janeiro 2020
D S T Q Q S S
« dez    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  
Acesse o Sudoeste Hoje via Mobile em qualquer lugar!
  • Anonymous: Deveria fazer algo assim no Américo Nogueira que esta abandonado .tem ruas aqui que carro nem entra mais...
  • Sandra: E o pires nem é estendido para o governador Rui Costa e sim para deputados estaduais da base de Rui como o...
  • Anonymous: É só o começo
  • Gabriel Leal: O que deveriam ter trazido pra Itapetinga era o verdadeiro SAC, com atendimento online como acontece...
  • Anonimo: Exatamente! Rui só foi eleito por causa da União de Prefeitos da Bahia, utilizaram a maquina pública e...
  • Fernando: Os blogueiros/radialistas estava com microfone dizendo babaquisse.Disse que no governo de Zé Carlos foi...
  • Anonimo: Kkkkkkkkk….Ô coisa boa. Pensaram que esse Ruim Maldoso Róla Bosta Pinóquio Lula da Silva ia agradar...
  • Anonimo: Obrigado Davi publiquei uma matéria você não aceitou só porque falei da fila do CDM macaco senta no rabo pra...
  • carlos: pra quem disse em discurso que não precisava do governador, mudou rapido de opinião pensei que ele iria atras...
  • GUGÚI: David, pararece que os fole de Diga Diga contra Rodrigo que ele faz lá com a secretaria Cibele gorou. Rodrigo...
  • Eroaldo o livera silva: tudo que vem para nossa cidade é bom e maravilhoso para crescimento e fica na cidade mais...
  • Fernando: O “político chato” vai dizer quê foi ele que conseguiu.O pessoal da oposição vai dizer quê o...
  • Anonimo: Ontem minha filha foi pra lá antes das duas horas da tarde pra tentar uma carta pra o senai da azaleia...
  • Fernando: Quem é que aguenta? Nem mesmo os próprios colegas de oposição a atual gestão municipal, até mesmo um ex...
  • Leitor: Fernando, Paulo da geladeira candidato a prefeito? Paulo se acha mais do que vale. Pra vereador não teve...
leitores online

ROBERTO SANTOS ESCREVE ARTIGO APOIANDO REELEIÇÃO DE WAGNER

Ex-governador afirmou que Wagner criou novo clima político no estado

O ex-governador da Bahia Roberto Santos escreveu um artigo defendendo a reeleição do governador Jaques Wagner (PT). Santos afirmou ter escrito o artigo para responder a perguntas dos amigos sobre em quem ele iria votar. “Respondo que depositarei meu voto em favor de Jaques Wagner e acrescento as razões para essa preferência. A primeira consiste no clima político por ele criado no atual Governo, caracterizado pelo apreço e respeito às várias correntes de opinião representativas da população baiana. O governo Wagner tem valorizado obras públicas que, embora viessem prestando importantes serviços aos baianos, foram menosprezadas e maltratadas durante longo período de tempo. (…) Felizmente, o clima político que prevalece, atualmente, em nosso Estado, já não permitiria um absurdo como este. Os acontecimentos citados a título de exemplos fazem parte da história da Bahia nas décadas mais recentes e explicam a minha escolha em favor da reeleição do Governador Jaques Wagner no próximo mês de Outubro”, concluiu. Leia aqui o artigo do ex-governador na íntegra.

21 PESSOAS ESTÃO SOB SUSPEITA DE SARAMPO NA BAHIA

A suspeita de 21 casos de sarampo na Bahia – além da confirmação de um caso no Pará e de um possível surto na Argentina – fez a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) emitir um alerta “para a necessidade urgente da intensificação da vigilância do sarampo nos portos, aeroportos e fronteiras”. Ainda segundo o órgão, o mesmo comunicado foi direcionado às unidades de saúde. A intenção dos cuidados, conforme a coordenadora da Vigilância Epidemiológica das Doenças Exantemáticas da Sesab, a sanitarista Adriana Dourado, é fazer com que as pessoas contaminadas comadoençanãopossamtrazêla para o Estado. “Estamos tentando evitar que casos sejam confirmados na Bahia”. (A Tarde)

Dados da Sesab revelam que, de janeiro deste ano até o início de agosto, 62 casos de sarampo foram notificados naBahia. Deste total,informa Adriana, 41 suspeitas foram descartadas e 21 estão sob investigação dos órgãos de vigilância epidemiológica.

