29 de março de 2022 | 00:43

  • MORADA DO PARQUE
    29 de março de 2022 | 00:04


  • 28 de março de 2022 | 23:37


  • 27 de março de 2022 | 01:11


  • 27 de março de 2022 | 00:52


  • 26 de março de 2022 | 01:20

  • RODRIGO TÁ FECHADO COM PEDRO TAVARES
    14 de fevereiro de 2022 | 22:34

    Outra especulação sem pé nem cabeça tenta por em dúvida o apoio de Rodrigo Hagge ao deputado Pedro Tavares (DEM), o que não tem cabimento a essa altura do campeonato. Rodrigo tem reiterado o seu apoio ao deputado Pedro Tavares, que tem desempenhado um excelente trabalho em defesa das pautas de Itapetinga na Assembleia Legislativa e junto aos órgãos governamentais, gozando da inteira confiança de Rodrigo e do grupo. Não tem concorrente à altura no município e será reeleito com grande votação. O resto é conversa besta de quem não tem informação segura e só vive de intriga…

  • RODRIGO FICA E NÃO ABRE
    14 de fevereiro de 2022 | 21:40

    Pela milésima vez, especulam sobre uma improvável candidatura do Rodrigo Hagge a deputado estadual ou federal, interrompendo o seu mandato de prefeito faltando 2 anos e 8 meses do final, que só ocorrerá em 31 de dezembro 2026. Dois fatores são determinantes para que ele continue no cargo de prefeito, sem se arriscar numa aventura que pode não dar certo: 1º – o compromisso assumido com a população durante sua campanha para prefeito: 2º – a falta de articulação para construção de bases eleitorais em outros municípios, capazes de garantir sucesso numa eleição disputadíssima para o legislativo. Rodrigo vai longe, mas pode esperar mais um pouco.

  • RSSArquivo de Quentinhas & Boas »


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia