O candidato do PMDB a governador, Geddel Vieira Lima, foi perguntado há pouco pelo Política Livre sobre se já confirmou sua participação no debate que a União dos Municípios (UPB) promoverá no próximo dia 11 com todos os postulantes ao governo baiano. “Vou na UPB e vou em qualquer lugar. Se quiser marcar um debate no Palácio de Ondina, vou. Vou mesmo naquele em que não saiba as regras nem os perguntadores. Pode ser pauta livre, política, assunto pessoal, administrativo. Não faço nenhuma exigência para participar de debate”, disse o peemedebista, sem querer se referir diretamente ao governador Jaques Wagner (PT), cujos assessores estranharam o fato de as regras do confronto não terem sido acertadas entre representantes de todos os candidatos, o que o presidente da UPB, Roberto Maia, assegura que acontecerá. O fato de Maia ser aliado de Geddel é outro aspecto que causaria apreensão na assessoria de Wagner.