Petistas já defendem a ‘revisão dos limites territorias’ abertamente

ITAPETINGA: A Bahia poderá rever os limites territoriais dos municípios. Nesta segunda-feira, 12, às 10 horas, a Comissão Especial de Assuntos Territoriais e Emancipação da Assembleia Legislativa pretende discutir o projeto do deputado João Bomfim (PDT), que trata do assunto.

Segundo informações da coluna Tempo Presente (A Tarde), a proposta é extremamente polêmica, já que existem pelo menos 100 conflitos territoriais no Estado. Há casos bastante conhecidos, como o da divisa entre Salvador e Lauro de Freitas, Itabuna e Ilhéus e Itapetinga – Itororó – Itambé.

Fontes ligadas ao PT de Itororó dão conta de que a integração de Bandeira do Colônia (Itapetinga) e São José do Colônia (Itambé) é prioridade para os petistas itororoenses, pois não faz sentido a permanência desses distritos nos territórios de Itapetinga e Itambé, dada a sua proximidade geográfica e dependência econômica ao município de Itororó. A revisão dos limites territoriais entre Itororó, Itapetinga e Itambé voltou a ser defendida nos meios politicos em Itororó, desde a eleição do petista Adroaldo Almeida.

O site notadamente petista, Pimenta na Muqueca, defende a revisão desses limites, na matéria intitulada  “A IMPERIOSA NECESSIDADE DE UMA REVISÃO TERRITORIAL”, postada hoje. Trata-se, evidentemente, de um ‘ensaio’ para a grande cartada, prevista para o próximo ano, caso o candidato Rosemberg Pinto se eleja deputado estadual.

A incorporação de Bandeira do Colônia e São José do Colônia ao município de Itororó é um sonho antigo dos políticos da cidade vizinha, interrompido pela morte de ex-deputado Nalmar Alcântara, autor de um projeto de lei neste sentido. Como diz o Pimenta na Muqueca nas duas matérias em que trata da questão, “vão mexer em um vespeiro”.

Por Davi Ferraz

Com informações do Pimenta na Muqueca