ITAPETINGA – Durante todo o dia correram rumores de que o Secretário Municipal de Educação havia entregue o cargo que ocupa desde janeiro, motivado por pressões da cúpula zécarlista que domina as ações na Prefeitura.

Os motivos do iminente afastamento do titular da pasta da educação ainda correm no campo da especulação, porém de uma coisa já se sabe: Alécio não teria resistido às pressões exercidas pelos “afilhados” políticos da primeira dama, que, para surpresa geral, não tem dado a mínima atenção à Secretaria da Ação Social, onde tem uma sala reservada, preferindo se dedicar às causas educacionais.Segundo se comenta, a presença ostensiva do primeira dama na Secretaria de Educação vinha causando desconforto ao Secretário, mas que vem agradando muito aos que querem puxar o tapete de Alécio. Prá variar, já tem muita gente de olho nos R$ 5.900,00 de salário. Fala-se nos meios políticos petistas que o conceituado professor Leandro Martins, do Curso Dinâmico, “é o cara” mais qualificado para ocupar a vaga de Alécio. Se ele não emplacar, outro conquistense deverá ocupar a pasta. Valei-nos Nossa Senhora!