novembro 2011
D S T Q Q S S
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  
Acesse o Sudoeste Hoje via Mobile em qualquer lugar!
  • João Pedro: Foi a melhor atração no tradicional forro pé de serra parabéns juá vc representou os artistas da terra...
  • Leitor: Direto aqui em itapetinga está tendo incêndios em terrenos baldios e ninguém fiscaliza,e muito menos há...
  • Anonymous: Meu Deus! que tragédia
  • Rose: So pode ser piada, chega na ser ridícula. Fora Lula.
  • O Indagador: Pesquisa DataFolha de hoje: 23/06/2022 Lula 47% Bolsonaro 28% Ciro Gomes 8% Janones 2%
  • Servidor público: Então na próxima quinta-feira, 23,não terá ponto facultativo.
  • Davi Ferraz: As informações sobre os espaços na festa de São João da Lagoa são da responsabilidade da Secretaria de...
  • anônimo: Rivadávia Ferraz, quais os valores de espaços (ambulantes), para comercializar na festa de São João na lagoa?
  • Servidor público: Será que no dia 23 teremos ponto facultativo?
  • Retado: Estão preocupados com os cargos para os apadrinhados.
  • Servidor público: Será que teve a sessão e foi aprovado os reajustes?
  • Servidor público: Mas será que ja vai valer para o salário de junho?
  • Leitor: E os bancos vão abrir amanhã amanhã, 16?
  • Servidor público: So podia ser do PT mesmo, ptralhas contra os direitos dos servidores municipais
  • João: Toda semana sai pesquisa de intenção de votos para presidente. O site q é do interior da Bahia, não publica os...
leitores online


:: 18/nov/2011 . 19:17

OBRA QUE NUNCA ACABA

Esta obra na Av. Esperanto, entre a praça Monte Castelo e o Colégio Alfredo Dutra, já dura mais de 3 meses, segundo queixam os moradores próximos. Antes de acabar, teve que ser refeita, pois o calçamento afundou. O que era para ser um simples 'tapa-buracos' acabou se transformando em uma obra cara, daquelas que os 'empreiteiros' e seus coligados adoram. É dinheiro público saindo pelo ralo. Foto SUDOESTE HOJE

UBATÃ: EDSON NEVES ESTÁ DE VOLTA

Edson Neves retorna ao cargo após quatro meses

O segundo colocado nas eleições municipais de Ubatã, Edson Neves (DEM), retornará ao cargo ainda hoje ou no início da próxima semana, por determinação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O prefeito eleito, Agilson Muniz (PCdoB), havia sido cassado no ano passado. Neves assumiu o governo, mas Agilson conseguiu retornar há quatro meses, caindo novamente por decisão do TSE, em ação de abuso de poder econômico e compra de votos e 2008.

De acordo com o site Ubatã Notícias, a presidente da Câmara de Vereadores, Cássia Mascarenhas, recebeu ordem judicial para dar posse imediata a Neves. O segundo colocado esteve no poder por mais de um ano (entre 2010 e 2011). Pimenta

DEPUTADO SANDRO RÉGIS RESPONDE INDIRETA DE OTTO ALENCAR

Deputado responde indireta de Otto:

“Deus me deu inteligência para não renegar meus princípios”, rebateu Sandro

O deputado estadual Sandro Régis (PR) enviou uma nota ao Política Livre para responder à indireta do vice-governador Otto Alencar (PSD) declarando que quem considera a JAC Motors “meia-boca” possui pouca “massa cinzenta”. “Deus soube me dar inteligência para que eu não renegue os meus princípios e a minha convicção. É evidente que nunca fui nem sou contra a instalação de numa nova indústria automotiva na Bahia, apenas a comparei com outros empreendimentos similares que estão indo para outros Estados”, afirmou. Régis deu ainda uma alfinetada no PT e no passado de Alencar, com relação à vinda da Ford para a Bahia. “O vice-governador do Estado fique tranquilo, pois não farei como seus atuais queridos amigos do PT, que agora ele tanto aplaude, que fizeram de tudo para impedir a vinda da Ford para a Bahia. Na Assembleia Legislativa, continuarei mostrando, com o meu voto, que a Bahia é sempre a minha preocupação principal. Ser oposição não é ser pequeno, e sim exercer a democracia. A não ser, naqueles estados que o governo tenta intimidar com palavras e agressões pessoais”, disse o parlamentar. Política Livre

ITAPETINGA, PEDRA BRANCA

* Juscelino Souza

Anos 70. Eu, criança, aos cinco anos de idade e recém-chegado da roça, me vi apresentado à professora Maria Sampaio, de saudosa memória, no Conjunto Assistencial Dr. Guilherme Dias, na Rua Potiraguá, mesma rua onde vivi alguns dos melhores momentos da minha vida. Ali, na imensidão daquela sala de aula, no primeiro e mais antigo módulo, meus primeiros ensinamentos pedagógicos sobre o mundo exterior. Múltiplos aprendizados, profusão de saberes para uma cabeça pueril e muito conteúdo assimilado até os dias atuais.