PREFEITURA INVENTA ENCHENTE E RECEBE RECURSOS

A Prefeitura de Guaratinga, no sul do estado, declarou emergência com informação de que teriam ocorrido na cidade, no mês de junho, “deslizamento de encostas, alagamento de ruas, destruição de estradas vicinais, casas e bueiros e quebra de duas pontes” por causa de fortes chuvas. Tudo mentira. Mas, através do decreto, foi possível obter, do Ministério da Integração Nacional, R$ 2 milhões. O decreto de emergência da prefeitura afirma que, entre os dias 15 e 17 de junho deste ano, foi ultrapassado o índice pluviométrico de 280 mm de chuva. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), nesse período foram apenas 0,2 mm de chuva na cidade.  A prefeitura está liminarmente proibida de fazer uso do recurso por determinação do juiz Tibério Coelho Magalhães, titular de Guaratinga. “Foi um erro de digitação”, justifica o prefeito, Ademar Pinto Rosa (PMDB), para a informação falsa no decreto de emergência. Informações do A Tarde.

MINISTÉRIO PÚBLICO QUESTIONA: Um contrato de R$ 2 milhões entre a prefeitura de Guaratinga e uma construtora foi suspenso pela Justiça, a pedido do Ministério Público da Bahia, por suspeita de fraude. A empresa foi contratada sem licitação, depois que o município decretou situação de emergência em 22 de julho deste ano por causa das chuvas. De acordo com o documento emitido pela prefeitura, 280 milímetros de chuva teriam caído nos dias 15,16 e 17 de junho, o que causou a destruição de pontes e residências, alagamento de ruas e deslizamentos de encostas. A União encaminhou verba de R$ 2 milhões para o município. Porém, o promotor de Justiça Bruno Gontijo Teixeira afirma que não houve chuva para justificar o decreto de situação de emergência. O chefe de gabinete da prefeitura de Guaratinga, João Teixeira, explicou que as chuvas de fato ocorreram, porém em março. Houve um erro no preenchimento da data da chuva nos documentos. (G1)

VOX POPULI: DILMA APARECE COM 16% À FRENTE DE SERRA

Dilma teria 55% dos votos válidos, aponta Vox Populi

O Jornal da Band acaba de divulgar o resultado de mais uma pesquisa realizada pelo intituto Vox Populi sobre a sucessão presidencial. A candidata do PT, Dilma Rousseff, lidera com 45%, 16 pontos a frente de Serra, que apareceu com 29%. A candidata Marina Silva permanece em terceiro com 8%. O resultado aponta vitória em 1° turno da petista, que teria, segundo o Vox Populi, 55% dos votos válidos. 5% dos entrevistados afirmaram que ou votariam em branco ou anulariam e 12% afirmaram ainda não saber em quem irão votar. O instituto ouviu 3000 pessoas entre os dias 07 e 10/08.

ALUNOS DE DIREITO DA UESB FAZEM PROTESTO CONTRA PROFESSORES FALTOSOS

Universitários da Uesb bloquearam ruas de Vitória da Conquista

VITÓRIA DA CONQUISTA: Alunos do curso de Direito da Uesb realizaram protesto, nesta terça-feira pela manhã, bloqueando o acesso  ao campus da universidade. Segundo os organizadores do protesto, o curso de direito vem sofrendo com a ausência dos professores às aulas, deixando os alunos ociosos e as salas vazias. Gritando palavras de ordem, os alunos reclamavam que os professores do curso deixam de comparecer ao trabalho para dar aulas em outras instituições de ensino, como a FAINOR e FTC, quando deveriam estar na UESB, onde têm vínculo empregatício e vêm recebendo sem dar aulas. Depois do bloqueio na entrada do campus os manifestante fizeram uma caminhada pelas principais ruas de Vitória da Conquista, encerrando os protestos em frente ao Fórum João Mangabeira.

IBOPE: DILMA DISPARA 11% Á FRENTE DE SERRA

Pesquisa Ibope divulgada na noite desta segunda-feira (16) sobre a sucessão presidencial aponta a candidata do PT Dilma Rousseff com 11 pontos de vantagens sobre o seu concorrente José Serra (PSDB). A petista está com 43% das intenções de voto contra 32% do tucano. Na última pesquisa, realizada entre 2 e 5 de agosto, a diferença era de cinco pontos: 39% a 34%. A candidata do PV, Marina Silva, continua com 8%, e os demais candidatos juntos somam 1%.

