O secretário de Estado dos Estados Unidos, Anthony Blinken, afirmou nesta segunda (30) que os voos militares partido do Afeganistão foram encerrados e todas as tropas retiradas, mas ainda há quase 200 americanos no país tomado pelo Talibã.

Blinken tentou minimizar o fato dizendo que o número é menor que 200 e “provavelmente” mais próximo de 100, mas, em vez disso, acabou confirmando que nem ele sabe o número real de americanos deixados para trás.

“Estamos tentando determinar exatamente quantas pessoas são. Estamos analisando listas, ligando e mandando mensagens”, disse.

Segundo Blinken, o compromisso dos governo Biden com essas pessoas continua. “Há pessoas que moram lá há muito tempo, têm família lá, é uma escolha dolorosa. Se disserem que querem permanecer, e uma semana, um mês depois, mudarem de ideia, vamos ajudá-los. Nosso compromisso não tem data limite”, completou.