Wagner fez comicio em Salvador com Lula e Dilma

O governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), candidato à reeleição, mantém a vantagem na disputa pelo governo do Estado e, se as eleições fossem hoje, seria eleito no primeiro turno. Segundo pesquisa Datafolha feita nos dias 23 e 24, Wagner oscilou positivamente dois pontos percentuais e alcançou 47% das intenções de voto ao governo baiano. Seu principal adversário, o ex-governador Paulo Souto (DEM), manteve o patamar da pesquisa anterior, feita antes do início do horário eleitoral na TV: 23%. O ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB) oscilou um ponto para cima e agora tem 11%. A margem de erro da pesquisa é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. Bassuma (PV), Sandro Santa Bárbara (PCB) e Professor Carlos (PSTU) têm 1% cada. Marcos Mendes (PSOL) foi citado, mas não alcançou 1% das intenções de voto. Brancos e nulos somam 5%, e 12% dos entrevistados declaram não saber em quem votar. Foram ouvidos 1.088 eleitores baianos entre os dias 23 e 24 de agosto em 42 cidades do estado da Bahia. Contratada pela Folha, a pesquisa está registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com o número 25.403/2010. (Folha)