“FALTAM POLÍTICAS PÚBLICAS VOLTADAS PARA OS JOVENS”, RECLAMA SANDRO RÉGIS

Conforme os dados publicados pelo jornal A Tarde de hoje, é crescente, em Salvador, o número de crimes cometidos contra jovens e adolescentes. Esses dados causaram indignação no Deputado Estadual Sandro Régis. Para o parlamentar, que é candidato a reeleição, essa “situação está insustentável”. Ele acredita que a falta de prioridade do atual gestão estadual é a origem para tanta violência. “O governador do estado não se preocupa em assistir a população baiana. Não temos políticas que protejam nossos jovens”.

Dessa forma, ele vê a necessidade de aplicar ações que assistam os jovens baianos, como o toque de acolher, uma medida implantada, há seis messes, em municípios do interior baiano e que vem surtindo efeito. “Com essa ação poderemos resguardar os adolescentes da capital também”, afirmou Régis.

As cidades de Santo Estêvão, Ipecaetá e Antônio Cardoso foram as primeiras a implantar o toque de acolher, elas tiveram uma significativa redução da ocorrências envolvendo jovens, “enquanto Salvador registra a cada semana, um significativo aumento desses crimes”. “Como essas cidades são bem menores que nossa capital, acredito que a melhor forma para implementá-lo, será com a implantação nos bairros mais populosos e violentos”, afirmou.

PROFESSOR RUBENS MASCARENHAS LANÇA LIVRO NESTA QUINTA-FEIRA

O professor José Rubens Mascarenhas, do curso de História da UESB, lançará, nesta quinta-feira (19), a partir das 19:00h, no Museu Regional da Uesb, em Vitória da Conquista, o livro de sua autoria “América Latina: transnacionalização e lutas sociais no alvorecer do século XXI”.

O livro aprecia, do ponto de vista histórico, o (re) surgimento da luta armada no seio dos movimentos sociais latino-americanos, examinando as matrizes constitutivas do discurso do EZLN (Exército Zapatista de Libertação Nacional), dedicando especial enfoque ao processo de construção contra-hegemônica dos movimentos sociais. O parâmetro da análise, construída em tom de denúncia, parte do cenário do atual processo da “globalização”, visto como a mais nova fase do capital-imperialismo e sua relação com a América Latina, num contexto de transnacionalização do capital, das políticas neoliberais que envolvem a inter-relação centro-periferia e a resistência dos movimentos sociais. Historiador experiente voltado para atividades de caráter transdisciplinar, pesquisador do Museu Pedagógico/UESB e do NEILS, Mascarenhas de Almeida articula grande capacidade de pesquisa empírica, inclusive trabalho de campo, e aguda reflexão teórica. Isto lhe possibilita evitar os riscos da especulação desprovida de qualquer vínculo com o real.  A perspectiva metodológica da abstração-concreção orienta a análise que o autor faz de um dos mais importantes e intrigantes dentre os inúmeros movimentos sociais que vicejam na América Latina contemporânea. Mascarenhas de Almeida examina a atual fase do imperialismo, considerado intrínseco ao modo de produção capitalista eixo que marca esta obra apaixonada, indignada, esperançosa e, ao mesmo tempo, preocupada com o rigor científico que, certamente, o leitor acompanhará com atenção e prazer (Lúcio Flávio Rodrigues de Almeida, do Prefácio).

HORÁRIO ELEITORAL COMEÇA NESTA TERÇA

A partir desta terça-feira (17), serão 45 dias de programa eleitoral gratuito (vai até dia 30 de setembro), com muitas promessas e acusações eleitorais no rádio e na TV. Ferramenta importante para o eleitor decidir seu voto, a batalha política será transmitida de segunda a sábado. A primeira transmissão no rádio já tem início às 7h. O segundo round radiofônico começa ao meio-dia. Na televisão, as exibições acontecem às 13h e às 20h30. Às segundas, quartas e sextas-feiras, os responsáveis pelo show serão os candidatos a governador, senador e deputado estadual. Postulantes à Presidência e à Câmara se apresentam às terças, quintas e sábados.

