Este pedido de adiamento dos trabalhos da câmara de vereadores, pelo prefeito municipal, além de ser ilegal é um despropósito e precisa ser rechaçado, categoricamente, pela mesa diretora da câmara. Fica aí demonstrado, sem a menor dúvida, que a incompetência e o descaso é mesmo a marca do executivo municipal, qua gasta uma fortuna com os seus ‘aspones’ e só pode contar com um deles, para resolver os pepinos municipais: Israel Miranda. Não que o multifacetado ‘assessor’ seja alguma sumidade, mas porque ele entende do serviço e acaba tocando o barco, que fica à deriva quando ele aqui não está. Israel não mora em Itapetinga, e pelo que dizem, realiza serviços para outras prefeituras. Assim, fica todo mundo no compasso de espera, comendo na mão de um estranho, que deita e rola, Deus sabe como. Como diz o velho ditado, ’em terra de cegos quem tem um olho é rei”.