A Operação Caracará prendeu na madrugada desta quarta-feira, 24 pessoas por participação em um esquema que burlava a fiscalização e a cobrança de impostos nas estradas baianas. Os capturados são 13 empresários, nove policiais, um agente de tributos e um contador. A missão policial foi iniciada em Salvador, Irará, Itabuna, Conceição do Jacuípe, Vitória da Conquista, Salvador e Alagoinhas. De acordo com o Ministério Público, os presos são ligados a uma organização criminosa que atua a burlar arrecadações de tributos em postos da Secretaria da Fazenda do Estado. Os presos: Em Salvador, a operação desarticulou Igor Ferreira Cruz, Mário Sérgio Ferreira, Clivio Pimentel, Waldir Vaz (empresários) e Círio Machado (contador); em Vitória da Conquista, Cácia Maria Macedo (agente de tributos), Jorge Ferreira Almeida, Marco Alan Meireles, Edilson Ferreira, Jammes Dean Santana, Isaac Pereira Dias e Breno Macedo (empresários); em Feira de Santana, José Carneiro de Oliveira; Alagoinhas, Luiz Edson Bastos; e Itabuna, Doaldo Marques dos Anjos (ambos donos de empresas). BN