PERFIL DO CANDIDATO: VIRGINIA HAGGE

VIRGINIA HAGGE É CANDIDATA A DEPUTADA ESTADUAL PELO PMDB

Virgínia Alice Almeida Hagge nasceu em Salvador, no dia 10 de fevereiro de 1964. É filha de Michel José Hagge Filho e Iracema Almeida Hagge e mãe de Rodrigo Hagge.Cursou o Primário na Escola Sossego da Mamãe, 1971, o Ginásio no Instituto Madre Savina Petrilli, 1978, Itapetinga-BA; o Secundário no Colégio Alfred Nobel, 1983, e Colégio Sophia Costa Pinto, 1987, Salvador. Formou-se em Pedagogia pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia – UESB, 2005, Itapetinga. Especializou-se em Gestão Escolar pela Universidade Norte do Paraná – UNOPAR, Itapetinga, 2007.

Em Itapetinga, exerceu os cargos de diretora da Biblioteca Municipal, 1988-1993, secretária municipal de Cultura, 1993, chefe de gabinete da prefeitura municipal, 1993-1996, e professora municipal, 1998-2006,

Foi eleita vereadora em Itapetinga pelo Partido do Movimento Democrático Brasileiro – PMDB, 2005-2006. Na Câmara Municipal de Itapetinga, foi presidente da Mesa Diretora (2005-2006), renunciando ao mandato em dezembro de 2006, para assumir mandato de deputada estadual, para o qual foi eleita. Na Assembléia Legislativa ocupou os seguintes cargos: titular das Comissões: Educação, Cultura, Ciência e Tecnologia e Serviço Público (mai./out. 2007), Defesa do Consumidor e Relações de Trabalho(2007), Constituição e Justiça (2008); suplente das Comissões: Direitos Humanos (mar./abr. 2007), Direitos da Mulher (2007-2008). Atualmente é membro titular Comissão de Constituição e Justiça e suplente da Comissão de Direitos da Mulher. Proposições: Visualize os projetos de resolução, projetos de lei e indicações clicando aqui.  (informações colhidas no site da candidata).

COMENTÁRIOS DO SITE

Virginia Hagge concorre agora à reeleição para deputada estadual, pelo PMDB, tendo como base eleitoral a micro-região de Itapetinga, mais precisamente os municípios de Itapetinga, Itororó, Itambé, Macarani, Itarantin, Caatiba e Potiraguá, dentre outros. Tendo sido eleita para a última vaga do partido em 2006, com cerca de 27 mil votos, a candidata disputa agora uma eleição mais concorrida, necessitando obter cerca de 40 mil votos para se garantir no mandato, missão quase impossível, devido à forte concorrência dentro da coligação e o substancial declínio do seu grupo em Itapetinga, principal reduto peemedebista na região.

PALPITE DO BLOGUEIRO

Em Itapetinga, devido à falta de assistência às suas bases e perda de importantes cabos eleitorais e militantes, Virginia Hagge não repetirá a votação da última eleição (10.700 votos), devendo ficar na casa dos 7 mil votos, na esteira do prestígio do seu pai, Michel Hagge, e do desgaste crescente do seu principal adversário, o atual prefeito José Carlos Moura (PT).

Davi Ferraz

COMENTÁRIOS DAS ‘QUENTINHAS’

Pimenta
DEIXE AQUI O SEU COMENTÁRIO SOBRE AS ‘QUENTINHAS’

PMDB FAZ ‘CORPO MOLE’ PARA DILMA

Nos muros de Marco Brito (Itororó), Dilma fica de fora

Embora procure a todo custo (até o momento sem muito sucesso) colar sua imagem à do governo Lula, o PMDB da Bahia não se dedica à campanha da petista Dilma Rousseff. Grande parte dos 115 prefeitos pertencentes ao partido no Estado está fazendo campanha somente para Geddel e seus candidatos ao Senado, além dos postulantes a vagas na Câmara dos Deputados e na Assembleia Legislativa pela coligação liderada pelo PMDB. Para Dilma, nada.

Esse fato não é peculiaridade baiana. No Rio Grande do Sul, o PMDB liderado por José Fogaça e inimigo ferrenho do PT no Estado também não se empolga com a campanha dilmista. Na Bahia, entre os muitos casos, pode ser citado o do ex-prefeito de Itororó, Marco Brito (PMDB). Ele autorizou a pintura de seus muros com propaganda eleitoral, mas determinou que “esquecessem” o nome da candidata de Lula.