Deixei meu torrão natal em 1992, depois de passar pelo “Polivalente” e “Alfredo Dutra”, para tentar a sorte em terras não tão distantes, mas completamente desconhecidas por mim. Aportei em Vitória da Conquista, a 100 km de distância de casa e a milhares e milhares de milhas de saudade dos meus pais, dos meus irmãos, dos meus amigos.

Muito ficou para trás e outro igual volume veio comigo. Deixei minha Itapetinga, que aprendi se chamar “Pedra Branca” na língua Tupi em alusão á grande quantidade dessa rocha, especialmente ao longo dos rios Pardo e Catolé.

Itapetinga, minha querida “pedra branca”, que saudades dos bons tempos, da Biblioteca, da Concha Acústica, da ACI, dos carnavais, das gincanas. Com raras e honrosas exceções, muitos espaços agora estão ocupados por uns poucos para uso coletivo de drogas.

Infelizmente nos dias atuais a conhecida “terra firme do gado forte”, das monumentais exposições no Parque Juvino Oliveira, já não se mostra “tão firme e tão forte”.

Das noites de lua cheia que iluminava os bate-papos na porta de casa, sem receio do “lobisomem”, da “mula sem cabeça” e dos vultos que povoam a infância, restam apenas saudades. Agora o medo é outro: assaltos, bala perdida, arrombamentos, execuções em plena luz do dia…

O que fizeram da minha Itapetinga, das festas de largo, dos tempos em que dormir com portas e janelas abertas era símbolo de confiança da hospitalidade do nosso povo? Portas e janelas abetas depois das 18 horas, só em raras ocasiões. Voltar a pé (ou de carro, ou moto) depois das 22 horas de uma festa já não é mais seguro.

Com a quebra da monocultura da pecuária, advinda do pólo industrial, Itapetinga experimentou um progresso repentino e, na esteira do avanço econômico, pagou um alto preço: perdeu a tranquilidade, viu se despedir do seu solo a pureza da grande maioria do seu povo.

Em troca, bolsões de miséria patrocinados por recorrentes invasões de terrenos urbanos, sem infraestrutura e invasão desenfreada de traficantes de drogas oriundos de todos os cantos e recantos do País.

Perdeu-se o respeito aos mais velhos, tomar a “benção” é cafonice, desafiar autoridade constituída é tido como normal e invadir espaços públicos, como fizeram no Plenário da Câmara Municipal, é fato.

Tatuar o nome do pai, da mãe, da namorada ou do filho (a), parecia agressão física aos mais recatados, nos anos 80, mas hoje, em vez disso, é sinal de respeito… Respeito aos chefes do tráfico, como fazem dezenas de seguidores de “Sérgio Freudenthal”, o mesmo que liderou a criminosa ocupação da Câmara este ano.

Por fim, lanço um apelo aos homens de bem, itapetinguenses ou não, para fazermos frente a esse avanço ilícito em nossos espaços e frear os que desafiam a lei.

Esqueçamos as distâncias pessoais, as disputas políticas e partamos para as políticas públicas. Unindo forças, somando esforços, vamos devolver a paz á Itapetinga antes que a nossa histórica “pedra branca” de verdade não se torne conhecida como a “pedra branca” de crack.

* Jornalista do Grupo A TARDE (www.atarde.com.br) desde 1994, com passagens pelas rádios Jornal e Cidade de Itapetinga, 100,1 (atual rede Transamérica), assessorias de comunicação do SEBRAE e Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, editor do Jornal A Conquista, produtor de jornalismo da TV Sudoeste e TV Cabrália e com textos publicados nos mais importantes jornais e revistas do País.


  • 6 de junho de 2022 | 10:06


  • 29 de maio de 2022 | 22:01


  • 29 de abril de 2022 | 10:42

  • ESPAÇO RECANTO MARINHO
    29 de março de 2022 | 00:43

  • MORADA DO PARQUE
    29 de março de 2022 | 00:04


  • 28 de março de 2022 | 23:37


  • 27 de março de 2022 | 01:11


  • 27 de março de 2022 | 00:52


  • 26 de março de 2022 | 01:20

  • RODRIGO TÁ FECHADO COM PEDRO TAVARES
    14 de fevereiro de 2022 | 22:34

    Outra especulação sem pé nem cabeça tenta por em dúvida o apoio de Rodrigo Hagge ao deputado Pedro Tavares (DEM), o que não tem cabimento a essa altura do campeonato. Rodrigo tem reiterado o seu apoio ao deputado Pedro Tavares, que tem desempenhado um excelente trabalho em defesa das pautas de Itapetinga na Assembleia Legislativa e junto aos órgãos governamentais, gozando da inteira confiança de Rodrigo e do grupo. Não tem concorrente à altura no município e será reeleito com grande votação. O resto é conversa besta de quem não tem informação segura e só vive de intriga…

  • RSSArquivo de Quentinhas & Boas »


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia