Parte do muro da Escola Municipal Marechal Castelo Branco, na Califórnia, em Itabuna, desabou e matou o pré-adolescente Guilherme Aurélio Leone dos Santos, de 12 anos, na manhã deste sábado (16). O pai de Guilherme, Fábio Guedes dos Santos, 45, estava com o filho e teve perna amputada e um dos braços fraturado no desabamento.

Pai e filho passavam pelo local, próximo à feira livre do bairro, quando ocorreu a tragédia. O Samu 192 foi acionado para socorro às vítimas. Chegando ao local a equipe constatou o óbito de Guilherme. Fábio foi levado para o Hospital de Base de Itabuna em estado grave, mas não resistiu.

A Prefeitura de Itabuna emitiu nota em que informa que está dando assistência às famílias das vítimas. “Por determinação do prefeito Augusto Castro, as secretarias municipais de Promoção Social e Combate à Pobreza, Saúde e Educação destacaram profissionais para prestar toda a assistência necessária, incluindo assistência psicológica, social e material”, informa a nota. // Pimenta