“Amigos” do ex-prefeito já fotografaram a propaganda e mandaram o material até para Michel Temer, o peemedebista que é vice de Dilma. Do Pimenta na Muqueca

DATAFOLHA/BAHIA: WAGNER SOBE, SOUTO ESTABILIZA E GEDDEL CAI

“Efeito Lula” ainda não favoreceu Geddel

Na mais recente pesquisa Datafolha divulgada, realizada de 9 a 12 e agosto, o governador Jaques Wagner (PT) confirma a liderança, com 45% das intenções de voto, frente ao concorrente Paulo Souto (DEM), que figura com 23%. O índice de Wagner é maior do que a soma de seus adversários, já que Geddel Vieira Lima (PMDB) vem em terceiro, com 10%, Bassuma (PV) tem 1%, e os demais candidatos não atingiram 1% cada. Na pesquisa anterior, Wagner tinha 44%, Paulo Souto, 23%, e Geddel, 13% Brancos e nulos somam 5%, e 14% dos entrevistados estão indecisos. A margem de erro é de três pontos percentuais.

DATAFOLHA: DILMA ABRE 8% DE VANTAGEM SOBRE SERRA

PESQUISA DATAFOLHA: O Jornal Nacional divulgou, nesta sexta-feira, a mais recente pesquisa realizada pelo Datafolha sobre a sucessão presidencial. Segundo o instituto, a candidata do PT, Dilma Rousseff, abriu 8% de vantagem sobre o candidato do PSDB José Serra, atingindo 41% contra 33% do tucano. Marina Silva (PV) aparece com 10%. Os demais candidatos a presidente não pontuaram. O Datafolha ouviu 10.856 eleitores em 382 municípios, entre os dias 9 e 12 de agosto. A margem de erro é de 2%. Dilma estaria a 3% de uma vitória no 1° turno. Em um eventual segundo turno, Dilma teria 49% contra 41% de Serra. Globo

MINISTRO DA SAÚDE ALERTA SOBRE OS RISCOS DA DENGUE TIPO 4 NO BRASIL

Três casos da Dengue tipo 4 foram confirmados em Rondônia

O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, não descartou nesta sexta-feira (13) a ampliação da circulação do vírus da dengue tipo 4 no próximo verão. Depois da confirmação de três casos da doença, ontem (12) em Roraima, o ministro disse que “é preciso estar preparado” para qualquer possibilidade. “A probabilidade de que o vírus possa circular não é 100% segura. O vírus pode ter um comportamento inesperado e não se expandir com a velocidade com a qual poderia se supor, mas ele pode, sim, circular pelo território nacional. Existem vários voos diretos de Roraima para São Paulo e outros estados. O que nós temos que fazer é nos preparar para, no próximo verão, termos uma redução drástica da presença do vetor.”

SEM IMUNIDADE

Temporão alerta que o brasileiro não tem imunidade à doença, que há 28 anos não era identificada no país e deve ter vindo da Venezuela. Segundo ele, como não é possível impedir a circulação de pessoas nas fronteiras, o trabalho será de combate ao mosquito transmissor da doença. “A solução, já que não há uma vacina, é trabalhar duro para reduzir a presença do vetor no país”. O ministro informou que foi enviado alerta às secretarias estaduais e municipais de Saúde e que existe um esforço concentrado para impedir a circulação do vírus em Roraima. “Temos que estar preparados para tudo. Para qualquer possibilidade”, acrescentou em entrevista à imprensa, após evento na Fundação Oswaldo Cruz. “A dengue só existe quando a prevalência do vetor é média ou alta. Quando é baixa, a probabilidade de surto é pequena”, completou.

Segundo informações da Agência Brasil, os sintomas do vírus da dengue tipo 4 são os mesmos das outras formas da doença, como dor de cabeça, no corpo, nas articulações, diarreia, vômito e febre. CORREIO

  • JUNIOR ELETRÔNICA
    26 de novembro de 2019 | 18:22


  • 19 de agosto de 2019 | 18:45


  • 3 de agosto de 2019 | 21:32

  • HOTEL HERCÍLIA PACHECO
    25 de março de 2019 | 22:23


  • 19 de março de 2019 | 12:52


  • 19 de março de 2019 | 12:38

    Resultado de imagem para sitio itororo


  • 7 de dezembro de 2018 | 00:58


  • 8 de novembro de 2018 | 20:34


  • 21 de agosto de 2018 | 23:34


  • 21 de agosto de 2018 | 23:32

  • RSSArquivo de Quentinhas & Boas »


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia